Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




As Comissões de Inquérito querem mesmo saber do BES?

por Maria Teixeira Alves, em 09.10.14

Começam hoje os trabalhos de Comissão de Inquérito ao caso BES. Bem sei que ficou definido que, no prazo de dez dias, ou seja, até 19 de Outubro, os partidos terão de entregar requerimentos e pedidos de audição. Havendo 10 dias para que sejam apresentadas as pessoas que os partidos querem ouvir nesta comissão de inquérito. Mas até agora o que se ouviu é que se vai chamar os elementos da troika. Quer tudo saber quando é que a Comissão sabia que o BES teria de ser alvo de uma Resolução. O Bloco de Esquerda vai apresentar requerimentos para ouvir os membros da 'troika' na comissão parlamentar de inquérito ao caso BES, anunciou hoje a deputada Mariana Mortágua. Querem todos saber quando é que o Governo sabia, quando é que o Governador sabia. 

Mas pergunto interessa alguma coisa saber como chegou o BES até esta situação de ruptura? Como é possível que Ricardo Salgado não seja o primeiro a ser nomeado para uma Comissão de Inquérito ao caso BES? Como?

Mas alguém quer mesmo saber o que se passou ou querem arranjar pretextos políticos para tentar entalar o Governo?

Como é que não está tudo já a pedir aos banqueiros, Ricardo Salgado, Amílcar Morais Pires, Ricardo Abecassis Espírito Santo, e outros como Manuel Fernando Espírito Santo que era chairman da Rioforte e João Pena CEO para irem ao Parlamento. Como não chama o contabilista da ESI, Francisco Machado Cruz? Como não se chama o presidente do ISP, para saber o que foi feito nas companhias de seguros Tranquilidade, ES Seguros e BES Vida (atentem a esta)? Como não chamar os administradores envolvidos no caso Tranquilidade? Como não chamar os da PT, Zeinal Bava, Henrique Granadeiro, Luís Pacheco de Melo? Até diria mais, como não se chama Álvaro Sobrinho que contribuiu para a ruína do BES com os créditos marados no BESA? Mas  aonde é que pensam que o BESA se financiava para dar crédito? Como é que não convocam os que assistiram áquilo? José Maria Ricciardi já se disponibilizou caso quisessem para responder. Ou será que o caso BES, para os deputados, passa ao lado dos banqueiros da família? Se forem sérios, a troika, o Governo, o Banco de Portugal são os figurantes do verdadeiro caso BES. Ou no limite para chegarem a até eles, muitos inquéritos têm de fazer antes. 

Autoria e outros dados (tags, etc)



9 comentários

Imagem de perfil

De Maria Teixeira Alves a 09.10.2014 às 19:27

Não tinha visto, obrigada. Mas não pude deixar de me rir com isto de os deputados convocarem um morto. Lol
Apetece perguntar aonde é que estavam no 25 de Abril? Neste caso onde é que estavam em Março de 2014?
:)
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 09.10.2014 às 17:10

O senhor da fotografia está em liberdade por causa das leis que os senhores deputados que lá estarão não querem fazer. É por isso que este caso e o BPN existem e que a seguir virão outros como o da PT. Não estou a ver um país do mundo ocidental onde uma pequena parte deste caso (Panamá chega) não levasse logo à cadeia como preventiva e para evitar o alarme social. O problema é que o senhor tem dinheiro e é visto como uma vaca e o país já percebeu todo que há duas justiças.
Sem imagem de perfil

De Pedro a 09.10.2014 às 21:13

Maria, o que interessa ao Estado, em primeiríssimo lugar, é saber como se portaram instituições do Estado, no caso o Governo e o Banco de Portugal. Lógico.
Imagem de perfil

De Maria Teixeira Alves a 10.10.2014 às 13:23

Mas porque é que ninguém chama o regulador dos seguros? O ISP? Não consigo perceber. As Tranquilidade e BES Vida são pontos de passagem obrigatórios,
Sem imagem de perfil

De Pedro a 10.10.2014 às 14:40

Calma, Maria. Eu acho que consegue perceber muito bem, embora faça de conta que não, uma coisa tão óbvia: O Governo e o Banco de Portugal devem ser os primeiros a prestar contas. Seria inédito que alguém os considerasse apenas figurantes. Não se preocupe com a reputação do Governo e do Banco de Portugal. Existem para prestar contas, quando são chamados a isso. 
Sem imagem de perfil

De André Miguel a 11.10.2014 às 10:48

Mas porquê o Governo e o Banco de Portugal?! Continuamos com a mesma mentalidade pidesca de julgar que as instituições do Estado tudo controlam e tudo sabem? Só alguém muito ingénuo ou ignorante julga que é com auditorias de meia dúzia de dias que a coisa se descobre. Os auditores comem o que lhes põem no prato. Por isso a autora do post tem toda a razão.
Sem imagem de perfil

De Pedro a 12.10.2014 às 14:17

"Os auditores comem o que lhes põem no prato."



André, que você veja isso com essa negligência e descontração, é consigo, embora não deixe de ser extraordinário. Mas, se é como diz, eu quero saber porquê. Ou então declara-se já a irrelevância das entidades reguladoras, incluindo a mais importante no sector bancário, o Banco de Portugal, e do Governo. 
Sem imagem de perfil

De Rui a 17.10.2014 às 02:32

Diga isso às pessoas que compraram acções do BES na semana fatídica, confiando na palavra do supervisor. E enquanto alguns tubarões se safaram, porque tiveram acesso a informação privilegiada, o mexilhão tramou-se. A actuação do governo e dos supervisores deve ser escrutinada, sim senhor. Não são figurantes.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • José Mendonça da Cruz

    Ao menos aprenda a ler. Está lá escrito «Caixa», n...

  • Anónimo

    Para além das mortes, a maior destruição está nas ...

  • Anónimo

    Governo !!?? foi o Ministro do Governo PSD/CDS que...

  • loisas

    Acreditam que dar donativos ... assim... pelo mult...

  • Anónimo

    as elites!!!??? nadinha...destruíram o mundo rural...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2008
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2007
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2006
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D