Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Um raio de luz

por henrique pereira dos santos, em 10.05.17

Este artigo de Luis Aguiar-Conraria sintetisa o essencial do que defendo em matéria de sustentabilidade ambiental (por exemplo, nos posts sobre animais de companhia ou sobre a transferência de tributação do trabalho para o consumo) de uma forma muito mais sistematizada, informada e elegante do que alguma vez eu conseguiria fazer.

Este post, para além de celebrar o artigo, tem apenas como objectivo reforçar um aspecto de que o artigo só fala de raspão: uma solução deste tipo é a solução central para garantir uma economia mais sustentável ambientalmente, em que o consumo de recursos é mais taxado que o trabalho  ou o capital, gerando incentivos para uma maior poupança e um consumo mais racional e, naturalmente, um maior investimento em soluções ambiental e economicamente mais eficientes.

Green and competitive é o título do artigo, já com muitos anos, que provavelmente mais me aproximou desta visão da fiscalidade que hoje o Luis Aguiar-Conraria descreve neste artigo que, de caminho, resolve algumas das minhas dificuldades em perceber como se resolviam as objecções de injustiça social que me pareciam existir no que eu pensava sobre o assunto.

E green and competitive ainda é o slogan que me faria deixar de votar sempre por exclusão de partes e passar a votar para escolher alguma coisa que realmente valesse a pena por si, e não por ser a menos má das opções (que, em todo o caso, já não é pouco).

Autoria e outros dados (tags, etc)




Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Meus caros senhores João Távora e José Manuel Fern...

  • Anónimo

    Estou verdadeiramente estupefacto, sobretudo com o...

  • tá bem deixa

    Que chatice, nunca mais há greves das fidalguias m...

  • henrique pereira dos santos

    1) Nunca um concurso na função pública impediu a c...

  • Anónimo

    Essa empresa vai vender terrenos. Quem o disse foi...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2008
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2007
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2006
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D