Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Inveja? Nem tanto...

por Teresa Ribeiro, em 26.02.08

Eduardo Barroso indignou-se com as repercussões que teve na opinião pública a revelação de que em 2007 foram pagos 23 milhões de euros a médicos e hospitais ao abrigo do programa de incentivos para transplante de órgãos. Presidente da Autoridade para os Serviços de Sangue e de Transplantação, agora demissionário, este ilustre cirurgião sustenta que os médicos que se dedicam ao transplante devem receber incentivos para trabalhar 20 horas por dia e prescindir de folgas aos domingos e dias feriados.

Esqueceu-se, porém, que estava a falar para um país de gente explorada e mal paga, que não raramente dá horas a mais no exercício da sua profissão e não recebe retorno em reconhecimento e muito menos em euros. E que desse país de que falo constam, inclusivamente, médicos que trabalham também aos domingos e dias feriados sem receber incentivos. E alguns, segundo notícias que vieram a público até integram equipas de transplantes!

Às primeiras reacções epidérmicas a este tipo de notícias logo salta o coro dos que acusam os portugueses de mal de inveja. Não sou eu que vou contestar esse traço, tão consensualmente reconhecido, no nosso povo. Mas nesta como noutras situações percebo que tal avaliação é precipitada e injusta.

É que há limites para o tratamento desigual e num país onde a assistência à saúde se degrada por alegada falta de verbas não se entende porque se disponibilizam fortunas para premiar apenas algumas – poucas – estrelas da companhia.



10 comentários

Sem imagem de perfil

De cristina ribeiro a 26.02.2008 às 11:38

Este é um daqueles socialistas de que falava Orwell: nada como ser um igual mais igual do que os outros...
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 26.02.2008 às 12:48

Um assunto que não tem nada a ver: não dá para aumentar o tamanho dos caracteres?
Noto que o blogue se tornou mais dificil de ler.
Sem imagem de perfil

De Francisco Fale a 26.02.2008 às 12:49

Deste senhor só espero que dê o exemplo e que doa, ainda em vida, um órgão para salvar uma vida, não custa nada e com os meios que há não há risco nenhum. Isto foi mais ou menos o que disse aqui há semanas.. Que o faça!
Sem imagem de perfil

De Manuel Leão. a 26.02.2008 às 13:28

Concordo com o post ".
Falar de inveja quando as desigualdades são tão "obscenas", é tentar mandar areia para os olhos ou tapar o Sol com a peneira.
Sem imagem de perfil

De Pável Rodrigues a 26.02.2008 às 14:08

Pois, mas na terra dos cegos, quem tiver um olho , mesmo que seja de vidro, é rei.
Agora a sério. Tudo bem, o homem até pode ser flor que não se cheire, mas eu tenho sempre receio que críticas a técnicos especializados e acreditados pelo seu trabalho, escondam sempre os famigerados complexos de esquerda, com que uns tantos pseudo intelectuais da nossa praça, ludibriam o povo para melhor o explorarem, em nome do chamado "estado social".
Sem imagem de perfil

De l.rodrigues a 26.02.2008 às 14:52

Ou seja, vale mais deixá-los roubar do que passar por, cruzes canhoto, de esquerda. Bela filosofia.
Sem imagem de perfil

De Manuel Leão. a 26.02.2008 às 21:49

Sr. Pavel :

Já comentei - não sei se neste "blog" - que não está em causa a competência. Fez parte de uma equipa chefiada por João Pena, e com grande mérito. Mas essa, é outra questão. Tudo tem limites.
Sem imagem de perfil

De Mialgia de Esforço a 26.02.2008 às 14:58

Coitado, agora vai ter que apertar o cinto! Espero que não lhe falte para os Cohibas e os Monte Cristo.
Sem imagem de perfil

De ruca a 26.02.2008 às 15:01

A Teresa é sortuda. Vi um post no domingo no blog pau para toda a obra dedicado a si com um gato de rabo único
Imagem de perfil

De Teresa Ribeiro a 27.02.2008 às 14:47

obrigada, Ruca, pelo aviso.´Não sabia. Vou já espreitar!

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Tanta tretaDe que falamos?Somos seres humanos ou m...

  • Anónimo

    Neste seu texto você parte de um pressuposto falso...

  • Jose Miguel Roque Martins

    Concordo. Essas importâncias, hoje para a seguranç...

  • Elvimonte

    A propósito de geografia.Os dois padrões das ILI -...

  • Anónimo

    Um conhecido constitucionalista esclarece a sua po...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2008
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2007
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2006
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D