Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Banco de urgência

por Teresa Ribeiro, em 22.04.08

Mal tínhamos começado a jantar tocou o telemóvel. Pediu-nos desculpa e atendeu. A mulher, como boa anfitriã, fez logo uma piada a propósito: “Se não atendesse, rebentava. Isto para ele não é profissão , é sacerdócio”.
Sorrimos e não esperámos porque “de certeza que vai demorar”, tinha-nos ela avisado. Quando voltou, com efeito, já íamos na sobremesa. “Era o João”, balbuciou. “Outra vez?!”, reclamou ela. “Pois, um dia destes tenho mesmo que ir lá a casa”.
Ela encolheu os ombros e varreu-nos com o olhar, em busca de alguma solidariedade, no que foi compensada com alguns sorrisos de comiseração.
Antes do café tocaram à porta. Era uma mulher ainda jovem, que não conhecíamos. Vinha em esforço. Solícito, o meu amigo acolheu-a sem surpresa: “Olá, Maria! Passa-mo para cá, que ele pesa como chumbo”. Ela não se fez rogada, depositou-lho nos braços, sorriu-nos e deixou que a dona da casa fizesse as apresentações.
Enquanto me servia de uma bebida, ouvi, nitidamente, a minha amiga resmungar para o marido entre dentes: “Vai ser outra noite em claro, não é? Está-se mesmo a ver!”
Impávido, ele nem lhe respondeu. Brinquei com a situação, para desanuviar: “Então dr, e do que é que este se queixa?” Ao que o meu amigo respondeu: “Este, ou me engano muito ou precisa de levar um jeito na drive”.



6 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 22.04.2008 às 17:42

Saberá que nas graças há sempre o que não percebe. Pois cá me tem! O que é um jeito na drive? Referia-se a quê? Onde está a graça?
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 22.04.2008 às 17:45

Ah claro, era um portátil. Está bem. A ambiguidade do passa-mo e do depositou-o refere-se a uma coisa, não a uma criança.
Afinal sou o de compreensão lenta, menos divertido do que o que nunca percebe.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 22.04.2008 às 18:11

Chiça que são burros os anónimos!!! (os outros, claro!)
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 22.04.2008 às 19:45

Também conheço um "médico" assim. De vez em quando lá vou eu, aflita, ter com ele, quando o meu "menino" se "constipa" :-)
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 23.04.2008 às 00:58

Os novos João Semana, Teresa? Bom paralelismo, já que até as reacção das "mulheres de médico" são praticamente as mesmas.
Um beijinho
Sem imagem de perfil

De João sem Semanada a 09.05.2008 às 16:44

Pois ele ainda há gente assim. São poucos mas resistentes. Ajudam toda a gente sem pedir nada em troca, desenrascam tudo e todos com noites escuras em claro. E claro está estão às escuras com o crescente crepúsculo da sua casa.
Um dia quando a mulher lhe pedir para ajudar a levar uma mala para a rua nem vai perceber que ele é para ir junto com a mala e não voltar.
Já fui mais assim, mas já aprendi que o telemóvel tem um botão igualzinho ao do computador que diz Power Off " (desligar, em português com ou sem acordo ortográfico) e também já não passo noites em claro. E claro está que não deixo apagar as luzes lá de casa.
Mas acho que ainda não estou curado de todo. De vez em quando lá tenho uma recaída.

PS: Não era um portátil porque "pesa como chumbo" e um portátil, por definição é ... portátil! E porque os portáteis já não têm drives " (presumo que de disquetes). Como toda a gente usa pen's " as disquetes cairam em desuso. Mas um computador fixo, esse sim, pesa como chumbo, tem drives e normalmente com os Joões Semanas não é preciso levar rato, teclado e monitor porque eles têm sempre tudo, de um computador antigo que "estoirou" (ou simplesmente "já estava muito lento") e que não se deita fora porque "pode fazer jeito".

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Eremita

    Não estou a confundir coisa nenhuma, como poderá v...

  • Anónimo

    cARO SENHOR Vou começar pelo fim, onde me sinto ma...

  • henrique pereira dos santos

    Está a confundir médias com picos, a gripe em 2017...

  • Eremita

    Pode também ser um pouco mais rigoroso nas suas co...

  • Eremita

    O já estafado paralelo com a gripe começou por ser...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2008
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2007
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2006
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D