Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A propósito do dogma SNS

por João-Afonso Machado, em 05.02.13

Dois dados estatísticos, a começar: o Hospital Lusíada registou, em 2012, um aumento de 14% nas entradas nos seus serviços de Urgência, relativamente ao ano precedente; e o da Luz, também em Lisboa, uma média de 350 pacientes por dia, nesse mesmo 2012 e nesses mesmos Serviços.

Um facto, depois: à saída deste último estabelecimento particular, aliviada e satisfeita, uma utente explicava - o pai penara sete horas de espera em Vila Franca de Xira, aguardando ser atendido hospitalarmente. Ela aprendera a lição e daí a sua opção. Nada na sua aparência denotava a previlegiada situação de uma cidadã de posses acima da média. Pelo contrário.

E, nas suas palavras, em suma, apenas não se predispunha a calvários ditos "democráticos". Daí ter contornado o sacrossanto SNS. Sacrílega!!!

O assunto é sério e faz parte da "agenda" - a fatal terminologia dos profissionais da política... - na guerra ideológica que a Esquerda continua a querer desenvolver, não obstante o seu consumado naufrágio.

Todavia: o que está em causa é a saúde das populações. O tal direito que a ninguém pode ser recusado e - pretensamente - para tutela do qual foi criado o dito SNS. Esse estranhissimo designativo de outro elefante branco da República.

(Mário Soares que o diga!...)

O SNS existirá para o Povo. Mas não funciona. E, embora por defenição não existam para o Povo, os hospitais privados funcionam. E curam o Povo.

Por tanto, há que corrigir o que acima ficou escrito: a Esquerda ainda não naufragou; pelo contrário, o seu galeão navega soberanamente os mares da demagogia grassante.

Muito embora o SNS seja apenas uma sigla, ou um dogma esvaziado de conteúdo. Como se para "a sida" os únicos preservativos eficazes fossem os do Estado...

Autoria e outros dados (tags, etc)



5 comentários

Sem imagem de perfil

De jo a 05.02.2013 às 21:59

Os hospitais privados são pagos, não são para todos, são para quem os pode pagar.
Evidentemente se tirarmos meios ao SNS ele funciona pior e os hospitais privados terão mais clientes entre aqueles que podem pagar.
É esse o negócio que se está a desenvolver. Porque pensava que se estão a reduzir as verbas no SNS?
Teremos só a saúde que pagarmos, e se não pagarmos ... Aguenta! Aguenta|
Imagem de perfil

De João-Afonso Machado a 05.02.2013 às 22:40

Pensei que não se estavam a reduzir as verbas ao SNS. Pelo contrário, aumentando as taxas moderadoras...
Sem imagem de perfil

De jo a 06.02.2013 às 11:38


As taxas moderadoras estão tendencialmente a tornar o SNS tão caro para o doente como a medicina privada. E estão-se a reduzir meios no SNS.
Claro que se arruinarmos o serviço público o privado torna-se a menlhor opção. E até se gaba disso.
Se essa senhora que esperou muitas horas em Vila Franca de Xira tiver uma doença crónica de tratamento dispendioso (não lho desejo claro), como um cancro ou uma insuficiencia renal, por exemplo, só terá tratamento se o SNS lhe pagar, porque como não há mercado para eles os hospitais privados não lhe pegam a menos que sejam comparticipados, isto é pagos, pelo SNS.
Sem imagem de perfil

De zeca marreca a 06.02.2013 às 16:23

Ora nem mais.... E se vocemercê, como eu, só tiver um rim, não há seguro privado que lhe valha, nem que pague aos 5000€/ano, ou vai ao SNS, ou morre! É bonita a vida, pá!
Imagem de perfil

De João-Afonso Machado a 06.02.2013 às 20:26

E porque sobem as taxas moderadoras? Só para chatear ou para sustentar o SNS?

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • João Távora

    Não é necessário proibir, mas é importante não lib...

  • Anónimo

    O HPS também deve estar deleitado com a ideia do g...

  • Anónimo

    Que sinais pretende o Estado dar aos nossos jovens...

  • Anónimo

    Todos os que seguiam Jesus e doutrinavam, eram con...

  • Maria Teixeira Alves

    Passos é o melhor presidente do PSD das últimas dé...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2014
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2013
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2012
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2011
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2010
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2009
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2008
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2007
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2006
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D