Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Em defesa da Ordem (1)

por Pedro Correia, em 20.02.06
O que acaba de acontecer na Lusa demonstra bem por que motivo as questões da deontologia profissional dos jornalistas devem estar fora da alçada do sindicato. Ao decidir como decidiu, a favor da Direcção de Informação e contra três jornalistas da agência noticiosa, aliás sem nenhum motivo sólido a alicerçar tal posição, o Conselho Deontológico (CD) do sindicato coloca-se a si próprio numa posição insustentável. Em última análise, uma entidade patronal pode despedir jornalistas com o beneplácito do sindicato, por interposto CD! Esta duplicidade tem de acabar. As questões do foro deontológico devem sair da alçada sindical, passando a ser dirimidas por uma ordem profissional, que terá como missão prioritária a elaboração de um código deontológico realmente digno desse nome. É o que já sucede noutras profissões sujeitas a regras deontológicas específicas, como a advocacia ou a medicina.

Autoria e outros dados (tags, etc)

doces

por Albano Matos, em 20.02.06
No domingo, em frente da televisão, dando a volta aos canais portugueses, trinquei um pensativo chocolate. murmurando, como já ensinava o engenheiro: "Todas as religiões do mundo não ensinam mais do que a confeitaria."

PS : Por causa das dúvidas aqui se esclarece que o supracitado engenheiro se chamava Álvaro de Campos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Licenciosidades...

por Pedro Correia, em 20.02.06
"Desta arte Mouro atónito e torvado,
Toma sem tento as armas mui depressa;
Não foge, mas espera confiado,
E o ginete belígero arremessa.
O Português o encontra, denodado,
Pelos peitos as lanças lhe atravessa;
Uns caem meio mortos, e outros vão
A ajuda convocando do Alcorão."
Camões (Os Lusíadas, III, 50)

Autoria e outros dados (tags, etc)

A blasfémia do dia (VIII)

por Pedro Correia, em 20.02.06
Embirro com Mesquita Machado.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Guerra de civilizações 6

por Pedro Correia, em 20.02.06
- És mais paralítico do que o Mar Morto.
- E tu és mais seca que o deserto do Sinai.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Epidemia

por Pedro Correia, em 20.02.06
- O guarda-redes deixou entrar mais um frango.
- Agora percebo porque é que a equipa inteira parece estar a ser vítima da gripe das aves.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Última hora

por Pedro Correia, em 20.02.06
Governo iraniano denuncia o facto de Diogo Freitas do Amaral, ministro português dos Negócios Estrangeiros, ter sido o autor de uma biografia apologética do rei mata-mouros D. Afonso Henriques. Embaixador em Lisboa foi convocado de urgência a Teerão como forma de protesto.

Autoria e outros dados (tags, etc)

A fechar

por Pedro Correia, em 20.02.06
"Manuel escutava pela primeira vez a voz do que é mais grave que o sangue dos homens, mais inquietante do que a sua presença na terra: a infinita possibilidade do seu destino. Escutava nele essa presença misturada ao rumor dos regatos e ao passo dos prisioneiros, permanente e profundo como as pancadas do seu coração."
(Última frase do mesmo romance. Edição: Livros do Brasil. Tradução: Judith Cortesão)

Autoria e outros dados (tags, etc)

A abrir

por Pedro Correia, em 20.02.06
"Um estrépito de camiões, abarrotados de espingardas, submergia Madrid, tensa, na noite de Verão."
(Frase de abertura do romance A Esperança, de André Malraux)

Autoria e outros dados (tags, etc)

Muito cá de casa

por Pedro Correia, em 20.02.06
Deixem-me puxar hoje a brasa à minha sardinha. Minha, quer dizer - nossa. O DN lançou hoje a sua edição nº 50 000. É obra.

Autoria e outros dados (tags, etc)

A blasfémia do dia (VII)

por Pedro Correia, em 19.02.06
Prefiro o quarto minguante ao quarto crescente.

