Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Segredos domésticos

por Cristina Ferreira de Almeida, em 30.03.08

Contaram-me em Moçambique as coisas terríveis que as mulheres fazem com os venenos para prender os homens. Diz-se que há casos em que os homens são envenenados durante anos. Há outros em que as doses se tornam mortíferas. Contaram-me de um português, oficial da Força Aérea, rapaz apessoado, que se meteu com uma moçambicana e ao cabo de um ano estava a pesar 40 quilos. Morreu pouco depois, de causa desconhecida. Mas a morte não é regra; a regra é os homens ficarem mansos e sem força de vontade para as enganarem. Diz-se que o segredo da mistura de venenos é ancestral e passado de mães para filhas. Diz-se que um professor de uma univerdade britânica conseguiu deitar mão a um desses preparados e levou-o para analisar. Até hoje, uma das substâncias não foi identificada.

Confirmei a potência do veneno esta manhã, num supermercado em Lisboa. Um homem de polo cor-de-rosa bebé, barriga proeminente e sapatilhas de vela que pareceiam incliná-lo para a frente empurrava um carrinho de supermercado cheio. À fente, uma mulher gritava: "- Não te disse para ires para a bicha do peixe? És mesmo inútil! Tenho que ser eu a pensar em tudo!".

Fui atrás dela pelos corredores, na esperança de detectar a substância desconhecida. Ou é tabasco ou Vim.



13 comentários

Sem imagem de perfil

De João Espinho a 30.03.2008 às 14:48

E para que serve um homem preso e manso?
Bom post.
Sem imagem de perfil

De cristina ribeiro a 30.03.2008 às 15:04

P4essoalmente, duvido muito que a Cristina quisesse ministrar esse veneno, pelo menos nessa dose tão radical, que, pelo retrato, parece imbecilizar totalmente a vítima :)
Imagem de perfil

De Cristina Ferreira de Almeida a 30.03.2008 às 16:00

Clarque que não, Cristina. Detesto serem domesticados, sejam filhos, homens ou gatos. O meu interesse era meramente científico :)
Sem imagem de perfil

De Anonimo a 30.03.2008 às 16:38

Hummm.... "O meu interesse era meramente científico :)"

Pois pois, tabem abelha...
Sem imagem de perfil

De jpt a 30.03.2008 às 16:35

é uma realidade, e apenas algum cientismo poderá basear a ironia subjacente
Imagem de perfil

De Cristina Ferreira de Almeida a 30.03.2008 às 16:40

Honra-me com a sua visita, Ma-chamba. Espero ter estado ao nível folclórico com que rotulou todos os jornalistas, excepto o Pedro Figueiredo.
Sem imagem de perfil

De jpt a 30.03.2008 às 18:02

não é uma mera visita habitual, o Quase em Português mandou-me um alerta não fosse eu cair, desavisado, nestas armadilhas ("água de coco", "água do Chiveve", "água do Umbeluzi", "chá de cueca", enfim muitos são os nomes)

nível folclórico? aqui estamos todos no nível bloguístico. depreendo que fala dos jornais. Se esteve não sei, não leve a mal que vai sem acinte mas não sei em que jornal escreve, não posso comentar sobre o que escreveu (fui ao google mas só me dá corta-fitas; fui ao público, por exclusão do dn que tinha a ana sá lopes cá, e deu-me lusa). Mas jornalistas portugueses em Moçambique confesso que lhe fogem os pés para os chanatos (xanatos?) - minha opinião, não só minha mas pelos outros não assino.

voltando atrás, estes produtos funcionam. talvez tenham outras explicações, mais sensitivas. cumprimentos (honra-me sabê-la leitora do ma-schamba)
Sem imagem de perfil

De Mike a 30.03.2008 às 23:30

Deve ser Vim. Tabasco não amansa...
Imagem de perfil

De Cristina Ferreira de Almeida a 31.03.2008 às 00:11

Não rejeito a parte científica, Mike, e experimentei as duas coisas nos periquitos. Acho que ambos funcionam.
Sem imagem de perfil

De Mike a 31.03.2008 às 00:14

Desgraçados... mas às vezes o que funciona em pássaros e ratos, não funciona nos humanos (risos)...
Imagem de perfil

De Teresa Ribeiro a 31.03.2008 às 15:22

Cristina, se chegares a alguma conclusão quanto à formula definitiva, avisa!
Imagem de perfil

De Cristina Ferreira de Almeida a 01.04.2008 às 00:43

Vou abrir candidaturas para voluntários. Depois digo-te, Cristina :)

Comentar post


Pág. 1/2



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Portugal está num processo de degradação acelerada...

  • Anónimo

    Na bicha, minha senhora, na bicha.Recusar colonial...

  • Luís Lavoura

    uma acção coerciva de uma violência brutal, sem cu...

  • Luís Lavoura

    Sim, Marina, as pessoas em Lisboa estão todas borr...

  • Anónimo

    https://observador.pt/opiniao/retorno-ao-normal-de...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2008
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2007
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2006
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D