Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Domingo

por João Távora, em 29.07.07
Evangelho segundo São Lucas 11,1-13

Naquele tempo, estava Jesus em oração em certo lugar. Ao terminar, disse-Lhe um dos discípulos: «Senhor, ensina-nos a orar, como João Baptista ensinou também os seus discípulos». Disse-lhes Jesus: «Quando orardes, dizei: ‘Pai, santificado seja o vosso nome; venha o vosso reino; dai-nos em cada dia o pão da nossa subsistência; perdoai-nos os nossos pecados, porque também nós perdoamos a todo aquele que nos ofende; e não nos deixeis cair em tentação’».
Disse-lhes ainda:
«Se algum de vós tiver um amigo, poderá ter de ir a sua casa à meia-noite, para lhe dizer: ‘Amigo, empresta-me três pães, porque chegou de viagem um dos meus amigos e não tenho nada para lhe dar’. Ele poderá responder lá de dentro: ‘Não me incomodes; a porta está fechada, eu e os meus filhos estamos deitados e não posso levantar-me para te dar os pães’. Eu vos digo: Se ele não se levantar por ser amigo, ao menos, por causa da sua insistência, levantar-se-á para lhe dar tudo aquilo de que precisa.Também vos digo: Pedi e dar-se-vos-á; procurai e encontrareis; batei à porta e abrir-se-vos-á. Porque quem pede recebe; quem procura encontra e a quem bate à porta, abrir-se-á. Se um de vós for pai e um filho lhe pedir peixe, em vez de peixe dar-lhe-á uma serpente? E se lhe pedir um ovo, dar-lhe-á um escorpião? Se vós, que sois maus, sabeis dar coisas boas aos vossos filhos, quanto mais o Pai do Céu dará o Espírito Santo àqueles que Lho pedem!».

Da Bíblia Sagrada

Autoria e outros dados (tags, etc)

Olha quem fala

por Corta-fitas, em 29.07.07
"A democracia faz-se também e sobretudo da capacidade de dizer 'não', da capacidade de dizer 'não' ao autoritarismo, a qualquer espécie de tentativa de controlo político-partidário sobre a administração pública, sobre a sociedade civil, sobre a comunicação social livre ou sobre a vida de cada um de nós".
Augusto Santos Silva, ministro dos Assuntos Parlamentares (hoje, na Madeira)

Autoria e outros dados (tags, etc)

Os tugas (29)

por Pedro Correia, em 29.07.07

Mulher falando ao telemóvel numa carruagem de metro, em voz cada vez mais alta.
- Tou! Não te percebo bem. Tou a chegar ao Campo Grande!
...
- Tou! Tou!
...
- Tás onde? Eu tou a chegar ao Campo Grande.
...
- Campo Grande, Campo Grande! Tás aí já?
...
- Como? Não consigo perceber! Quê? Eu tou a chegar ao Campo Grande!
...
- Quê? Quê? Quê?
...
- Tás já à minha espera? Eu tou a chegar. Tou, tou!
...
- Quê? Quê?
...
- Ah, tás no Parque das Nações. Agora percebi. Eu tou a chegar ao Campo Grande... Espero aqui por ti.

Autoria e outros dados (tags, etc)

A blogosfera tem destas coisas

por Pedro Correia, em 29.07.07

Por causa da Nancy, da Geração Rasca, já tenho Orgulho e Preconceito de volta à minha mesa de cabeceira. E desta vez juro que vou lê-lo até ao fim.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Mais dez motivos para gostar de Portugal (VIII)

por Pedro Correia, em 29.07.07

PONTE DE LIMA.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Usando o corta-fitas como janela

por Cristina Ferreira de Almeida, em 27.07.07

Autoria e outros dados (tags, etc)

