Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Resposta rápida às propostas de Medina para Lisboa

por Maria Teixeira Alves, em 30.08.17

Imagem relacionada

Deixaram este comentário ao artigo do Jornal Económico sobre as propostas do candidato socialista para Lisboa , em que propõe, entre outras coisas, para fomentar o arrendamento de longa duração, "que seja reduzida a taxa liberatória de IRS que hoje os proprietários pagam quando têm uma casa arrendada, e que hoje está nos 28%, para 10%, para contratos de arrendamentos a 10 ou mais anos":

«Quer reduzir a taxa liberatória para contratos de arrendamento por 10 ou mais anos... mas ninguém lhe explicou que isso não existe? Os contratos são feitos por um ano, renováveis anualmente. Quem é o inquilino que se vai comprometer a ficar por 10 anos numa mesma casa arrendada?»

«Mais 200 Km de ciclovias... mas ele ainda não viu que as ciclovias estão às moscas? A taxa de utilização é baixíssima».

«Quer menos carros em Lisboa e aí está a conseguir. Vai haver menos carros às custas de expulsar as famílias de classe média da cidade».

.

Autoria e outros dados (tags, etc)



3 comentários

Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 31.08.2017 às 09:39

contratos de arrendamento por 10 ou mais anos... mas ninguém lhe explicou que isso não existe? Os contratos são feitos por um ano, renováveis anualmente. Quem é o inquilino que se vai comprometer a ficar por 10 anos numa mesma casa arrendada?

Eu tenho diversos inquilinos, incluindo em Lisboa, com contratos de arrendamento (feitos há pouco tempo - não são contratos antigos) de cinco anos, que já estão nas minhas casas há quase quatro anos, e que tencionam, todos eles, lá permanecer depois dos cinco anos (se eu deixar, naturalmente).

Nenhum inquilino se compromete, naturalmente, a ficar numa casa por 10 anos. A lei concede a todos os inquilinos a possibilidade de, a qualquer momento, se irem embora. Pelo que, nunca há nem pode haver compromisso. Mas, lá que há muitos inquilinos que querem ficar eternamente numa casa, há!!!
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 31.08.2017 às 09:42

Vai haver menos carros às custas de expulsar as famílias de classe média da cidade

Asneira. Quando uma família de classe média sai da cidade, passa a utilizar mais o carro do que quando vivia na cidade, porque em geral é difícil vir da periferia para a cidade sem ser de carro. As pessoas de classe média que vivem em Lisboa usam, em média, menos o carro do que vivem fora.
Sem imagem de perfil

De Eu também digo asneiras... a 31.08.2017 às 14:11

Tive um vizinho que após jantar ia de carro ao café beber o cafézinho + o bagacito. 
Nota: O café, fica a 150 m. de casa.
Nota: A casa é Lisboa.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • pvnam

    MOBILIZAR OS RESISTENTES PARA O SEPARATISMO!(manif...

  • XisPto

    Tem toda a razão. Nem vale a pena desmontar a falt...

  • Ricardo Sebastião

    Caro Henrique, podia colocar os  links para e...

  • henrique pereira dos santos

    Um dia encontrei o teu irmão João por acaso, mas a...

  • Anónimo

    "Ala" irresponsável do PS?*"O primeiro erro é semp...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2008
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2007
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2006
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D