Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A crónica perfeita

por Pedro Correia, em 22.12.07
É muito raro, mas acontece: por vezes encontramos a crónica perfeita. Eu encontrei: Niemeyer, 100 anos, de Roberto Pompeu de Toledo. Acabo de lê-la. Na Veja.



7 comentários

Sem imagem de perfil

De Pedro Correia a 23.12.2007 às 20:48

Tal e qual, J. C. (votos de um Natal doce aí pela terra)
Sem imagem de perfil

De j.c. a 23.12.2007 às 19:42

Inteiramente de acordo (acordo!) contigo, compadre. Apenas quis dizer que a 'Veja' é um excelente exemplo de que a língua portuguesa, quando bem usada por ambas as partes, não difere tanto quanto alguns pretendem. O que é mais uma razão para não unificar. Que ela prossiga de modo diverso entre os dois lados do Atlântico, pois as actuais tecnologias de comunicação por certo até se encarregarão de não desunir muito o que nunca chegou, afinal, estar muito desunido.
Sem imagem de perfil

De Pedro Correia a 23.12.2007 às 14:45

Concordo contigo, J.C. O problema destes acordos é que primeiro "unifica-se" a ortografia, depois pretende-se "unificar" a sintaxe, a seguir toca a "unificar" o vocabulário... e adeus diversidade, que é uma das maiores riquezas de qualquer idioma. Sou absolutamente contra este totalitarismo ortográfico concebido por um certo academismo bolorento. Os ingleses escrevem Pearl Harbour, enquanto os americanos escrevem Pearl Harbor. E não consta que se desentendam.
Sem imagem de perfil

De Pedro Correia a 23.12.2007 às 14:41

Um grande abraço, João.
Sem imagem de perfil

De Cristina Ribeiro a 23.12.2007 às 11:02

Quanta razão, Pedro.
E está certo também J.C.. No acordo ortográfico, o que me assusta não é esta escrita exemplar, mas o facto de quererem adulterar muitas das nossas palavras, de forma tal que me arrepia.
Seria um "ato" lamentável.
Sem imagem de perfil

De j.c. a 22.12.2007 às 21:17

A 'Veja' tem sido, há muito, o único lugar que me põe a desdramatizar o acordo ortográfico com os meus botões. Porque nela escreve-se bom português, uma utilização verdadeiramente esmerada da nossa língua. De tal forma escorreita que, excluindo um ou outro termo, um ou outro gerúndio a mais, muitas vezes não se percebe que é feita no Brasil.
Sem imagem de perfil

De joão severino a 22.12.2007 às 19:06

Olá Pedro. Segui o teu conselho e também gostei muito. Então, este ano ficas por cá? Temos de nos encontrar. Um Bom Natal, especialmente para ti com grande abraço.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • voza0db

    Este foi o comentário mais incongruente que li hoj...

  • voza0db

    Para Portróikal a Ryanair até é o ideal. Satisfaz ...

  • voza0db

    "o relançamento da TAP" terminará desta forma...ht...

  • Ana ☯

    Nem eu concordo com punições. Defendo a compreensã...

  • Anónimo

    Não julga. Sabe que não é assim. Veja o que a GB f...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2008
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2007
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2006
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D