Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Portugal de costas voltadas para o mar

por Filipa Martins, em 28.07.08

 

A demolição da Escola de Pesca e Marinha de Comércio marcada para meados de Setembro é mais um exemplo do (des)governo do Ministério da Agricultura e das Pescas. Esta escola, que custou 35 milhões de euros e cujas últimas obras foram completadas em 2000, é a única do país que dá formação nas diferentes actividades não militares ligadas ao mar (de que é exemplo a pesca, transporte marítimo, tráfego local assim como tratamento e conservação de peixe, trabalho portuário, etc). A situação privilegiada sobre o mar na zona ribeirinha de Pedrouços é apetecível e já estava previsto que a Escola desaparecesse com a “América Cup”, que acabou por não vir para Portugal. Não foi a “América Cup”, mas o Simplex o carrasco da Escola. O surpreendente é que aquele espaço vai ser utilizado para a construção de um Fundação privada. A Fundação Champalimaud terá ali a sua sede assim como um centro de investigação. Não duvido da importância deste projecto, mas terá de ser naquele local? Ao contrário da Escola de Pesca o centro não precisa de uma ligação estreita com o mar. Muito há para explicar. Em primeiro lugar, as diferenças entre um discurso governamental virado para o mar e as medidas efectivas.



23 comentários

Sem imagem de perfil

De Corrector a 28.07.2008 às 14:28

Desaparecesse e não "desaparece-se".
Pretérito imperfeito do conjuntivo de desaparecer, na terceira pessoa do singular, sabias?
Então, ficas a saber.
Sem imagem de perfil

De João Mendes a 28.07.2008 às 22:19

De facto o que é importante, nesta postagem , é o erro ortográfico.
Abençoado "corrector"! A barbaridade do fecho da escola não merece atenção/debate. Não há pachorra que suporte este exemplo da imbecilidade na blogosfera .
Sem imagem de perfil

De de puta madre a 28.07.2008 às 23:27

O que é importante não é a vígulinha! É pensar. Pensar. Não ter medo ( m-e-d-o) de pensar. Se pensar é com Ç ou com S é pura estética de preciosismo de corrector gráfico ( é justo face ao compromisso social da língua ... Mas é secundário. O que importa mesmo ´o vai na cabeça, enão a gaveta das letras arrumada! e etc.). O que é mesmo vital é substantivar esta realidade para que ela não fique bolorenta.
Vale.
Sem imagem de perfil

De Corrector a 28.07.2008 às 14:30

Já agora, Champalimaud e não "Champalimoud".
Imagem de perfil

De Filipa Martins a 28.07.2008 às 15:53

Caro corrector,

Obrigada pela chamada de atenção pertinente e atempada. Espero que, como bom cidadão, também tenha opinião sobre o assunto em causa.

Votos de um bom dia.
Sem imagem de perfil

De Corrector a 28.07.2008 às 18:33

Parabéns pelas prontas correcções.
Sem outros elementos além dos constantes do post, é claro que a minha opinião sobre o caso é negativa.
Agradeço e retribuo os votos.
Sem imagem de perfil

De Joana a 28.07.2008 às 16:16

Não sabia de nada. Isso já saiu nos jornais? Se assim é, é uma vergonha. Neste país ninguém sabe de nada e a imprensa também não ajuda.
Sem imagem de perfil

De Fado Alexandrino a 28.07.2008 às 18:50

Não percebo porque é que para se fazer uma correcção é preciso ser ordinário.
Parecem aqueles professores do antigamente com a "menina-dos-cinco-olhos".
Sem imagem de perfil

De Corrector a 28.07.2008 às 20:47

Ordinária era a pqp.
Sem imagem de perfil

De Fado Alexandrino a 29.07.2008 às 02:31

Muito obrigado.
A sua resposta fala por si.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 29.07.2008 às 09:45

Olha quem fala... O Fado Alexandrino, por acaso, não aquele fino espírito que dejecta imbecilidades num Braganza não sei quê ? Da-se, que fedor!!!
Sem imagem de perfil

De Fado Alexandrino a 29.07.2008 às 11:28

Muito obrigado.
Continua com a sua fina educção a insultar os outros.
Não sei se escrevo imbecilidades, é possível que o que escrevo não agrade a tão importante e culta personagem.
O que eu sei é que nunca mandei ninguém para a "puta que o pariu", até porque não quero correr o risco de ser verdade.
Isso faz a diferença entre nós.
Passar bem.
Sem imagem de perfil

De Salv.Patricia a 28.07.2008 às 20:25

Há que haver coragem e levar estes assuntos a público. Tem o meu pleno apoio.
Mas.... há por aí muita gentinha incomodada , muito inconveniente e muito destrutiva.



De todo aquele assunto tão importante, só realçaste a ortografia ???? nada mau....
Sem imagem de perfil

De M.Rocha a 28.07.2008 às 20:50

E a Escola de Pesca de Quarteira, que é feito dela? Quanto se investiu nela? E fechou porquê?
Quem sabe as razões de tanto dinheiro que se perde no sorvedouro da incompetência...?
Imagem de perfil

De Nuno Castelo-Branco a 28.07.2008 às 20:52

Não te rales. Deve existir sector imobiliário na rede...
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 28.07.2008 às 22:00

Apetece-me ser monocórdico depois de ler o que escreveste. Excelente. Excelente. Excelente.
Sem imagem de perfil

De Nuno Barata a 28.07.2008 às 22:13

Vergonhoso e gravissimo para os sectores da pesca e da marinha mercante, trafego local e navegação auxiliar. Já vivemos com imensas dificuldades de pessoal qualificado para andar no mar e ainda nos retiram a única coisinha boa que nos formava gente. Mais grave ainda é se atentarmos ao facto de, ainda muito recentemente, ter sido alterado o RIM (regulamento de inscrição marítima) que exige cada vez mais qualificação aos maritimos e coloca entraves aos estrangeiros. Solução? Parar a frota ou vender aos espanhois.

PS: Sou armador de pesca e estou no sector desde 1998, é hora de emigrar ou mudar de vida.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 28.07.2008 às 22:25

Este 'post' foi citado no Portugal dos Pequeninos, e muito bem..

Comentar post


Pág. 1/2



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2020
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2019
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2018
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2017
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2016
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2015
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2014
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2013
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2012
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2011
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2010
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2009
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2008
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2007
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D
    196. 2006
    197. J
    198. F
    199. M
    200. A
    201. M
    202. J
    203. J
    204. A
    205. S
    206. O
    207. N
    208. D