Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A Cara Palin

por Paulo Cunha Porto, em 15.09.08

Em terra que foi de Índios penso ser o título que se impõe.

Querida Teresa, respondendo à Sua interpelação, julgo não ser o caso, pois tenho-me esforçado por descobrir o que na Governadora do Alasca pode seduzir os Norte-Americanos, independentemente dos atributos físicos. Embora uma carinha laroca não seja de desprezar, nem no caso deles nem do meu, que não posso, ou quereria, votar.

Há um talento que demonstra desde os concursos de beleza e que não foi sublinhado. Tendo perdido o de Miss Alaska para a conhecida cantora Maryline Blackburn, foi eleita Miss Congenialidade, uma espécie de versão melhorada da nossa conhecida Miss Simpatia, reportando à facilidade de identificação do público com as posições (termo aqui inocentemente empregue ) que defendia. Parece-me que, transplantada para a Política, continua a fazê-lo. Com genialidade, hoje por hoje. Daí os 90% de aprovação no seu Estado.

O que me faz espécie é que, tendo ela sido analisada por tantos ângulos (sem malandrice), aqui no «Corta-Fitas», e sendo a maioria dos meus Caríssimos Colegas Jornalistas, ou ex-Jornalistas, ainda não tenham postado imagens da concernida na profissão que Convosco compartilha. Deontologia profissional? Como a ela não estou obrigado, tomo então a iniciativa. Quanto a mim, apresentava-se bem mais apelativa do que nas fotos que vi, como Miss, sensivelmente da mesma época, vinte anos atrás.

Ora digam lá de Vossa justiça.



10 comentários

Imagem de perfil

De Paulo Cunha Porto a 15.09.2008 às 21:17

Caro Big Odudo,
já li. São factos com dois anos e que não foram escondidos, a contratação de amigos para cargos de confiança pessoal, em vez de portadores de curriculum na vida pública. Com o sentimento contra os políticos de carreira que há na América Profunda, aqui que ninguém nos ouve, posso confidenciar-Lhe que creio ter essa escolha até ajudado aos 90% de popularidade lá pelos gelos...
Mais grave seria se se provasse parcialidade no caso que envolve a medida de sanção ao ex-cunhado. Não Lhe posso garantir que tenha havido um comportamento 100% correcto do assessor que terá feito o célebre telefonema, como da justeza da não-recondução do Comissário benévolo. Tudo porque desconheço o estatuto disciplinar das forças de segurança do Alasca. Mas julgo que as simpatias das gentes irão para ela - afinal quem é que quer nas forças de segurança um indivíduo que descarrega uma pistola eléctrica sobre um miúdo, depois de continuadamente o ameaçar? Ou ele teria um salvo-conduto para a violência doméstica por ser ex-cunhado da Governadora?
Abraço

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • henrique pereira dos santos

    Especialista em eucaliptos? Não tenho essa ideia.

  • Esteves

    Secretario de estado ? EnganoO andre é candidato ...

  • Esteves

    "Asneira. Já houve no mundo montes de epidemias qu...

  • Esteves

    cairem de um andaime, têm covid... sao contabiliza...

  • Esteves

    O andre nao se rege pela natureza... a natureza re...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2008
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2007
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2006
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D