... esse grande escultor

por Cristina Ferreira de Almeida, em 27.07.07
O Luís Filipe Menezes que vi hoje entrevistado por José Alberto Carvalho no Telejornal surpreendeu-me. Sou obrigada a admitir que, durante estes anos em que não reparei nele, o senhor melhorou o discurso, a pose, a atitude (embora falte ainda trabalhar a gravata, sempre acinzentada). Se calhar vencer as eleições no PSD e se fizer o que disse (uma moção de censura por causa das manifestações de sindicatos e funcionários públicos, por exemplo), o partido terá um líder que vai dar muito trabalho ao governo.
As eleições no PSD têm sempre algum grau de imprevisibilidade, e só por isso, e pela subida de Sócrates nos barómetros de opinião, a vitória de Marques Mendes não são favas contadas. O problema é que, daqui até às directas, as expectativas para a liderança em 2009 podem pesar mais do que a vontade de construir uma oposição aguerrida.
Apesar de isto não ser justo para Marques Mendes - que teve nas eleições de Lisboa o seu único erro sério - muitos sociais-democratas preferem despachá-lo em 2009 do que correr o risco de eleger alguém que, daqui a dois anos, não vai educadamente ceder o lugar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Três dias sem televisão

por Pedro Correia, em 27.07.07

Três dias sem televisão. Aproveito para ler um romance fabuloso, passado no norte de África, nos turbulentos dias do pós-guerra: O Céu que nos Protege, de Paul Bowles. Prosa envolvente, magnífica, com o deserto do Sahara em hipnótico pano de fundo. Há muito que não descobria um escritor assim, que me agarrasse tanto e me fizesse devorar tantas páginas. Esquecido do mundo, esquecido do tempo.

Com parágrafos como este: “Olhou para fora, para o vazio varrido pelo vento. A lua escondera-se atrás da aresta aguda da terra. Ali, no deserto, ainda mais do que no mar, ela tinha a impressão que estava sobre uma grande mesa, que o horizonte era a beira do espaço. Imaginou um planeta em forma de cubo, algures sobre a terra, entre esta e a lua, para a qual de alguma maneira tinham sido transportados. A sua luz devia ser difícil e irreal como ali, o ar devia ter a mesma secura extrema, aos contornos da paisagem faltariam as reconfortantes curvas terrestres, exactamente como ao longo de toda aquela vasta região. E o silêncio seria último, definitivo, deixando lugar apenas ao som do ar que passava. Ela tocou a vidraça; estava fria, gelada. A camioneta seguia aos solavancos ao longo do planalto.”

Admirável tradução de José Agostinho Baptista, excelente edição da Assírio & Alvim. Ler um livro destes, tão arrebatador, é um imenso prazer. Ainda bem que tive a TV avariada. Oxalá o arranjo não dure muito...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Populismo

por Francisco Almeida Leite, em 27.07.07
Consta que Luís Marques Mendes vai estar no domingo na super-festa do Chão da Lagoa, na Madeira, ao lado de Alberto João Jardim. Que bonito. Nos últimos dois anos, Marques Mendes não foi sequer convidado para estar ao lado do presidente do Governo Regional da Madeira, um gesto muito mal digerido na São Caetano à Lapa, mas que ia servindo para o comandante Azevedo Soares e outros dirigentes dizerem que cada um convida quem quer, ao passo que em surdina iam suspirando de alívio, pois o facto de o líder do PSD não ter que ir à ilha encaixava que nem uma luva na defesa da credibilidade e no afastamento de figuras "populistas" como Valentim Loureiro e Isaltino Morais. Há mais de dois anos que não interessava a Mendes aparecer ao lado de Jardim, no domingo ainda vamos vê-lo de cervejinha na mão a cantar e a dançar ao lado do presidente do Governo Regional. Quando dá jeito - e neste momento já começou a campanha para as directas no PSD - pode-se sempre chutar para canto. E abraçar o tal populismo...

