Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Uma greve fascista

por João-Afonso Machado, em 14.09.17

Mesmo acompanhando os noticiários só de relance, deu para perceber que aqueles enfermeiros espalhados pelo País inteiro, em greve e vigília, não eram comunistas. Falta ali qualquer coisa: os controleiros, os megafones, a costumeira agressividade. Os enfermeiros têm as suas razões, se calhar têm toda a razão, parece que se sentem insultados pelo Ministro da tutela e dispõem ainda de Costa a fazer troça deles.

Por isso é que Costa, devidamente escoltado pelo PCP, tenta resolver o problema negociando com um único sindicato, por acaso afecto à CGTP, por acaso desapoiante da greve.

É o supremo paradoxo: as tropas de Arménio Carlos não promovendo manifestações anti-governo, o PS valendo-se delas, de olhos postos (todos) na aprovação do OE.

Poder, a quanto obrigas!

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



14 comentários

Sem imagem de perfil

De Alain Bick a 14.09.2017 às 22:19

deve ter sido por engano que o sindicato era afecto à UGT e deram uns segundos ao seu secretário geral


o beiçolas continua sorridente
o adalberto desapareceu
Sem imagem de perfil

De O SÁTIRO a 15.09.2017 às 23:50

Só comprova aquilo que as greves são desde 26/04/1974


instrumento politico do PCP............ou ps...


e conseguem intoxicar os pobres coitadinhos que acreditam no xuxialismo comunista  blá blá.....por mais controleiros k haja.....e já conheci vários desde a faculdade até aos  motivos profissionais
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 16.09.2017 às 14:24

"Falta ali qualquer coisa: os controleiros, os megafones, a costumeira agressividade"



Não viu as manifs dos enfermeiros, pois não?
Sem imagem de perfil

De Carneiro a 16.09.2017 às 21:34

no primeiro dia de greve, a RTP no noticiário das 9 da manhã teve em estúdio o dirigente do sindicato não grevista para "bater" na greve.
Seguramente uma estreia no jornalismo mundial.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 17.09.2017 às 18:29

É uma estreia mundial um telejornal ouvir o maior sindicato dos enfermeiros sobre uma greve de enfermeiros?
Sem imagem de perfil

De Carneiro a 17.09.2017 às 22:38

Quem diz que é o maior ?
Mas obviamente que o ponto nem é esse.
Tente outra vez.


Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.09.2017 às 09:45

Número de inscritos. E o ponto não é esse? É. A opinião do maior sindicato é, quer vc queira, ou não, relevante. 
Sem imagem de perfil

De Carneiro a 18.09.2017 às 11:13

Não. O ponto não é esse.
Tente uma última vez.
Se não acertar, chumba.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.09.2017 às 18:10

Desisto. Se não é a dimensão do sindicato, se não é a pertinência de ouvir o maior sindicato, qual é o ponto, ó professor Carneiro?
Sem imagem de perfil

De Carneiro a 18.09.2017 às 21:01

Nem o sindicato é o maior - porque as filiações são secretas, o que impede qualquer comparação.
E se não entende  porque ouvir o sindicato não grevista é o exacto ponto, só merece chumbar.
Tente a Escola Agrária da Castelo Branco.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.09.2017 às 22:19

As filiações no sindicato são secretas e não se sabe o número? LOL
Sem imagem de perfil

De Carneiro a 19.09.2017 às 11:28

tentou, tentou, mas não conseguiu desviar a conversa do essencial. Que foi o enfoque torcido da comunicação social ao serviço do governo.
Efectivamente as filiações sindicais são secretas para evitar represálias por parte das entidades patronais. Está na lei. Deixe de ser parvo.
Acabou a conversa.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 20.09.2017 às 09:37

Amigo Carneiro, vamos lá falar a sério. Uma coisa é a sua opinião sobre quem merece ou não ser ouvido, etc. cada um tem a sua opinião e está bem assim. Vale o que vale. Olhe, a mim incomoda-me muito mais a verborreia da dirigente da Ordem, essa sim, por todo o lado, numa questão que é sindical, não da Ordem. Mas outra coisa diferente da opinião é a sua ignorância. Que o SEP é o maior sindicato do setor é reconhecido até pelos outros sindicatos. Muitos dos enfermeiros de obstetrícia grevistas até são filiados nesse sindicato. E isso de a filiação sindical ser secreta e por isso não se saber o número de associados, é uma aberração. Um trabalhador não é obrigado a comunicar á empresa que se sindicalizou, mas isso é diferente. Obviamente, se a lei permite a actividade sindical na empresa (sabe disso?)  não tem sentido falar-se em secretismo. Entendeu agora ou quer um desenho? 

Sem imagem de perfil

De Carneiro a 20.09.2017 às 14:06

1. Amigo ?
2. O que o incomoda é o que menos me incomoda.
3. O ponto nunca foi "qual o maior sindicato". Aliás, aproveitando-se da confidencialidade das inscrições, os sindicatos da CGTP invocam números que toda a gente sabe serem impossíveis. Além do mais para garantir a ratio de delegados sindicais a tempo inteiro. Curiosamente, o "maior sindicato" não convocou a greve e a greve teve uma adesão quase total. Se o critério fosse esse, o "maior sindicato" já estava falido. Mas o ponto nunca foi esse. Eu sei lá qual é o maior sindicato. Ninguém conhece o número de inscritos. Os sindicatos alegam, mas não comprovam - como a lei lhes permite -  para não perderem os quadros com dispensa total de serviço. Escusa de agradecer a explicação.
4. Já que não descobriu o ponto - e repare que obrigar-me a explicar-lhe o ponto em causa é passar-lhe um atestado de estupidez, mas como se vê tentei a todo a custo evitar esta situação -, o ponto, dizia eu, é que perante uma greve em execução, o critério jornalístico não foi o de levar a estúdio um dirigente sindical que tivesse convocado a greve para explicar ao público as razões da greve - pois seria normal a curiosidade das pessoas sobre as pretensões  dos enfermeiros -, mas, ao contrário, levar um dirigente sindical de um sindicato que nada tinha a ver com a greve, apenas para criticar a greve. 
5. Já percebeu o ponto ? Já percebeu o enviesado critério jornalístico ? Já percebeu o favor que a Redacção da RTP  fez ao Governo ? Entendeu agora ou quer um desenho ?


Ah...acabou a conversa, caro Senhor. Isto já não tem por onde esticar. Fique agora aí a chamar os nomes que lhe apetecer e a tentar limpar a figura que fez que já percebi que é argumentista com queda para argumentador.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • José Mendonça da Cruz

    Ao menos aprenda a ler. Está lá escrito «Caixa», n...

  • Anónimo

    Para além das mortes, a maior destruição está nas ...

  • Anónimo

    Governo !!?? foi o Ministro do Governo PSD/CDS que...

  • loisas

    Acreditam que dar donativos ... assim... pelo mult...

  • Anónimo

    as elites!!!??? nadinha...destruíram o mundo rural...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2008
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2007
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2006
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D