Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Cooperação silenciosa

por Corta-fitas, em 16.11.06
Acabamos de saber que as reuniões semanais do Presidente da República com o Primeiro-Ministro duram aproximadamente duas horas e meia (!!!); que existe uma cooperação silenciosa entre Cavaco e Sócrates em que o primeiro dá opiniões ao segundo e este dá explicações...

Entrevista a Cavaco Silva, a decorrer na SIC-Notícias

Autoria e outros dados (tags, etc)



4 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 17.11.2006 às 09:57

Se o Sócrates dá explicações, deve declarar o que ganha no IRS, mainada.
Sem imagem de perfil

De cinderela-dos-pes-grandes a 16.11.2006 às 23:21

Cooperação SILENCIOSA???... De que falam, então?!
Sem imagem de perfil

De lurdes a 16.11.2006 às 23:03

Obrigado anónimo. Que grandes aldrabões!!! E depois dizem que não é propaganda
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 16.11.2006 às 22:36

Sócrates é um grande mentiroso. Não estou a difamar nem a ofender. Fundamento a afirmação.
O primeiro-ministro afirmou hoje que o desemprego, pela primeira vez desde há vários anos, baixou. É mentira. Quero ter o prazer de dar ao Corta-Fitas a verdade em primeira mão para todos os seus leitores. Sou funcionário do Instituto de Emprego e posso informar que a mentira é absolutamente vergonhosa e escandalosa. O que acontece é o seguinte: o Governo proporciona em cada semestre cursos de formação para os cidadãos desempregados. E quando 50, 60 ou 70 mil pessoas iniciam as acções de formação em todo o país, o governo ordenou que essas 70 mil pessoas fossem retiradas das listas de desempregados e consequentemente para as estatísticas esses desempregados contam como tivessem deixado de o ser, provocando assim a possibilidade de o Governo anunciar que o desemprego baixou. No entanto, durante a formação e no final da mesma essas pessoas continuam sempre desempregadas. O Governo pode com os números "verdadeiros" das listas sem as pessoas que estão na formação, realizar a propaganda que agora o PM veio fazer. Afirmar que o desemprego baixou quando o mesmo, na verdade, AUMENTOU.
Para os mais interessados podem consultar os dados da Construção Civil, onde no último trimestre ficaram desempregados 15 mil trabalhadores.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Leia-se "candente", mas pode ser também cadente!Ob...

  • João Távora

    Sábado todos os associados no respeito mútuo devem...

  • Anónimo

    Até qu'enfim que o João aborda este tema cadente! ...

  • maria

    Sugiro criar um Grupo dos Perguntadores Compulsivo...

  • Anónimo

    VIVÓ SPORTING!!


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2014
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2013
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2012
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2011
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2010
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2009
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2008
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2007
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2006
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D