Autoria e outros dados (tags, etc)

A banhos

por João Távora, em 27.07.07
Amanhã pela manhã a “família pipocas” parte rumo ao Sudoeste para umas merecidas férias. Um ritual incontornável, indispensável. Malas feitas, gás desligado, trancas na porta, todos na carrinha, alguma excitação: um choro aqui, um ralhete ali, todos na carrinha, todos ao caminho. Uma pequena temporada de Sol, roupa lavada e comida feita. Uns dias de indolência, livros, jornais e muita praia, muito mar. Gelados, sandwiches e bolas de Berlim também. E como é próprio da estação e dos “ares”, os miúdos aproveitarão para crescer. Em tamanho e (espera-se) em graça. Novidade é que desta vez levo computador, já que arranjei uma impecável Internet portátil. Hasta la vista!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Gostei de ler

por Pedro Correia, em 27.07.07
Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades, mas a democracia resiste. Do Tomás Vasques, no Hoje Há Conquilhas.
O polvo cor-de-rosa. De António de Almeida, no Direito de Opinião.
O figurão e os figurantes. De Pinho Cardão, na Quarta República.
Más escolhas. Do Carlos Abreu Amorim, no Blasfémias.
Prokofiev revisto. Do Rui Bebiano, n'A Terceira Noite.
Se está a pensar ir à Venezuela, pense duas vezes. De Carlos Manuel Castro, no Tugir.
O CES e Boaventura Sousa Santos. De Tiago Barbosa Ribeiro, no Kontratempos.
O teu pai é polícia. Do José Bandeira, na Bandeira ao Vento.
Uma mentira repetida mil vezes... De Paulo Gorjão, na Bloguítica.
O ouro do Reno. De José Gomes André, no Bem Pelo Contrário.
E, no entanto, sobrevivi... Do Helder Robalo, no Pensamentos.
Os filmes em cartaz. Série de Vítor Dias, n'O Tempo das Cerejas.
Dos livros. Série do João Gonçalves, no Portugal dos Pequeninos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Porque hoje é sexta-feira

por Corta-fitas, em 27.07.07

As mulheres deixam-se conquistar facilmente pelos homens que as fazem rir, mas o inverso, em regra, não é verdadeiro. Para eles, nada como trocar umas boas gargalhadas entre compinchas, de preferência numa daquelas rodas de amigos em que mulher não entra. Percebe-se. Afinal, o prazer de rir entre companheiros precede, na vida deles, o de gozar a companhia das mulheres, pois remonta ao tempo em que ainda as olhavam cheios de reserva, a pensar: “Mas afinal, para que é que elas servem? Nem sequer sabem jogar à bola...”
Nesses verdes anos, do outro lado da barricada, bem os víamos agitados, desajeitados, esganiçados, parvos, mas muito cúmplices. Às vezes eu ficava a observá-los, meio ressentida com a sua autosuficiência, cheia de vontade de pertencer também à irmandade da carica, porque sentia que eles tinham mais capacidade de se divertir uns com os outros do que nós.
Será isto que nos atrai quando nos fazem rir? Esta sensação de redenção? A aventura finalmente consentida de nos rirmos com as suas piadas? Às vezes tão parvas, mas mesmo tão parvas que até parece que no instante seguinte ainda nos arriscamos a que eles nos convidem para ir ali para o passeio da rua jogar ao bilas...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Já que hoje é sexta-feira

por Corta-fitas, em 27.07.07
Aproveito para confessar qual é o meu cliente favorito nesta agência.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Momentos Kodak (54)

por Rodrigo Cabrita, em 27.07.07
Alberto João Jardim
Fotografia: Rodrigo Cabrita

Autoria e outros dados (tags, etc)

Cinco dias, cinco pratos

por Pedro Correia, em 27.07.07
Juro que só agora me lembrei de que o Adolfo Mesquita Nunes me incluiu há já vários dias numa destas listas circulares que abundam na blogosfera com o pedido de lhe dar nota das minhas cinco mais recentes refeições. Vai atrasado, mas vai à mesma: cá fica o inventário, de segunda a sexta. Assim mesmo - uma por dia. É uma regra já antiga: quando almoço, não janto; quando janto, não almoço.
2ª feira - Paella. No Solar dos Presuntos. Sem dúvida a melhor de Lisboa.
3ª feira - Risotto de pato. No Sucre. Uma das mais estimulantes descobertas gastronómicas que fiz ultimamente na capital (ups, se calhar não devia ter falado disto: qualquer dia começa a ser difícil arranjar lá mesa...)
4ª feira - Empadas de galinha. Na imprescindível Charcutaria (a da Rua do Alecrim, que prefiro à outra).
5ª feira - Cataplana de bacalhau. No velho Tico Tico, de Campo de Ourique, que hoje se chama não sei o quê. Com a turma cá do blogue.
6ª feira - Spaghetti caprese. O meu prato vegetariano favorito. No Valentino.

