Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Volta a Portugal

por Corta-fitas, em 28.01.08
O sr. Ministro da Saúde inaugurou uma nova prova desportiva nacional. Trata-se da Volta ao Portugal das Televisões. Não há um dia em que não esteja na RTP, na TVI, na SIC, na SIC Notícias. Só falta ir ao “Fátima Lopes”, ao “Portugal no Coração” e ao “Você na TV”. Lá chegaremos. O assessor que o sr. José Sócrates lhe enviou para o ajudar a educar as massas não tem mãos, nem telefones, a medir: água mole em pedra dura tanto bate até que fura, acreditam. Não há centros de saúde abertos? Há ambulâncias. As ambulâncias não chegam a tempo, porque na maioria dos casos os bombeiros são voluntários e não têm de estar vinculados a servir quem não lhes paga ou, sequer, os ouve? O Governo avançará com helicópteros. Há casos, como em Chaves, onde as ambulâncias não funcionam dois dias por semana porque os médicos, que fazem ali uma “perninha” depois de saírem dos hospitais onde trabalham, têm de descansar? Passa-se uma esponja por cima. E a comunicação social nem está a ouvir todo o país real. Como os políticos acreditam que tudo se resolve no telejornal das oito da noite, a castanha ainda há-de rebentar no saco dos votos do sr. Sócrates. Os portugueses são um povo de brandos costumes: aumentam-lhes os impostos, o pão, o leite, aldrabam-nos com as taxas de inflação durante 10 anos seguidos, e tudo aguentam. Só há uma coisa que lhes mete medo: a saúde. Porque sem ela nem sequer há força para encolher os ombros.

Autoria e outros dados (tags, etc)



4 comentários

Sem imagem de perfil

De Manuel Leão a 28.01.2008 às 17:11

Sr. Fernando Sobral:

Muito bem!

O "estado de graça" de 2 anos (record mundial), de que este governo gozou, já acabou. Começa a despontar, em Portugal, um embrião daquilo que poderá vir a ser "uma opinião pública". E nisso, os "blogs" têm sido muito relevantes quer directa quer indirectamente.

Quanto ao reparo do Sr. J. C., é bom que se diga que o papel de noticiar as coisas boas, tem sido cumprido com zelo pelo Sr. Sócrates. Até de coisas virtuais como os 150000 postos de trabalho ou os 2,1 de inflação! É justo que se diga que a RTP1 também tem tido um papel relevante, com as suas oportunas "Grandes entrevistas", as quais têm ajudado a lavar a roupa mais encardida. E o que dizer dos editoriais de João Marcelino, no DN? Ainda queria mais?
Sem imagem de perfil

De j.c. a 28.01.2008 às 14:06

Falta um detalhe, meu caro: porque é que a comunicação social não faz notícias sobre os casos que correm bem?

Passam as gerações e não passam os tiques. As coisas que acontecem normalmente, os casos que correm como se espera que corram, as pessoas que cumprem o que é suposto cumprirem, essas é que deviam ser noticiadas. Bom, mas bom mesmo, é que tudo fosse noticiado... excepto as notícias!
Sem imagem de perfil

De Fernando Antolin a 28.01.2008 às 13:21

Infelizmente parece que o General que chagou a cabeça a alguns dos nossos vizinhos aqui do lado,durante uma catrefa de anos,tinha alguma razão quanto à nossa "mansidão"...

Quanto ao estalar das castanhas,pois é, as que estalam,os "folachos", têem
que estar ainda mais secas e terem alguma humidade,nesta trêta de País nem sequer chove...
Sem imagem de perfil

De cristina ribeiro a 28.01.2008 às 10:39

Penso também que será por aí... ;e, convenhamos, eles têm deitado muita lenha na fogueira para que a castanha rebente ruidosamente.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Parabéns pelo texto. Excelente.Esta mulher, Clara,...

  • Branca de neve

    Pensa mal. A geringonça já providenciou a ditadura...

  • Anónimo

    1974, Setembro, LM:Antes de seguir para a cidade, ...

  • Anónimo

    Muito bem escrito.Devemos ter sido amigos e vizinh...

  • Sarin

    Porque nem sempre discordamos, permita-me partilha...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2008
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2007
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2006
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D