Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A importância da memória

por Pedro Correia, em 14.03.08

 

Um livro: As Lições dos Mestres, de George Steiner. Sem dúvida uma das obras intelectualmente mais estimulantes que tenho lido nos últimos anos. Fala de assuntos velhos como o mundo: a capacidade de legar conhecimentos, a relação entre mestres e discípulos, o prazer de aprender, o comportamento tantas vezes dúbio dos detentores da sabedoria. Vem dos gregos, chega aos nossos dias.

É também uma arguta reflexão sobre as teorias pedagógicas contemporâneas, responsáveis por tanta deseducação à solta por aí. Neste aspecto, Steiner chega a ser brilhante.

Deixo-vos com um saboroso parágrafo, que transcrevo com a devida vénia da versão portuguesa da Gradiva (tradução de Rui Pires Cabral):
"Aquilo que sabemos de cor amadurecerá e desenvolver-se-á dentro de nós. O texto memorizado interage com a nossa existência temporal, modificando as nossas experiências e sendo dialecticamente modificado por elas. Quanto mais vigoroso for o músculo da memória, melhor protegido estará o nosso ser integral. O censor ou a polícia do estado não podem extirpar o poema memorizado. Nos campos da morte, certos rabinos e estudiosos do Talmude eram conhecidos como ‘livros vivos’ cujas páginas podiam ser ‘consultadas’ por outros prisioneiros em busca de um conselho ou de uma palavra de consolo. A grande literatura épica, a dos mitos fundadores, começou a declinar com o ‘progresso’ em direcção à escrita. Por tudo isto, a rejeição da memória no actual sistema escolar é de uma flagrante estupidez.”

Nem mais.



6 comentários

Sem imagem de perfil

De Netoscity a 14.03.2008 às 22:14

Passei por aqui por vi o Blog em destaque no Sapo.
Fiquei muito agradado pelo que vi e li.
Parabéns pelo bom Blog!
Sem imagem de perfil

De Cristina Ribeiro a 14.03.2008 às 22:21

Pela amostra é um daqueles livros-ensaio de que gosto: "sumarentos", que me fazem voltar atrás para melhor reter uma ideia, que passou um bocado desvanecida, precisamente por ser tão rico delas.
Há tempos li do mesmo Steiner um livrinho delicioso, onde discorre sobre a nossa civilização, "A Ideia de Europa", começando por identificar a cultura europeia com os cafés, como por exemplo o frequentado por Fernando Pessoa.
Sem imagem de perfil

De PALAVROSSAVRVS REX a 15.03.2008 às 05:34

Uma civilização, como a europeia, que, sendo tão buscada e tão modelo, mesmo do norte-americano culto, se rejeita a si mesma, se simplifica e facilita a si mesma, que transforma em porcos os homens para os quais foram geradas tão preciosas pérolas, é uma civilização que simplesmente já não se merece.

Quero mais Ilíada e mais Boccaccio e mais Petrarca, mais Milton e mais Camões, mais Moliére e mais Virgílio, mais Ovídeo e Cícero, mais Cervantes e mais Pessoa, assim, tal e qual, bem misturados e alternados porque são todos comum ADN nosso: caminhar ao arrepio disto será trágico. Fugir a estes nossos fundamentos e obras fundamentais e à sua memória experiencial de língua artística, de língua estética, o mais completo dos prejuízos.

Políticos de plástico no fundo só podem desprezar isto porque sempre desprezaram isto, mais agora, onde o técnico, e não o sábio, tudo determina. Steiner é ainda um reduto de lucidez para todos os europeus e, enquanto judeu, um mestre para os eurojudeus e que todos, em geral, deveriam conhecer a fundo, a fim de meditarem sobre o oceano de riquezas de onde provêm.


joshua
PALAVROSSAVRVS REX
Sem imagem de perfil

De C a 15.03.2008 às 09:42

Assim para lá de excelente. Por todas as razões e emoções que me cercam vou a correr tentar encontrá-lo e lê-lo.
Sem imagem de perfil

De joão melo a 15.03.2008 às 10:10

parece uma boa sugestão pedro .vou ler
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 15.03.2008 às 16:21

Agradeço os vossos comentários. Aos que ainda não conhecem este livro, garanto que gostarão de o ler.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Eu sou uma das parvas que le tudo e ha' dias estav...

  • Anónimo

    Pereira dos Santos,Para mim, é sempre agradável lê...

  • Anónimo

    Mendonça da Cruz,Breve e limpo.Continua no post de...

  • Anónimo

    José Mendonça da Cruz,Muito bem. Os comentários co...

  • Anónimo

    "Merdia" portuguesa, um imenso , ignorante , mas p...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2008
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2007
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2006
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D