Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Grandes contos (1): Hemingway

por Pedro Correia, em 01.10.06
Ernest Hemingway, que se tornou muito conhecido pelas suas proezas reais ou imaginárias na pesca, na caça e até na guerra, era afinal um indivíduo extremamente sensível, como demonstram vários dos seus contos - entre eles Um Gato à Chuva, que tem tradução portuguesa de Alexandre Pinheiro Torres (Livros do Brasil, Lisboa). Gabriel García Márquez considerou-o "o melhor conto do mundo". É uma singela história de cinco páginas, na melhor estética “minimal” de Hemingway - autêntico "mestre na arte do elipse", como bem assinalou Enrique Vila-Matas. Mas é quanto basta para nos proporcionar um dos mais perturbantes retratos de fragilidade feminina que já encontrei em literatura.
Um jovem casal americano hospedado algures em Itália. Têm todos os motivos para serem felizes. Todos? Talvez não. Pressente-se uma tensão subtil neste casal, revelada apenas no comportamento dela, subitamente identificada com a chuva que cai, com um gato desamparado que caminha à chuva. Há um jogo de contrastes nesta ficção povoada de personagens anónimas: o marido indiferente/o afável proprietário já idoso do hotel; a mulher pequena perante aquele homem alto que lhe provocava “um aperto na garganta”; a falta de desejo latente naquele quarto e a obsessão dela em resgatar o gato da chuva. (Desejo inconsciente de um filho que talvez acabe por nunca vir?) E, enfim, a presença obsessiva do dilúvio climático.
O rigor da meteorologia serve afinal de metáfora a este quadro humano tão singular mas também tão emblemático. Quantas mulheres terão sentido o mesmo “aperto na garganta” que esta americana vislumbrada pelo génio de Hemingway entre os pingos de chuva?

Foto: Michele Rain

Autoria e outros dados (tags, etc)



11 comentários

Sem imagem de perfil

De Pedro Correia a 03.10.2006 às 20:15

Ah, gosto muito desse blogue. É mesmo um dos que mais gosto.
Sem imagem de perfil

De Aninhas a 03.10.2006 às 15:54

Não seja por isso, não podemos ter os nossos Jornalistas de renome curiosos com as opiniões alheias. Refiro-me a um outro blog da minha preferência pessoal, o Astro Que Flameja.
Sem imagem de perfil

De Pedro Correia a 03.10.2006 às 13:29

Aninhas, fiquei curioso: a que blogue se refere?
Sem imagem de perfil

De ergela a 03.10.2006 às 12:00

Numa coisa concordo consigo não tenho o prazer de o conhecer por isso estou á vontade para dizer aquilo que disse no anterior post,porque tenho seguido o seu trabalho, e sei as pressões que existem a nivel das chefias nesse jornal assim como noutros.
Um abraço.
Sem imagem de perfil

De Pedro Correia a 03.10.2006 às 11:14

Caros leitores (que não conheço), agradeço os elogios que me fazem, mas considero-os imerecidos. E também, se me permitem, é injusta a apreciação que fazem do DN, um jornal que tem vindo a subir notoriamente de qualidade - como provam as citações diárias de que é alvo noutros órgãos de informação, designadamente na TV - e também nas vendas, como provam os números mais recentes.
Sem imagem de perfil

De ergela a 02.10.2006 às 13:40

Faço minhas as palavras do pedrito de portucale, para quando o "salto" do Pedro Correia para um orgão de C.S. a sério, ou pelo menos o reconhecimento mais que justo no D.N.

Um abraço
Sem imagem de perfil

De Hexagonista a 01.10.2006 às 23:18

e Paris, que é uma festa?
Sem imagem de perfil

De Pedrito de Portucale a 01.10.2006 às 22:46

Este artigo está genial. Não faço ideia o que Pedro Correia, um dos melhores jornalistas portugueses, faz no DN? Aliás, sei bem. Está a perder-se e a perder o seu tempo. Um DN cada vez mais governamental onde PC já devia ter, no mínimo, o cargo de director-adjunto.
Não será a altura de PC e de outros jornalistas (há tantos bons e desempregados) unirem-se e pensarem num projecto jornalístico semanal diferente de tudo o que existe? Por exemplo: um jornal que maioritariamente se dedique a Portugal e aos seus (muitos) problemas ligados à política, economia, cultura, sociedade e desporto. Há muitos investidores que gostam de coisas sérias e estão fartos de lobbies "expressos" e de "sol" de Outono...
Penso nisso a sério amigo PC
Sem imagem de perfil

De Aninhas a 01.10.2006 às 21:37

Que engraçado... este post parece mesmo uma "resposta" a um outro post, num outro blog...Fica a dúvida. Gostei!
Sem imagem de perfil

De Pedro Correia a 01.10.2006 às 17:02

Obrigado, Rantas. Tem tudo a ver...

Comentar post


Pág. 1/2



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Aventino

    Que pobre e miserável é o vosso povo.Aventino, ex-...

  • Anónimo

    A mim o que espanta é pessoas adultas terem passad...

  • O SÁTIRO

    depende meu caro...depende do plano de ação anual....

  • O SÁTIRO

    li, já não sei onde, que vieira da silva aprovou a...

  • O SÁTIRO

    nota se perfeitamente que os dois pombinhos estão ...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2008
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2007
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2006
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D