Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Embirrações

por Teresa Ribeiro, em 29.06.08

A cozinha é uma mulher pérfida, que gosta de me trazer pela arreata. À mínima distracção queima-me e corta-me. Estou cheia de marcas feitas pela sua tropa de choque, chapeada a inox. As facas são as mais falsas e perigosas. Parecem cobras, sempre prontas a morder ao menor deslize. Mas os tachos ainda me irritam mais, porque são sonsos e perversos. Se os olho nos olhos não acontece nada, mas mal viro costas desatam a ferver. Se me distraio, queimam tudo. Ah, como eu os odeio! Como odeio a disciplina a que tenho de me sujeitar para que essa analfabeta que só quer saber de sopas e de couves não se fique a rir dos meus desastres culinários!
Só quem não tem a experiência é que pode imaginar que numa cozinha há menos disciplina que num escritório. Acaso a fotocopiadora desata a soprar se nos esquecemos lá dos nossos prints? Porventura nos queimam e esfaqueiam só porque nos desconcentrámos? Alguma vez o nosso chefe inutilizaria por completo o nosso trabalho só porque não estava no ponto?
Não me venham com conversa mole. A cozinha é uma sargenta que não admite falhas. É uma bronca que me obriga a levar a sério um refogado e não tolera divagações.
Como escapismo só vale pela extrema concentração que exige aos seus amadores. Para isso serve. Pode ser boa como desporto, mas não a desejem em permanência porque é absorvente, possessiva e caprichosa como só uma mulher insuportável sabe ser!

Autoria e outros dados (tags, etc)



8 comentários

Sem imagem de perfil

De Xantipa a 29.06.2008 às 15:52

LOLLLL
Gosto muito das suas «Inutilidades», mas este texto está um espectáculo!
Parabéns! Ri-me muito!
:)
Sem imagem de perfil

De Leonor a 29.06.2008 às 16:18

Gostei imenso do seu texto, Teresa. Penso quase sempre na cozinha como um momento de criatividade, nunca me tinha passado pela cabeça essa questão da disciplina.
Sem imagem de perfil

De Tiago Moreira Ramalho a 29.06.2008 às 17:45

ahahahah que texto fantástico:

"Porventura nos queimam e esfaqueiam só porque nos desconcentrámos?"

Olhe que nunca se sabe Teresa... agora com as novas leis para aumentar a produtividade... não dê ideias!

ahahahahah
Sem imagem de perfil

De mike a 29.06.2008 às 20:36

Teresa, mantenha-se longe da cozinha... isso ainda vai dar para o torto... (risos)
Que "textasso"! Pensando bem, se cozinhar tão bem como escreve, deixe-se ficar perto da sargenta impiedosa. :)
Imagem de perfil

De Teresa Ribeiro a 29.06.2008 às 21:23

Obrigada, foi um desabafo sentido e verdadeiro, podem acreditar :))
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 29.06.2008 às 22:00

Teresa, que texto delicioso e completamente "no ponto"!
Como gosto muito de cozinhar, a minha relação com a cozinha é mais de sedução e cumplicidade do que de embirração. Mas tem razão: a disciplina é essencial e não vale a pena medirmos forças com os tachos e as facas, porque eles ganham sempre!
LOL
Imagem de perfil

De Teresa Ribeiro a 30.06.2008 às 00:47

Ana, o meu problema é que sou muito distraída e a cozinha não é nada complacente com distracções. Exige muita atenção, de preferência exclusiva o que nem sempre me apetece, ou me convém...
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 30.06.2008 às 12:23

Mais distraída do que eu é difícil, garanto-lhe. Já deixei queimar muitos petiscos, por puro esquecimento. Tem tazão, a disciplina e a atenção exclusiva são essenciais na cozinha, e nem sempre se está para aí virado...
;)

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Costa, Costa! Então já não há um pouquinho de verg...

  • Anónimo

    O Costa é Costa, o Costa é hipócrita e demagogo, o...

  • Anónimo

    O peixe oficial é mais raia que o parta.Henrique P...

  • Anónimo

    Caro senhor, o Henrique Pereira dos Santos tem vin...

  • Pedro Nunes

    Já tinha saudades de ler os textos do Henrique.


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2008
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2007
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2006
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D