Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




O tratado (II)

por Corta-fitas, em 15.03.06
A UE confronta-se com vários problemas práticos. É um gigante económico, com poder de influenciar a evolução em muitos países do mundo, mas continua um anão político; ficou famoso o caso do aeroporto palestiniano que os europeus pagaram e o Presidente americano inaugurou para a CNN. Além disso, a Europa é um espaço de livre circulação de pessoas, bens e capitais, tendo aprendido da forma mais difícil que esse princípio é incompatível com a existência de 25 políticas de justiça, outra tantas de energia ou de imigração, 25 forças armadas a consumirem recursos sem eficácia, 25 formas de combater o terrorismo. Em Portugal, quando se fala em políticas comuns nestas áreas, surgem argumentos extraordinários, nomeadamente de que isto é contra os Estados Unidos ou que também não temos políticas antiterroristas comuns com a Austrália (confusão com Áustria, que partilha com Portugal um espaço de livre circulação). Sobretudo, é visível que a cooperação entre países já não chega em nenhuma destas áreas, pelo que os tratados terão de ser alterados para permitirem avanços colectivos. Sem mudanças, estaremos indefesos na luta contra grupos terroristas que se movem no espaço europeu. Se nada for feito na defesa, por exemplo, a UE continuará a ser um anão político e não vejo qual seja a vantagem disso. Claro que a defesa comum não visa criar um desafio estratégico aos Estados Unidos, pela simples razão de isso não ser possível ou desejável (seria também demasiado caro). Acima de tudo, o reforço da segurança do seu aliado mais relevante constitui uma óbvia vantagem para Washington.

Autoria e outros dados (tags, etc)




Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Completamente de acordo . Para esta gente que apar...

  • Anónimo

    Este país não tem futuro.Está a ser vendido a reta...

  • Martim Moniz

    E qual é o nacionalismo certo?(o que diz que não d...

  • Anónimo

    Inventei um slogan para o corta-fitas: "Corta-Fita...

  • Luís Lavoura

    Não estou a ser irónico. Um apartamento em Lisboa ...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2014
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2013
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2012
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2011
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2010
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2009
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2008
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2007
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2006
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D