Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O estado do país

por Maria Teixeira Alves, em 16.01.13

Pena que se transforme uma conferência de sugestões da sociedade civil para melhorar o país num caso político.

Hoje em dia é tudo política e até o jornalismo é política.

Talvez porque dá menos trabalho.

Pode considerar-se um exagero, ou uma má estratégia que poderá ter o efeito contrário ao pretendido, que os oradores tenham proibido os jornalistas de reproduzir as suas intervenções. Os oradores que não são políticos, não confiam nos jornalistas. É um sinal da desconfiança que se instalou nesta sociedade.

Na prática os jornalistas tiveram acesso a tudo, e verdadeiramente aquilo que iriam sempre reproduzir era a parte da conferência que sempre foi pública: Carlos Moedas e Pedro Passos Coelho. Mas o fruto proibido é o mais desejado e talvez por isso indignaram-se, e de repente até parecia que o que interessava mesmo aos jornalistas, não era nem o Secretário de Estado Adjunto, nem o Primeiro Ministro, mas sim o Augusto Mateus, o Miguel Lebre de Freitas, o Manuel Lancastre, o Gonçalo Reis, o Alexandre Relvas.... todos menos os mais importantes, porque, afinal, na participações destes a conferência era livre.

Não percebo a indignação, senão num contexto de quetudo serve para fazer oposição política.

Lembro que em Maio do ano passado, em Cascais, no encontro Empreendedorismo Inovador na Diáspora Portuguesa, um Conselho  para a Globalização, iniciativa promovida pela Associação COTEC, os jornalistas foram impedidos de entrar na sala onde decorria o encontro. Havia salas de imprensa e os jornalistas esperavam que as informações chegassem através dos assessores. Ninguém se indignou com isso. Mas nestes últimos dois dias esta conferência no Palácio Foz foi tema de notícia mais por causa das condições à entrada, do que pelo conteúdo do que lá foi dito.

Autoria e outros dados (tags, etc)



3 comentários

Sem imagem de perfil

De José Manuel a 16.01.2013 às 23:34

Mas a sociedade civil esteve lá? Numa conversa em familia para uns amigos convidados? A sociedade civil é muito mais vasta e diversificada do que aquilo-
Imagem de perfil

De monge silésio a 17.01.2013 às 00:04

Para ruído, bastam as Constanças, o Feicebúqui, o TóZé líder partidário e o bebé da vizinha; havia regras, regras que foram transmitidas, ...depois da porta mandam os que ... lá estão. Este direito não dá despesa, lute-se pelo mesmo ...pode vir a ser necessário defendê-lo na ponta do revólver.


 
Sem imagem de perfil

De Anónimo Veneziano a 17.01.2013 às 08:02

Suspeito que essa proibição não passou de um golpe publicitário para chamar a atenção para uma iniciativa pouco mais que irrelevante no momento que atravessamos. Ou alguém esperava que dali saísse a panaceia do regime?

 

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo II

    Mas se forem 38% dos PAF's já podem governar o paí...

  • Carneiro

    1. Amigo ?2. O que o incomoda é o que menos me inc...

  • JPT

    Ainda assim, parece-me menos absurdo do que o modo...

  • Anónimo

    Amigo Carneiro, vamos lá falar a sério. Uma coisa ...

  • Anónimo

    "Eu sei que parte desta ingovernabilidade viria di...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2008
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2007
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2006
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D