Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Como quem vai à vacina

por João-Afonso Machado, em 01.02.15

O tabuleiro contem as peças do costume, na hirta posição de sempre. Louve-se a leal ortodoxia dos comunistas; e escute-se o silêncio envergonhado dos bloquistas: eles que sonharam um dia também poder e se desfazem agora em lascas (algumas, que belíssimas lascas!...); suporte-se o cansativo reco-reco socialista, um partido que não faz política e vive da construção de obras dispensáveis, in casu um discurso político a permitir-lhe sobreviver de contradições e despesismo eleitoralista - qualquer coisa oscilando entre a dita "austeridade" à sua espera, quando governar, e a miragem grega nacionalizada, nossa.

Assim se compõe o bruá do nosso quotidiano "nacional". É urgente a próxima legislatura seja marcada por uma maioria e um governo PS. Pela singela razão de uma esperança - a de que Portugal aprenda finalmente. E empiricamente. Se vacine. E assegure o seu futuro.

É a esperança de que Portugal aprenda a não viver de argumentos e golpes de rins palavrosos; nem de radicalismos, de fanatismo, demagogia ou facilitismo; ou da sistémica culpabilização dos outros; de BMW's para que não tem bolsa e incumpre as prestações do pagamento; de reivindicações e exigências de uma economia melhor para a qual não quer contribuir...

Talvez não a despropósito, Tsipras inicia agora um périplo "bem agendado" Europa fora. Trazendo às nossas recordações o saudoso Soares, Ministro dos Negócios Estrangeiros e homem de comitivas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Hoje “sou D. Carlos e D. Luís Filipe”

por Vasco Mina, em 01.02.15

Da mesma forma que no dia em que os jihadistas assinaram, em Paris, várias vítimas me assumi como “je suis Charlie” também hoje “sou D. Carlos e D. Luís Filipe”. No dia 7 de Janeiro último não me tornei leitor ou defensor da abordagem editorial do “Charlie Hebdo” nem hoje me torno monárquico. Mas ontem e hoje repudio os actos terroristas e manifesto o meu pesar pelas vítimas inocentes. Hoje recordamos o assassínio do Rei, legítimo Chefe de Estado de Portugal que ocorreu em 1908. Tão legítimo quanto o é hoje o Presidente da República. Mais, o País vivia em liberdade (que, plenamente, só a recuperou em 1974) e por isso o meu repúdio acrescido por este acto horrendo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

1 de Fevereiro 1908 - 2015

por João Távora, em 01.02.15

Regícidio.png

Não esqueceremos os mártires da nossa Pátria. Logo às 17h00m, Missa de Sufrágio por Alma de Sua Majestade El-Rei Dom Carlos e do Príncipe Real Dom Luís Filipe, na Igreja de São Vicente de Fora, Lisboa.

No resto do País.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Domingo

por João Távora, em 01.02.15

Evangelho segundo São Marcos


Jesus chegou a Cafarnaum e quando, no sábado seguinte, entrou na sinagoga e começou a ensinar, todos se maravilhavam com a sua doutrina, porque os ensinava com autoridade e não como os escribas. Encontrava-se na sinagoga um homem com um espírito impuro, que começou a gritar: «Que tens Tu a ver connosco, Jesus Nazareno? Vieste para nos perder? Sei quem Tu és: o Santo de Deus». Jesus repreendeu-o, dizendo: «Cala-te e sai desse homem». O espírito impuro, agitando-o violentamente, soltou um forte grito e saiu dele. Ficaram todos tão admirados, que perguntavam uns aos outros: «Que vem a ser isto? Uma nova doutrina, com tal autoridade, que até manda nos espíritos impuros e eles obedecem-Lhe!». E logo a fama de Jesus se divulgou por toda a parte, em toda a região da Galileia.

 

Da Bíblia Sagrada

Autoria e outros dados (tags, etc)


Pág. 6/6



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    O jornalixo cá do burgo tem um ponto, cavalheiresc...

  • sampy

    A resposta de Moro é uma pérola:"Não debato com cr...

  • Anónimo

    O que é que a Greta tem que eu não tenho?Esta cois...

  • Anónimo

    Penso que quis dizer "subisse tão baixo".

  • Balsemão e sua agenda

    Falir era um favor que fazia a Portugal. Um cancro...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2008
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2007
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2006
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D

    subscrever feeds