Autoria e outros dados (tags, etc)

A fechar

por Pedro Correia, em 19.02.06
"Para que tudo ficasse consumado, para que me sentisse menos só, faltava-me desejar que houvesse muito público no dia da minha execução e que os espectadores me recebessem com gritos de ódio."
(Última frase do mesmo romance. Edição: Livros do Brasil. Tradução: Rogério Fernandes)

Autoria e outros dados (tags, etc)

A abrir

por Pedro Correia, em 19.02.06
"Hoje, a mãe morreu."
(Frase de abertura do romance O Estrangeiro, de Albert Camus)

Autoria e outros dados (tags, etc)

Ordem dos Jornalistas

por Pedro Correia, em 19.02.06
Vai seguindo o seu curso a ideia de levar por diante a Ordem dos Jornalistas. Neste blogue, como noutros locais, o debate está lançado.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Momento teatral

por Pedro Correia, em 19.02.06
(Sobe o pano)
No Parlamento. Sessão plenária agitada. Esgrimem-se argumentos em voz alta.
O Presidente:
- Meus senhores, peço-vos contenção e sentido de Estado. Que eu saiba, ainda não chegámos ao Irão.
Alguns risos na sala, que mergulha imediatamente em sossego. O líder parlamentar do PS pede autorização para intervir.
O Presidente:
- O senhor deputado deseja usar da palavra para que efeito?
O líder parlamentar:
- Para protestar contra as palavras que empregou, senhor Presidente. Na opinião do Governo português, que esta bancada naturalmente subscreve, a liberdade de expressão não pode confundir-se com licenciosidade. Vossa Excelência, lamentavelmente, referiu-se à República Islâmica do Irão - país amigo de Portugal - em termos licenciosos, que condenamos com veemência. Algo tão grave como as caricaturas que suscitaram a justa ira do mundo islâmico, razão pela qual abandonamos de imediato a sala.
Grande agitação, algum tumulto. Os deputados do PS abandonam o hemiciclo: todos menos Manuel Alegre, que se ausentara três quartos de hora antes. O presidente, também socialista, segue os companheiros por estrito dever partidário. Antes, porém, declara:
- Por falta de quórum, está encerrada a sessão.
Um deputado da oposição, não identificado:
- Afinal onde vão eles?
Outro deputado da oposição, também não identificado:
- É a hora regimental: vão todos orar. Virados para Meca.
(Cai o pano. Qualquer semelhança com a realidade é pura coincidência.)

Autoria e outros dados (tags, etc)

Guerra de civilizações 5

por Pedro Correia, em 18.02.06
- Damasco?
- Não, obrigado. Essa fruta faz-me azia.

Autoria e outros dados (tags, etc)

A blasfémia do dia (VI)

por Pedro Correia, em 18.02.06
Adivinha quem é este tipo de barba comprida que acabei agora mesmo de caricaturar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Notícias inúteis 5

por Pedro Correia, em 18.02.06
Lili Caneças esticou a pele da cara.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Notícias inúteis 6

por Pedro Correia, em 18.02.06
Lili Caneças não tem mais nada para esticar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Nós e os outros

por Pedro Correia, em 18.02.06
Abraço ao Francisco José Viegas pela simpática referência que nos fez n' A Origem das Espécies. Está cortada a fita inaugural, que augura muita cumplicidade bloguística nos tempos mais próximos.

Autoria e outros dados (tags, etc)




Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • xico

    "A Universidade de Coimbra caminha como dantes pel...

  • Anónimo

    Um animal omnívoro só pode comer capim,qualquer di...

  • Anónimo

    Saudemos a chegada da geração flocos-de-neve a Coi...

  • Anónimo

    Ó homem, você também é sempre do contra, nada do q...

  • Tiago

    Se uma vaca pesa pelo menos 500kg, e as cantinas c...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2008
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2007
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2006
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D

    subscrever feeds