Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Rota de solidão

por Pedro Correia, em 31.05.08

Manuela Ferreira Leite, com apenas 37,91% dos votos dos militantes e sem assento na Assembleia da República, prepara-se para governar um partido dividido em três. Não lhe gabo a sorte.

Autoria e outros dados (tags, etc)



9 comentários

Imagem de perfil

De José Manuel Faria a 31.05.2008 às 21:56

A maioria não votou em MFL. Terá de ser a esquerda a tirar a maioria absoluta a Sócrates. MFL tem de conversar com menezistas e santanistas vai ser curioso.
Sem imagem de perfil

De f.m. a 31.05.2008 às 21:59

O resultado que deixou claramente o PSD esfrangalhado e onde 65% do partido não votou na Leite leva-me a admitir que Santana Lopes depois de dizer que vai lutar imediatamente que irá fundar um novo partido. Não sei mesmo se o facto não estaria já pensado e equaciionado com Alberto João Jardim e Paulo Portas. Não me surpreendia que Alberto João transformasse o PPD/PSD-M em simplesmente PPD, partido com sede na Madeira mas que seria um partido nacional e onde Santana Lopes, Paulo Portas, Diogo Feio, Telmo Correia e todos os liberais iriam coexistir. Esse novo PPD passaria a concorrer a todas as eleições nacionais. Seria o partido da Direita e encostaria o PSD de Ferreira Leite ao PS de Sócrates, duas linhas conservadoras sociais-democratas. No PS haverá, mais tarde ou mais cedo, uma cisão e a ala socialista acabará por juntar-se aos bloquistas e formarem um novo partido de Esquerda.

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 31.05.2008 às 22:16

Você, por acaso, não será o Prof. Bambo?
Sem imagem de perfil

De f.m. a 31.05.2008 às 22:31

Não, Anónimo. Sou a francisca Maya
Imagem de perfil

De António de Almeida a 31.05.2008 às 23:14

Alberto João transformasse o PPD/PSD-M em simplesmente PPD, partido com sede na Madeira mas que seria um partido nacional e onde Santana Lopes, Paulo Portas, Diogo Feio, Telmo Correia e todos os liberais iriam coexistir.
-Liberalismo e Alberto João Jardim estão um para o outro como a beira da estrada e a estrada da beira. Se falarem em populismo e damagogia...
-O que Pedro Santana Lopes pode tentar a meu ver será federar alianças no congresso com alguns apoiantes de Passos Coelho, apesar deste se ter afirmado fiel depositário dos seus votantes, conseguirá ter mão em Marco António, Fernando Ruas e tantos outros? Ou no congresso em manobras de bastidores estes srs conseguirão impôr a M.F.L. uma comissão política no mínimo bizarra?
Sem imagem de perfil

De Francisco a 01.06.2008 às 15:51

Humm!!! E que tal aplicar o mesmo tipo de raciocínio ao País?... José Sócrates, com apenas 45 por cento de votos, governa Portugal há três anos...
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 01.06.2008 às 16:10

45 por cento não são 38 por cento. MFL conseguiu uma percentagem inferior à de Marques Mendes em Setembro. Com tanto baronato a apoiá-la, a senhora tinha a obrigação de conseguir melhor.
Sem imagem de perfil

De Francisco a 01.06.2008 às 19:33

Claro que não. Salvo erro há uma diferença de sete por cento... Ou seja, é uma minoria um pouco maior. Mas não deixa de ser uma minoria, apenas 'artificialmente' transformada em maioria pela aplicação do método de Hondt.
Salvaguardadas as devidas diferenças, só após o congresso do final do mês se poderá ver a dimensão da 'minoria' de Manuela Ferreira Leite...
Também gosto das constantes referências ao 'baronato'... nas outras candidaturas não havia nenhuns, pois não?
Puxa, tão mau perder!
Sem imagem de perfil

De Carlos Alberto Videira a 01.06.2008 às 16:03

A demagogia da Esquerda é bem patente no nosso país. A Lei da Paridade foi proposta pelo PS e aprovada pela Esquerda como grande marca de modernidade. O PSD, partido de Centro Direita, votou contra: deve-se estar na política por mérito e não por quota. Os resultados são os seguintes: PS não cumpriu a lei nas últimas eleições regionais da Madeira enquanto no PSD, é eleita a primeira presidente de um partido em Portugal. Sem Leis da Paridade...

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2008
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2007
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2006
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D