Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Os clandestinos

por João Villalobos, em 06.06.08

«Sei de muitos encontros entre socialistas e pessoas sem filiação partidária. Eu próprio já me associei a alguns, como mero cidadão interessado no futuro do País. Devo dizer que essas reuniões têm-se efectuado numa espécie de estrita clandestinidade.

O medo de retaliações, de denúncias e de vinganças impele os participantes do PS a cuidadosas prevenções. Num desses encontros, um conhecido ex-dirigente do Partido Socialista advertiu: "Não sei se entre nós, não haverá aqui um informador". Não estavam presentes mais de trinta pessoas». 

Baptista-Bastos no Jornal de Negócios 



4 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 06.06.2008 às 12:18

E o senhor BB irá de lacinho a essas reuniões clandestinas ou a clandestinidade forçá-lo-á a usar qualquer coisa menos ridícula?
Sem imagem de perfil

De Anönimö a 06.06.2008 às 12:24

Engraçado que nesses encontros se encontrem «socialistas» com «pessoas sem filiação partidária».

Quer dizer que pessoal do BE ou do PCP ou de qualquer outra proveniência partidária é liminarmente impedido de entrar por um qualquer «sigurança» como os das discotecas.
Sem imagem de perfil

De Eu outra vez a 06.06.2008 às 12:30

"uma espécie de estrita clandestinidade"? Hum, ou a clandestinidade é estrita ou não. Uma "espécie de estrita" é uma coisa assim um bocado estranha, no mínimo.

Se calhar o grande jornalista, quando disse isso, já estava com uns whiskies no bucho.

Isto digo eu, que nem faço jogging nem deixei de fumar.
Sem imagem de perfil

De J.C. a 06.06.2008 às 13:03

Baptista-Bastos põe a nu um aspecto curioso: se há reuniões secretas, não têm utilidade palpável; se há agentes secretos, não têm personalidade saudável. Em que é que ficamos?

Quanto a mim, viva a visibilidade, que é bem mais eficaz. Prefiro saber de Manuel Alegre à vista de todos do que desconfiar de Baptista-Bastos entre uns clandestinos...

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Vasco Silveira

    ..." temos 3 instituições: as forças armadas, os b...

  • Anónimo

    Pois! Isso foi notícia. Mas é claro, indignnações ...

  • Jose Miguel Roque Martins

     O problema é parecer ou  querer serem p...

  • Anónimo

    Os militares não actuam de livre vontade. Tem que ...

  • Anónimo

    Brilhante artigo. Mais um crme da responsabilidade...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2008
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2007
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2006
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D