Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




madre-teresa-de-calcuta_lady-diana-princesa-de-gal

 
A Igreja celebra, na liturgia de hoje, Santa Teresa de Calcutá. Faleceu há precisamente 20 anos em 05 de Setembro de 1997, poucos dias após o trágico acidente de automóvel da Princesa Diana que a vitimou. Madre Teresa foi, talvez, no Sec. XX,  a maior testemunha do que é a Caridade. A sua obra é conhecida e reconhecida em todo o Mundo e fundou uma Congregação – “Missionárias da Caridade” – que deu e continua a dar continuidade à sua Obra. São muitas as intervenções públicas que fez ao longo da sua vida e recordo, muito especialmente hoje, esta sua afirmação: “Tudo o que não se dá, perde-se!”

Não por acaso, em 2012, a ONU instituiu o Dia Internacional da Caridade nesta data. Curiosamente, mas sem surpresas, a comunicação social (com excepção da Rádio Renascença) não faz hoje qualquer referência nem à efeméride, nem Madre Teresa de Calcutá nem ao Dia Internacional da Caridade. Por contraste, fomos inundados de notícias, artigos, reportagens sobre a Princesa Diana. Saliente-se que ambas se estimavam mutuamente e a Madre Teresa morreu quando se preparava para uma celebração em memória da Princesa Diana. Tenho, ainda que por motivos distintos, a maior estima por estas duas personagens; mas, confesso, sinto tristeza (e até alguma revolta) pela publicidade que a uma delas se faz e a condenação ao esquecimento relativamente à outra.

Autoria e outros dados (tags, etc)



6 comentários

Sem imagem de perfil

De Kataklismo a 06.09.2017 às 19:32

A razão é simples: uma era jovem e bonita, a outra era velha e feia.
Sem imagem de perfil

De O SÁTIRO a 06.09.2017 às 23:55

Sim é motivo para muita REVOLTA
apenas se confirma que os media são JACOBINOS, FALSOS, SECTÁRIOS, CORRUPTOS, TRESLOUCADAMENTE ANTI CATÓLICOS, DEFENSORES DA SELVAJARIA ISLÂMICA ( nunca dizem terrorismo islâmico em título....somente  TERROR)...


Mais revoltado ou talvez com profundo desprezo....quando se lê....como eu li....no blog ..." O novo Ateísmo"  um desgraçado mental chamar SANTA MADRE TERESA DE....sádica genocida...!!!!
parece inacreditável...mas o desprezo de muitos ateus é mesmo verdadeiro.. 
Sem imagem de perfil

De xico a 07.09.2017 às 12:34

A humildade e apagamento de madre Teresa também se mostrou na sua morte, que foi completamente ofuscada pela de Diana. Lembro-me até que na altura, uma anedota contar que Madre Teresa morreu para levar as malas de Diana para o paraíso.
Sem imagem de perfil

De Renato a 08.09.2017 às 14:04

"A humildade e apagamento de madre Teresa"? A Madre Teresa de Calcutá? Bem, independentemente do que se possa pensar da sua acção (não vou entrar nesse campo), a mulher estava em todo o lado, viajou bastante, recebeu imensas condecorações, adorava falar, apoiou os ditadores Duvalier e Henver Hoxha e outras figuras recomendáveis. Quer alguém humilde e apagado, na assistência aos pobres, por exemplo, na India? Tem de procurar alguém que nunca apareceu tanto e nunca recebeu tantas honrarias e muito menos foi ou vai ser santificado. 
Sem imagem de perfil

De xico a 10.09.2017 às 13:43

Confundir receber e abraçar qualquer pessoa, ditadores e criminosos, como deve fazer qualquer cristão, com apoiar as suas ações é todo um processo mental contra a mulher. O mesmo disseram os fariseus de Cristo, porque jantava com pessoas pouco recomendáveis.Toda a visibilidade que obtinha era em prol da sua causa. Recusá-la seria estultícia e falsa modéstia. Há sempre gente disposta a apontar as fraquezas dos outros, se foi fraqueza de madre Teresa, mas imitar-lhe a força, está quieto que estou bem no meu canto a falar dos outros.
Sem imagem de perfil

De Renato a 11.09.2017 às 09:43

Mas eu não falei na obra dela. Tenho a minha opinião, mas não a vou dizer aqui, porque a discussão seria interminável. Eu apenas me referi à suposta humildade e apagamento da senhora, o que não é verdade. Fala em abraços, por simples obrigação cristã? Não. Precisa que coloque aqui citações de elogios? 

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Meus caros senhores João Távora e José Manuel Fern...

  • Anónimo

    Estou verdadeiramente estupefacto, sobretudo com o...

  • tá bem deixa

    Que chatice, nunca mais há greves das fidalguias m...

  • henrique pereira dos santos

    1) Nunca um concurso na função pública impediu a c...

  • Anónimo

    Essa empresa vai vender terrenos. Quem o disse foi...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2008
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2007
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2006
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D