Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Estranha democracia a nossa...

por João Távora, em 03.09.17

O nosso sistema republicano faz com que o Chefe de Estado emerja da liderança de uma facção política - parece que é o que o pagode gosta, mas tal nunca foi comprovado. Nenhum dos nossos presidentes ou ex-presidentes o pretenderam disfarçar, muito menos após os seus mandatos, quando voltaram para o seio dos seus partidários sem se isentarem de intervenção sectária – Mário Soares foi disso o exemplo mais despudorado. Por isso Faz-me confusão as virgens ofendidas e a crítica cerrada à intervenção de Cavaco Silva na universidade de Verão do PSD pelos comentadores das TVs, unanimes, sem qualquer contraditório, diga-se.

Autoria e outros dados (tags, etc)



5 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 03.09.2017 às 16:16

Confusão não me faz nenhuma.
Tudo está a acontecer como seria de esperar, incluindo a manipulação dos mídia, Só agora, depois de Pedrógão, alguns deles começam tenuemente a demarcar-se.
Mas, mais graves, do que que as guerras entre partidos, são as traições dentro dos próprios partidos, os tirar de tapete e as críticas viperinas . A falta de unidade conduz a que "vendedores da banha da cobra" levem muitos na conversa, principalmente os mais desfavorecidos e/ou com menos capacidade para analisar a realidade.
Segundo consta, a história tem tendência para se repetir, parece que já assim foi com Viriato.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 03.09.2017 às 19:10

Até Soares conseguiu convencer o avençado Carlos do Carmo a dizer uma bacurada que o caracteriza ser um imbecil.
Referindo-se a Cavaco Silva - aquela coisa em Belém. Um homem que ganhou 5 eleições. Único.
Sem imagem de perfil

De bácoro a 04.09.2017 às 05:27

a dizer uma bacurada 



bacurada? Nunca comi!
Sem imagem de perfil

De João Sousa a 04.09.2017 às 11:40

Ver António Costa, vencedor de nenhuma eleição, dizer que Aníbal Cavaco Silva, vencedor de cinco (quatro delas com maioria absoluta) tem "saudades de um palco", inspira-me uma repugnância que nunca a era Sócrates me inspirou. Sócrates revoltava-me - Costa repugna-me da mesma forma que uma osga esmagada na sola do sapato.
Imagem de perfil

De monge silésio a 04.09.2017 às 12:04

O mais grave...é o facto de um povo dar maiorias absolutas a quem mal faz ao País ( no cômputo da História Sócrates e Cavaco prejudicaram o País, cfr. a máquina do Estado).

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Meus caros senhores João Távora e José Manuel Fern...

  • Anónimo

    Estou verdadeiramente estupefacto, sobretudo com o...

  • tá bem deixa

    Que chatice, nunca mais há greves das fidalguias m...

  • henrique pereira dos santos

    1) Nunca um concurso na função pública impediu a c...

  • Anónimo

    Essa empresa vai vender terrenos. Quem o disse foi...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2008
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2007
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2006
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D