Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Portugal 2, Turquia 0

por Pedro Correia, em 08.06.08

Nunca temi pela vitória. Mesmo assim, esperava mais dos turcos e menos dos portugueses. Afinal a Turquia foi um fiasco: claramente inferior à nossa selecção do ponto de vista técnico e táctico - e até físico, pois vários deles acabaram o jogo de ontem, em Genebra, à beira do esgotamento. Portugal, ao contrário do que alguns dos nossos habituais "especialistas" garantiam, apresentou um conjunto coeso, disciplinado, muito concentrado, sem vedetismos. A defesa foi sólida, o meio-campo impôs-se sempre aos turcos e a linha avançada só revelou a habitual carência de um ponta-de-lança eficaz (Nuno Gomes está muito longe de o ser).

Segue a análise da selecção portuguesa, jogador a jogador:

 

Ricardo - Não evita as habituais fífias quando tem de sair dos postes. Ontem teve duas, felizmente sem consequências para a nossa equipa, dada a ineficácia dos atacantes turcos. A súbita lesão de Quim, no último treino da selecção, foi uma péssima notícia para Portugal.

Bosingwa - Uma das melhores exibições da selecção portuguesa num sector ontem sem falhas. Foi eficaz nos desarmes e nos passes. Dá segurança à equipa.

Pepe - O melhor jogador da nossa selecção. Pareceu, desde o início, o mais inconformado com a ausência de golo que já tardava. Marcou um, invalidado devido a um milimétrico fora-de-jogo. Mas à segunda foi de vez. E que golo: um prodígio de técnica, com uma simulação perfeita ao guarda-redes turco, só ao alcance de um fora-de-série.

Ricardo Carvalho - Outro defesa que dá imensa tranquilidade à equipa. Ricardo Carvalho esteve ao nível das suas grandes exibições no Euro-2004 e no Mundial-2006, integrando-se várias vezes em jogadas ofensivas.

Paulo Ferreira - Adaptado a defesa esquerdo, não comprometeu. E foi à dobra dos seus colegas mais do que uma vez, revelando um alto grau de concentração. Pode e deve ser mais ousado nas manobras ofensivas.

Petit - Longe da sua melhor forma, em termos físicos, compensa esta quebra com a sua força anímica. Cumpriu bem a missão que lhe estava destinada: ser o mais defensivo dos nossos médios.

João Moutinho - Incansável. Grande parte dos lances ofensivos portugueses passaram por ele. Teve um papel fundamental no segundo golo: numa fracção de segundo, fez uma fabulosa rotação frente à baliza turca, servindo com êxito Raul Meireles. 

Deco - Parece ter voltado à boa forma de outros tempos. Continua insuperável na leitura de jogo a meio-campo e na precisão do passe. Ontem fez dois (para Simão e Moutinho) que podiam ter dado golo.

Cristiano Ronaldo - Muito policiado. Cada vez que tocava na bola, tinha logo dois defensores turcos a cercá-lo. Mesmo assim, ganhou diversas jogadas individuais. Mandou uma bola ao poste na conversão de um livre.

Simão Sabrosa - Uma grande primeira parte, em que esteve sempre em jogo: Portugal conduziu praticamente todos os lances ofensivos pela ala esquerda, onde Simão se movimentava. Sofreu uma falta na segunda parte que o deixou debilitado fisicamente, acabando substituído a dez minutos do fim.

Nuno Gomes - Um pouco mais inspirado do que habitualmente, o capitão da selecção continua a ter mais vocação para rematar ao poste do que para o golo. Ontem a pontaria esteve afinada: conseguiu acertar duas vezes na madeira.

Nani  - Substituiu Nuno Gomes, colmatando o défice de jogadas ofensivas pela ala direita. Pareceu demasiado ansioso, talvez por querer mostrar que tem valor (e tem, de facto) para ser titular da selecção.

Raul Meireles - Scolari mandou-o entrar para o lugar de Simão. Entrou com uma estrelinha: marcou o segundo golo, que garantiu o primeiro lugar de Portugal no grupo A.

Fernando Meira - Substituiu Deco, mesmo à beira do fim. Só para queimar tempo.



9 comentários

Sem imagem de perfil

De Mialgia de Esforço a 08.06.2008 às 13:49

Também achei a Turquia muito fraquinha e pelo pouco que vi do outro jogo, esta fase vai ser um descanso. Scolari não precisa de se preocupar com tácticas, coisa que não pesca nada de nada. Cumprimos qb. Com jogadores deste nível, era o mínimo. Melhores em campo: Moutinho e Pepe. Os que criticaram a sua naturalização vão ter que meter a viola no saco.
Sem imagem de perfil

De João André a 08.06.2008 às 14:18

Ó Pedro, então duas bolas nos ferros (azares, como qualquer bola desse tipo é sempre) e uma assistência para golo demonstra um ponta de lança pouco eficaz? Acho que o jogo de ontem mostrou, mais que qualquer outra coisa, pouco jogo para ele.

