Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A nossa babilónia

por João Távora, em 18.12.07
A barcaça marroquina abalroou a muralha do oeste “civilizado” com 23 desgraçados párias a bordo. Enquanto isso o bem nutrido e alucinado "consumidor", entretido nos centros comerciais, contrafeito, mal desvia o olhar das montras iluminadas de mil cores.
Construímos a nossa Babilónia e criámos uma grosseira ilusão de realização e auto-suficiência. No fundo, no fundo, todos reconhecemos a grande mentira com que nos sustentamos, mas recusamos indolentemente corrigir o curso da nossa história (a individual, que é a verdadeira), alterar um dedo a nossa cómoda perspectiva, desacomodarmo-nos um pouco que seja da nossa existência entretida e conformada.
De resto, ao ver a chocante fotografia de capa do Diário de Notícias de hoje, com um calafrio realizei como Jesus Cristo do Natal que estamos prestes a celebrar se encontra definitivamente “escondido” no emigrante repudiado. E como jamais O encontraremos com o barulho da encenação feérica dum qualquer agitado shopping suburbano.

Autoria e outros dados (tags, etc)



10 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.12.2007 às 19:23

O anónimo das 5.56 dava um belo cruzado!
Virgilio
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.12.2007 às 17:56

Cristo não está naqueles imigrantes ilegais porque Cristo não era muçulmano ! He he he !

Além disso, esta falsa hipocrisia de fingir que estmos todos muito afectados com os marroquinos que nos aterraram nas praias do Algarve... who cares ?

E na verdade, verdadezinha, podemos todos criticar o consumismo desenfreado que vemos por aí, mas não vamos todos estar a regalar-nos na noite de Natal à volta de uma bela mesa rechada de coisas boas e não vamos todos receber milhares de presentes ?

Oh ! João Távora ! E a vaidade não é o pior dos pecados ? E bater no peito sem cessar à frente de um blogue não é uma maneira de dizer a todos que somos muito bons e que temos uma consciência pura ?

Tudo isto é de uma hipocrisia que a única solução para acabar com isto era vê-lo a si, João Távora, a remar em direcção a Marrocos num pequeno bote para ver se percebe mesmo o drama de se ser marroquino, muçulmano, desempregado e ileagl...
Sem imagem de perfil

De AnaDD a 18.12.2007 às 12:39

E que pensar quando um deles afirma: "a má sorte persegue-me mesmo, eu queria era ir para Espanha e vim parar aqui!" Sem comentários.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.12.2007 às 12:05

Turquia na UE já!!!
Sem imagem de perfil

De moreno cabeleirero a 18.12.2007 às 12:02

Está a chegar mão de obra p'rá OTA.
Se for de má qualidade a ASAE trata deles.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.12.2007 às 11:46

O Anacleto tem seguidores onde menos se espera.
Sem imagem de perfil

De Pedro Barbosa Pinto a 18.12.2007 às 11:43

Se não tivessem sido apanhados, dois dias nesta Europa deviam ser suficientes para que tentassem regressar, arrependidos, a Marrocos.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.12.2007 às 11:26

O que é mais engraçado - mesmo bíblico - é que a primeira coisa que vamos fazer é leva-los a tribunal...

Outra coisa, os Portugueses não tem ainda a noção do que é imigração a serio...

Imagine Campo de Ourique TOTALMENTE habitado por Turcos ou Magrebinos.

Essa realidade não existe cá. Temos amalgamas mais ou menos diluidas... O mais próximo que temos é a Costa da Caparica ou a Tapada das Mercês..
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.12.2007 às 11:15

Engraçado como isto acontece há que tempos em Espanha, sobretudo nas Canárias, e foi preciso chegarem cá 23 para se dar por isso.

E parece que o Vitorino e o Barroso e o Sócrates andam lá pela UE a tratar destes assuntos...
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.12.2007 às 11:11

Para a próxima, os emigrantes clandestinos devem aportar ao Monte Estoril, onde serão acolhidos de braços abertos.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • maria reaça

    eu juro que tive pena daquele botão! Estava em sof...

  • Anónimo

    sou do tempo'fato roto, vida alegre'e da 'tonsura ...

  • Anónimo

    Para se ir onde o coração nos leva é preciso, prim...

  • Anónimo

    O SNS é uma tanga. Quem precisar duma operação bem...

  • António

    Decerto que me esqueci de mais. Nem o Fisco deve s...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2014
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2013
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2012
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2011
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2010
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2009
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2008
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2007
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2006
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D