Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Portugal 2, Turquia 0

por Pedro Correia, em 08.06.08

Nunca temi pela vitória. Mesmo assim, esperava mais dos turcos e menos dos portugueses. Afinal a Turquia foi um fiasco: claramente inferior à nossa selecção do ponto de vista técnico e táctico - e até físico, pois vários deles acabaram o jogo de ontem, em Genebra, à beira do esgotamento. Portugal, ao contrário do que alguns dos nossos habituais "especialistas" garantiam, apresentou um conjunto coeso, disciplinado, muito concentrado, sem vedetismos. A defesa foi sólida, o meio-campo impôs-se sempre aos turcos e a linha avançada só revelou a habitual carência de um ponta-de-lança eficaz (Nuno Gomes está muito longe de o ser).

Segue a análise da selecção portuguesa, jogador a jogador:

 

Ricardo - Não evita as habituais fífias quando tem de sair dos postes. Ontem teve duas, felizmente sem consequências para a nossa equipa, dada a ineficácia dos atacantes turcos. A súbita lesão de Quim, no último treino da selecção, foi uma péssima notícia para Portugal.

Bosingwa - Uma das melhores exibições da selecção portuguesa num sector ontem sem falhas. Foi eficaz nos desarmes e nos passes. Dá segurança à equipa.

Pepe - O melhor jogador da nossa selecção. Pareceu, desde o início, o mais inconformado com a ausência de golo que já tardava. Marcou um, invalidado devido a um milimétrico fora-de-jogo. Mas à segunda foi de vez. E que golo: um prodígio de técnica, com uma simulação perfeita ao guarda-redes turco, só ao alcance de um fora-de-série.

Ricardo Carvalho - Outro defesa que dá imensa tranquilidade à equipa. Ricardo Carvalho esteve ao nível das suas grandes exibições no Euro-2004 e no Mundial-2006, integrando-se várias vezes em jogadas ofensivas.

Paulo Ferreira - Adaptado a defesa esquerdo, não comprometeu. E foi à dobra dos seus colegas mais do que uma vez, revelando um alto grau de concentração. Pode e deve ser mais ousado nas manobras ofensivas.

Petit - Longe da sua melhor forma, em termos físicos, compensa esta quebra com a sua força anímica. Cumpriu bem a missão que lhe estava destinada: ser o mais defensivo dos nossos médios.

João Moutinho - Incansável. Grande parte dos lances ofensivos portugueses passaram por ele. Teve um papel fundamental no segundo golo: numa fracção de segundo, fez uma fabulosa rotação frente à baliza turca, servindo com êxito Raul Meireles. 

Deco - Parece ter voltado à boa forma de outros tempos. Continua insuperável na leitura de jogo a meio-campo e na precisão do passe. Ontem fez dois (para Simão e Moutinho) que podiam ter dado golo.

Cristiano Ronaldo - Muito policiado. Cada vez que tocava na bola, tinha logo dois defensores turcos a cercá-lo. Mesmo assim, ganhou diversas jogadas individuais. Mandou uma bola ao poste na conversão de um livre.

Simão Sabrosa - Uma grande primeira parte, em que esteve sempre em jogo: Portugal conduziu praticamente todos os lances ofensivos pela ala esquerda, onde Simão se movimentava. Sofreu uma falta na segunda parte que o deixou debilitado fisicamente, acabando substituído a dez minutos do fim.

Nuno Gomes - Um pouco mais inspirado do que habitualmente, o capitão da selecção continua a ter mais vocação para rematar ao poste do que para o golo. Ontem a pontaria esteve afinada: conseguiu acertar duas vezes na madeira.

Nani  - Substituiu Nuno Gomes, colmatando o défice de jogadas ofensivas pela ala direita. Pareceu demasiado ansioso, talvez por querer mostrar que tem valor (e tem, de facto) para ser titular da selecção.

Raul Meireles - Scolari mandou-o entrar para o lugar de Simão. Entrou com uma estrelinha: marcou o segundo golo, que garantiu o primeiro lugar de Portugal no grupo A.

Fernando Meira - Substituiu Deco, mesmo à beira do fim. Só para queimar tempo.



Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Na bicha, minha senhora, na bicha.Recusar colonial...

  • Luís Lavoura

    uma acção coerciva de uma violência brutal, sem cu...

  • Luís Lavoura

    Sim, Marina, as pessoas em Lisboa estão todas borr...

  • Anónimo

    https://observador.pt/opiniao/retorno-ao-normal-de...

  • Anónimo

    Deu-se ao trabalho de verificar as credenciais de ...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2008
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2007
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2006
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D


    subscrever feeds