Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Descanse em paz

por Corta-fitas, em 21.05.07
Mais uma vez o IPPAR e Isabel Pires de Lima impediram a investigação às ossadas de D. Afonso Henriques. Acho muito bem. Das duas uma: Ou os restos pertencem ao nosso Fundador ou não pertencem. No primeiro caso fica tudo na mesma. Já no segundo, ficariamos a saber que são de outro gajo qualquer e damos o primeiro dos Afonsos como desaparecido em combate. Não seria bonito. Já basta ter perdido o concurso dos Grandes Portugueses. Somar a isso os danos irreversíveis, para o nosso inconsciente colectivo, da perda irrecuperável do primeiro pai era capaz de ser um bocado tramado. Deixem lá estar os ossinhos sossegados, se fazem favor. Mais orfãos do que já somos é que não. Investiguem antes o Zé Manel dos Ossos, que fica mesmo ali ao lado.

Autoria e outros dados (tags, etc)



5 comentários

Sem imagem de perfil

De cristina ribeiro a 21.05.2007 às 14:08

Ó Zé,mas olhe que a ave voou mais alto do que o dragão pensava.Custou-lhe arrancar as penas...
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 21.05.2007 às 13:32

Chicha por chicha prefiro a da Monica aquilo sim.
Sem imagem de perfil

De Zé Ninguém a 21.05.2007 às 11:46

E os "restos mortais" de uma quantidade tal de Avenses que já lhe chamam genocidio. Se estão vivos trata-se de um fenómeno estranho de mudez colectiva.Gente de fracas contas é o que é!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 21.05.2007 às 11:08

E depois qualquer dia dava-lhes para quererem analisar as ossadas da licenciatura do Sócrates e era um chatice do caraças.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 21.05.2007 às 10:39

Eu também não aprecio ossos, prefiro chicha.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Luís Lavoura

    Os debates televisivos têm euforia e sobreposição ...

  • Luís Lavoura

    Eu sigo um método muito simples para decidir em qu...

  • Anónimo

    Hoje em dia há filhos, com e sem religião, seja de...

  • Pedro Picoito

    Acho. (Não acho nada, estou a gozar.)

  • Luís Lavoura

    vá para casa fazer filhos, muitos filhos, a única ...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2008
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2007
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2006
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D