Pepe não fez simulação nenhuma, caiu com a entrada do jogador turco e a bola só subiu por ter batido no pé deste. Ainda assim foi uma grande jogada e um grande jogo.
Imagem de perfil

De Jorge A. a 08.06.2008 às 14:56

"a linha avançada só revelou a habitual carência de um ponta-de-lança eficaz (Nuno Gomes está muito longe de o ser)"

Ontem, antes do inicio do jogo, tinha (e continuo a ter) muitas dúvidas em relação a Nuno Gomes, mas com o jogo que o homem fez ontem parece-me que esta critica é, no minimo, injusta. Para além das bolas ao poste e à barra, o homem fez uma série de recuperações de bola e o golo da selecção só aparece porque é ele o ponta de lança - quantos pontas de lança conhece o Pedro Correia capazes de fazerem aquele passe para o Pepe? E o que aconteceu ao jogo da selecção depois de Nuno Gomes ter sido substituido?

De resto, para mim, quem esteve mais apagado foi Cristiano Ronaldo, não só porque foi policiado, mas também porque está nitidamente cansado de uma época desgastante. Curiosamente, da mesma forma que as bolas ao poste do Nuno Gomes são usadas como forma de criticá-lo, o Pedro sugere que a bola ao poste do Cristiano Ronaldo é um bom cartão de visita.

E discordo da análise sobre o Petit, especialmente nesta parte: "Longe da sua melhor forma, em termos físicos, compensa esta quebra com a sua força anímica." É verdade que Petit ao longo do campeonato teve vários problemas que afectaram a sua forma fisica, mas mesmo por isso parece-me que surge no campeonato da europa mais fresco do que seria habitual (análise que também se aplica para o Deco).
Sem imagem de perfil

De Anti a 08.06.2008 às 15:34

Treinador de sofá:
1-Melhor em campo em minha opinião João Moutinho. Como Sportinguista, é caso para dizer, já fomos...Ontem devemos ter perdido o nosso capitão para algum colosso europeu.

2-Ao contrário da crítica generalizada, não gostei da actuação do Deco . Se é verdade que teve dois ou três passes bons, não me levem a mal se disser que em várias situações de balanceamento ofensivo da equipa acabou por falhar outros tantos. Situação muito perigosa, já que Moutinho não poderá estar em todo o lado e alguns dos ataques e contra-ataques da Turquia saíram dos pés de Deco .

3-Defesa muito bem, Bosingwa insuperável. Ricardo Carvalho e Pepe muito boa coordenação.

4- Ponto negativo- Forma como a equipa geriu a vantagem. Recuaram demasiado, pouco controlo da bola. Deco mais uma vez que deveria ter assumido essa função na zona central do meio campo, desapareceu. Foi uma gestão de vantagem bem à Portuguesa, mais com olho no cronómetro do árbitro do que no cumprimento das acções técnico-tácticas mais eficazes para o momento. Alguma falta de discernimento!
Sem imagem de perfil

De João Severino a 08.06.2008 às 17:16

Se eu fosse director da Bola, Record ou Jogo contratava este comentador... :)
Imagem de perfil

De João Távora a 08.06.2008 às 21:51

Belíssima análise caro Pedro. Compreendo as tuas reservas quanto ao Nuno Gomes, mas o rapaz ontem excedeu-se
Sem imagem de perfil

De J.C. a 08.06.2008 às 21:56

Estás um craque, compadre. Caiu-me o queixo...
Sem imagem de perfil

De hajapachorra a 09.06.2008 às 01:25

Bolano poste é bola mal chutada. A amélia não tem força na cornadura para metê-la lá dentro a direito ou a descer; a bola sai para cima e pinga no poste, uma nabice. Aquela o Almeida metia-a pela certa, se calhar até o Postiga o conseguia. Perdi a conta às bolas lançadas para aquela espécie de ponta de lança e por ele perdidas... Scolari devia pôr tudo em pratos limpos: ou joga com um PL, o Almeida obviamente, ou adopta a revolucionária táctica do 4-6-0. Esse -0- até podia ser a amélia.
Para se ver o nosso atraso, comparai uma crónica do Guardian com as prosinhas dos nossos jornalecos (nestas contas não entra obviamente a tríade desgraçada dos desportivos). Vede por exemplo este sumário digno de um maradona com minúscula:
http://blogs.guardian.co.uk/sport/2008/06/08/the_end_of_forward_thinking.html
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 09.06.2008 às 11:07

Bola no poste é bola mal chutada. Pois. Nada a ver com o livre marcado pelo Cristiano Ronaldo, que o guarda-redes turco desviou para o poste. É bem diferente.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2008
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2007
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2006
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D