E por aqui me fico. Com um abraço ao Adolfo. E sem maçar ninguém com uma pergunta tão indiscreta.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Cem anos de História para isto

por Corta-fitas, em 27.07.07

Por todo o lado, em especial no D.N. que até publica a palavra malgrafada na sua capa, ele é «escutismo» para aqui e «escuteiros» para ali. Sucede que tais palavras não existem. Em português, escrevem-se «escotismo» e «escoteiros», como podem verificar no site oficial da A.E.P. (o «ó» está bem destacado a verde para não haver enganos). Depois, o que há são «escutas». De Corpo Nacional de Escutas. Adaptação do escotismo feita pela igreja católica, como a fizeram também os adventistas do sétimo dia com os «desbravadores» ou o partido comunista com os seus «pioneiros», se é que tal coisa ainda existe. Escoteiros de verdade há só uns. Os meus. Em 1907, Lord Robert Stephenson Smyth Baden-Powell levou consigo um grupo de 20 rapazes para a Ilha de Brownsea, para realizar o primeiro acampamento escotista de todos os tempos. «Escotista», perceberam? Arre.

Autoria e outros dados (tags, etc)

O partido do "porque não"

por Francisco Almeida Leite, em 27.07.07
"O PSD nasceu como partido do 'porque sim' e está transformado num partido do 'porque não'. Não é saudável que todos os 'laranjinhas' com que me cruzo achem que Marques Mendes não serve, que Menezes é um perigoso populista a deter a todo o custo e que, apesar disso, se resignem a este estado de coisas."
José Miguel Júdice, Público
"A personagem precisa de ficar remota para sobreviver. Basta que o país saiba que Sócrates manda e gosta de correr; e que o veja de longe em ocasiões cuidadosamente encenadas. Qualquer improvisação é um perigo, como já se constatou no estádio do Benfica. Seguro (e normal) é o episódio do Centro Cultural de Belém a 30 euros por figurante. No dia em que o país confundir o primeiro-ministro com um ser humano acaba a festa, ou, se quiserem, o 'evento'."
Vasco Pulido Valente, ibidem
A verdade é esta. Mais coisa, menos coisa. E é grave que no PSD ninguém queira agarrar as rédeas de um partido que, historicamente, nunca virou a cara à luta. A maior parte da elite laranja pensa que Sócrates está de pedra e cal antes e depois de 2009. Tudo gente que não sabe o que se passa nas ruas, nas empresas, nas escolas e nas casas. Gente que confunde o green do golfe que joga ao fim de semana com a paisagem que está à volta de milhares e milhares de pessoas. Que de verde não tem nada.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Postais blogosféricos

por Pedro Correia, em 27.07.07
1. O Nuno Galopim e o João Lopes prosseguem, imparáveis, um dos melhores blogues especializados - o Sound+Vision, dedicado às artes, sobretudo à música (domínio privilegiado do Nuno) e ao cinema (onde o João dá cartas). A partir de hoje na nossa barra lateral.
2. O Fernando Martins deixou O Amigo do Povo mas não abandonou a blogosfera: está agora em casa própria. Aqui. Vale a pena ir lá visitá-lo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Mais dez motivos para gostar de Portugal (VII)

por Pedro Correia, em 27.07.07

ALTE.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Dia C

por Pedro Correia, em 27.07.07

De cinema. E de Cameron Diaz.

Autoria e outros dados (tags, etc)




Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Estimado Henrique Pereira dos Santos,Vexa é um Sen...

  • henrique pereira dos santos

    Vou explicar-lhe uma coisa simples: pessoas adulta...

  • Anónimo

    A ignorância e a inveja são os nossos principais p...

  • Anónimo

    Não é só por cá que as ditas elites políticas alme...

  • Anónimo

    o Ir.: O e C percebe muito de fundos, SCP e sondag...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2008
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2007
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2006
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D

    subscrever feeds