Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Dia de sombra

por Corta-fitas, em 15.07.07
O nível de abstenção é escandaloso. O eleitorado lisboeta deu hoje, no que diz respeito à democracia, ao futuro da Polis e ao destino dos seus cidadãos, um vergonhoso sinal de desinteresse e egoísmo. Bem podem alguns chamar-lhe cartão vermelho aos políticos, aos partidos ou ao que for. Não basta. O que explica esta fuga às urnas, num dia sem Sol, é tão somente a falta de civilidade. Depois da capital, segue-se o País. Democracia? Um dia destes, ainda nos arriscamos a acabar todos à sombra de outra coisa qualquer.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:



16 comentários

Sem imagem de perfil

De O Réprobo a 17.07.2007 às 11:18

E gostaria de dizer à Cláudia Ribeiro que, tanto quanto vejo, os dirigentes desse partido passam a vida a dizer que acreditam na Democracia. Quem não acredita de certeza sou eu, como muito boa gente que não entra em partidites...
Sem imagem de perfil

De O Réprobo a 17.07.2007 às 11:15

Se a Leonor me permite, sem querer dizer que toda a abstenção resulte disso, talvez em muitos casos se deva a não querer ser cúmplice de processos que repugnam cada vez mais...
Sem imagem de perfil

De Cláudia Ribeiro a 16.07.2007 às 21:06

Pois é... acho que o PNR tem motivos para lutar...

Acho que poucos acreditam na democracia...
Sem imagem de perfil

De Leonor a 16.07.2007 às 20:39

Não consigo compreender quem não vota e deixa que uma minoria decida os destinos da cidade (neste caso) por si. Ficam melhor servidos? Serve-lhes de alguma coisa?
Sem imagem de perfil

De O Réprobo a 16.07.2007 às 12:02

Jura! Jura! Jura!
Cada vez gosto mais da abstenção!
Abraço
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 16.07.2007 às 11:59

Eu sou Lisboeta e não fui votar de propósito. Foi a segunda vez e todas foram recentes.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 16.07.2007 às 11:12

"Bem podem alguns chamar-lhe cartão vermelho aos políticos, aos partidos ou ao que for. Não basta. O que explica esta fuga às urnas, num dia sem Sol, é tão somente a falta de civilização."

Permita-me a discordância. Não somos todos iguais, nem todos somos civilizados, nem todos temos a noção do dever, nem todos (não é preciso recordar-lhe as causas, pois não?) somos cidadãos informados e esclarecidos, etc, etc, etc,

E os políticos são civilizados?
cumprem com os seus deveres? exercem com empenho e competência os cargos que lhe são confiados?

que critério utiliza na apreciação que faz entre os eleitores votantes e os eleitos não cumpridores?

Se os nossos políticos se comportassem de outro modo, com sentido de responsabilidade pelo trabalho que lhes cabe - dando exemplo do que é a democracia e a civilidade, talvez V. Ex.ª tivesse um resultado abstencionista diferente do obtido.

Mas é mais fácil culpar e apontar o dedo ao povo. É culpado por escolher mal, quando escolhe, e por não escolher quando se abstém.

Os Srs. politicos que se dêem ao respeito, que sejam profissionais, que esqueçam os interesses individuais e, quando isso acontecer, falaremos de civilidade.

Desculpe o desabafo mas não há pachorra para mais depois do que nos é dado a assistir diariamente?


Ps: já foram apuradas as razões de tanta camioneta do país inteiro se deslocar a Lisboa no Domingo?
quer maior abenegação do que esta?
Sem imagem de perfil

De ariel a 16.07.2007 às 10:36

Completamente de acordo consigo João. Não há nada pior que a fuga às responsabilidades. E não me venham falar no lamaçal dos partidos políticos que é mais do que real. Há muitas formas de as pessoas fazerem sentir o seu mal estar. As pessoas é que não estão pura e simplesmente para se incomodar, dá trabalho pensar e decidir. Não têm qualquer legitimidade para apontar do dedo seja a quem for, uma vergonha.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 16.07.2007 às 09:32

E ainda falam no referendo ao tratado! Se aí para a eleição das cortes foi assim, como será para uma coisa tão "distante" como é a europa?
Sem imagem de perfil

De H.R. a 15.07.2007 às 23:47

Meus caros, isto é como eu digo razão tem Saramago (http://helderrobalo.blogspot.com/2007/07/razo-tem-saramago.html) ;)

Comentar post


Pág. 1/2



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anonimus

    País em que o debate dos transportes públicos se r...

  • Anónimo

    «Martinho Lutero, no Documento Adendo: Contra as H...

  • xico

    Das boas heranças que o comunismo deixou nos paíse...

  • Anónimo

    continua a guerra de trincheiras da I GM preferia ...

  • Anónimo

    ainda não percebi o que mrs entende ser a função d...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2014
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2013
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2012
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2011
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2010
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2009
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2008
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2007
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2006
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D