Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Pulhas

por henrique pereira dos santos, em 03.10.17

"Ainda terá hesitado, até porque ainda não teria alternativas profissionais".

Depois de meses (anos) a fazer bulying sobre o suburbano de Massamá que empobreceu os portugueses por puro sadismo, faltava um requinte final na notícia da sua derrota: insinuar que só estava onde estava por falta de emprego alternativo.

Isto é, acima de tudo, uma pulhice, mas acessoriamente é profundamente estúpido dizer isto de uma pessoa que nos próximos dois anos, se quiser, tem o lugar de deputado assegurado, o que é tempo mais que suficiente para encontrar trabalho.

Há quem chame a isto jornalismo.

Eu acho que é só mesmo uma profunda estupidez associada à mais completa falta de carácter.

Adenda: Vejo que os dois autores da notícia retiraram a frase, o que só lhes fica bem, mas sem fazer qualquer referência ao facto e sem um pedido de desculpas, o que só lhes fica mal

Autoria e outros dados (tags, etc)



6 comentários

Imagem de perfil

De Luis Moreira a 03.10.2017 às 17:56

Vvendo bem as coisas se um político não tem emprego após seeis anos de primeiro ministro mostra ben que é um político sério. Os trafulfas têm todos os empregos do mundo. Ou a conta bancária cheia
Sem imagem de perfil

De tric.Lebanon a 03.10.2017 às 18:52

realmente...basta olhar o observador hoje, que os passistas de lá não ficam atrás...então no Blasfémia o Rui A...
Imagem de perfil

De João Távora a 03.10.2017 às 20:06

Onde foi isso publicado, Henrique?
Imagem de perfil

De henrique pereira dos santos a 03.10.2017 às 20:19

Foi publicado no Observador, João, mas, e bem, os autores da peça retiraram a frase depois de eu ter feito este post (de que lhes dei conhecimento por mail) sem que, no entanto, tenham feito menção a essa alteração.
Imagem de perfil

De João Sousa a 03.10.2017 às 21:09

Eu ando a questionar-me se temos uma democracia de facto ou se temos uma democracia meramente nominal. A Esquerda assaltou todo e qualquer recanto do aparelho estatal, mantendo as entidades reguladoras e organismos de vigilância da actividade governativa que ainda não foram tomados por ela sob uma constante barragem de assédio (basta lembrar, por exemplo, o autêntico bullying feito sobre Teodora Cardoso do CFP). A pessoa pouco confiável que ocupa a presidência da república rege a sua existência por dois únicos interesses: a sua augusta pessoa e assegurar a recoroação, nem que para isso tenha de alternar entre ser guarda pretoriano e ser câmara de ressonância de um conjunto de gente sem qualidades. O jornalismo, ao invés de cumprir o seu papel de relator da realidade e escrutinador do discurso político, tornou-se sem qualquer pudor uma brigada de choque na guerrilha política, viciando ainda mais um jogo já de si desigual.
Sem imagem de perfil

De O SÁTIRO a 03.10.2017 às 22:26

mais que estupidez..é filhodepu******ce


foi o que os media sempre fizeram sobre PPC...troika.....etc....


sempre...sempre branqueando a BANCARROTA XUXA--SOCRÁTICA

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Sabe o que é que me irrita tanto em Portugal? Toda...

  • Terry Malloy

    "O facto de [...] não ter comprado gambas no Corte...

  • João Sousa

    Mais do que lobby, a palavra que encaixa perfeitam...

  • henrique pereira dos santos

    Leia melhor o post, o que o post diz é que exactam...

  • Anónimo

    Não sei quando e de que forma é que Sócrates compr...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2008
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2007
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2006
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D