Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Défice de oposição

por Pedro Correia, em 19.02.08
O enorme défice de oposição ficou bem patente na ronda de reacções na SIC Notícias que ontem se seguiu à entrevista com Sócrates. Nenhum dirigente de primeiro plano se dignou falar, desperdiçando assim uma notória oportunidade de fazer passar uma mensagem ao País. Os que falaram quase só debitaram banalidades. Com destaque para a social-democrata Zita Seabra, que aludiu três vezes ao ar "triste" de Sócrates, obviamente por não lhe ocorrer nada melhor para dizer. Sócrates, por sinal, nem tinha ar triste. Ao contrário de Zita, que parece ser uma daquelas pessoas incapazes de sorrir. Já era assim quando assumia funções de "controleira" no PCP.

Autoria e outros dados (tags, etc)



4 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 20.02.2008 às 09:45

O PDSPDPSDPPSDP devia ter posto o Santana Lopes a reagir: arrasava o Sócrates.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 19.02.2008 às 18:46

A Zita é a maior... deixou de ser comuna quando foi pela primeira vez à Roménia ver a realidade comunista. O mesmo viria a acontecer aos outros uns anos mais tarde.
Sem imagem de perfil

De Cristina Ribeiro a 19.02.2008 às 18:22

Utilizando uma linguagem piscícola :), diria que o Primeiro está como um tubarão na água: todos os outros fogem, deixam-lhe o caminho livre, e o espaço para que possa chafurdar à vontade e morder nos que se lhe atravessam no mergulho; alguém falou num passeio pela Avenida da Liberdade, com tapete vermelho?
O vazio...
Sem imagem de perfil

De ergela a 19.02.2008 às 18:12

Concordo consigo Pedro,achei patética a reacção da deputada Zita Seabra de um populismo atroz,por aquilo que não disse, pode-se ver o nivel da actual oposição social-democrata, bem ao estilo de de PSL e Menezes.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anonimus

    País em que o debate dos transportes públicos se r...

  • Anónimo

    «Martinho Lutero, no Documento Adendo: Contra as H...

  • xico

    Das boas heranças que o comunismo deixou nos paíse...

  • Anónimo

    continua a guerra de trincheiras da I GM preferia ...

  • Anónimo

    ainda não percebi o que mrs entende ser a função d...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2014
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2013
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2012
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2011
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2010
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2009
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2008
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2007
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2006
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D