Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Saudades do "nosso" Maestro

por João Távora, em 29.07.06
Estou chocado. Morreu hoje aos 79 anos o Maestro Jorge Machado de quem eu era amigo e admirador. Tocava piano no hotel Tivoli Lisboa há quase quarenta anos, coisa que considerava “um trabalho prazenteiro”. Quase sempre notava-se bem o prazer com que o que fazia.
Às vezes, no Terraço, tocava para mim Grappelli, Lloyd Webber e Bach. Depois, conversávamos muito sobre música. Sobre “o apreciar” desta divina arte. Sobre a vida dos músicos, sobre o seu teatro musicado e os seus musicais. Eu sempre lhe ia dizendo, não sem uma ponta de inveja, que nós, "os melómanos", éramos uns privilegiados, pois gozávamos com infinito prazer do valoroso trabalho dos grandes músicos, quase sempre “da poltrona” e com tão poucos incómodos. Ele ria-se. E agradecia sempre (não sei bem o quê).
Eu é que lhe ficarei para sempre grato por me ter tocado tanto com a sua simpatia e música no meu coração.



6 comentários

Sem imagem de perfil

De Carlos Leitão a 02.08.2006 às 16:47

Caros senhores,

para quem não teve o privilégio (que eu felizmente tive ao longo dos últimos seis anos) de lidar de perto com este Senhor, fique então a saber que homens destes já acabaram. Um dos melhores exemplos de amizade fraterna de um "avôzinho" que já não tenho, um dos melhores exemplos de postura musical, um dos melhores exemplos de humildade e de dignidade, um dos melhores exemplos de altruísmo e decência... O melhor exemplo de homem que encontrei no mundo da música (sem demagogia e com uma sincera tristeza de não o ter fisicamente connosco).

Um grande e forte abraço deste discípulo, admirador e amigo.

Carlos Leitão
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 31.07.2006 às 16:06

Caro João, chega um momento da vida em que começamos a ver desaparecer à nossa volta amigos e parentes. Uns e outros fazem falta, e tem-se a sensação de que entrámos no comboio descendente. Mas a evocação afectiva dos que partem (para onde, ninguém sabe, mas expressão prevalece) é intensa e de alguma forma estende-os laços, laços afinal jamais rompidos. A memória salva-nos e une-nos. Desculpa ter estado ausente ontem, mas não tive maneira. Um abraço, Vasco Rosa
Sem imagem de perfil

De Pedro Correia a 30.07.2006 às 18:39

François Craenhals, o inesquecível criador do Cavaleiro Ardent! Onde andará ele agora?
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 30.07.2006 às 17:04

Conheci-o no Stuart Bar - será que ainda existe? - na companhai, entre outros, de François Craenhals. recordámos, prazenteiramente, o tempo em que trabalhava para o Passeio dos Alegres, onde recebia - muito divertido - tratos de polé do então genial Herman José! Estou certo que, seja para onde o "amigo Machado" ternha ido, certamente o melhor dos pianos o espera!
José Abrantes
Sem imagem de perfil

De Pedro Correia a 29.07.2006 às 20:59

Eu ouvi-o no Hotel Mundial, que tem uma das salas de restaurante com melhor vista em Lisboa. Inesquecível.
Sem imagem de perfil

De Range-o-dente a 29.07.2006 às 18:38

"Tocava piano no hotel Tivoli Lisboa há quase quarenta anos, coisa que considerava “um trabalho prazenteiro”. "

Conheci-o, exactamente no hotel. Fiquei impressionado que já o fizesse há muito tempo. Foi há uns 20 anos.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Portugal está num processo de degradação acelerada...

  • Anónimo

    Na bicha, minha senhora, na bicha.Recusar colonial...

  • Luís Lavoura

    uma acção coerciva de uma violência brutal, sem cu...

  • Luís Lavoura

    Sim, Marina, as pessoas em Lisboa estão todas borr...

  • Anónimo

    https://observador.pt/opiniao/retorno-ao-normal-de...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2008
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2007
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2006
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D