Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Aprender com os vizinhos

por Vasco M. Rosa, em 16.01.13


Iñaki Azkuna, alcaide de Bilbao, um município sem dívidas, foi entrevistado este passado domingo na última página do El País, que é jornal que não parece ser lido por aqui... Pois se o fosse, não dexariam de ser notadas as seguintes declarações, que aqui publico à atenção dos meus amigos monárquicos e também daqueles que gostam de brincar aos republicanismos. Nem traduzo, para que seja absolutamente fiel -


Soy persona respetuosa com la Monarquía. No soy monárquico pero antes de cambiar las cosas en España hay que pensarlo dos veces. Conozco muy bien la historia de España y realmente el país no está para muchas zarandajas ni para hacer tonterías. Dejemos estar lo que está bien.


Já nós, é bem o contrário...

Autoria e outros dados (tags, etc)



4 comentários

Sem imagem de perfil

De Pedro a 16.01.2013 às 13:08

Concordo com o tipo. Há quem queira mudar e voltar á monarquia, referendos, etc. Juizo, que há coisas mais importantes a tratar, sem andar a brincar a mudanças de regime. A Espanha tem imensos problemas: um desemprego alto, crisé bancária e imobiliária, muita gente cada vez mais pobre, etc, e não é a monarquia, por ser monarquia, que evitou isso ou resolve isso. Mas lá não brincam às mudanças de regime. "el país no está para muchas zarandajas ni para hacer tonterías" Por supuesto, Don Iñaki.
Imagem de perfil

De Vasco M. Rosa a 17.01.2013 às 11:52

Aí está! Pedro certamente desconhece que em espanha há uns finórios que proclamam a mudança de regime. O alcaide republicano diz que a monarquia está para ficar. Por cá, a questão do regime é inversa: a república não serve, Cavaco e anteriores são figuras sem préstimo nem carisma, e é precisamente esse carisma do seu rei e da casa real que o alcaide espanhol elogia. Diferente, não acha?
Sem imagem de perfil

De Pedro a 17.01.2013 às 17:55

Dois pontos, Vasco:
Há reis com carisma e sem carisma e presidentes com e sem carisma. Assim como há candidatos a rei com carisma e sem carisma. A questão não é de regime, obviamente. Em Portugal quero escolher o meu candidato, ver eu próprio se tem ou não carisma, entre vários à escolha. Aprsentem a eleições vários pretendentes ao trono, e logo verei. Para mim, o vosso actual pretendente não tem carisma.
 
Em Espanha, o suposto carisma do rei e a sua universal aceitação pelos espanhóis não "finórios" (real ou suposto por si), não provoca boa governação.  Como é óbvio e se verifica. Você seria o primeiro a atacar as politicas do PSOE, se este estivesse no poder, como tantos o fizeram. A degradação da moralidade, promoção da homossexualidade, o socialismo gastador, etc.
Imagem de perfil

De Nuno Castelo-Branco a 17.01.2013 às 16:56

Vasco, estou plenamente de acordo com o sr . Iñaki Azkuna , até porque para Portugal, a última coisa que deveremos desejar é qualquer tipo de perturbação em Espanha. Se a relação com Madrid é sempre difícil, imaginem o que seria termos de lidar com pseudo-nações furiosas por tudo e por nada e com os seus sátrapas em bicos de pés, ameaçando-nos com boicotes de livre trânsito de mercadorias, transvases de águas, etc , etc. Esses neo-nacionalistas seriam capazes de tudo. Aliás, no Estado espanhol, apenas podemos ter confiança em duas pessoas: no Rei que aqui viveu e se desfaz em amabilidades para connosco e na Rainha que não é espanhola. Tudo o resto é o que se sabe, basta limar o verniz das unhas e logo surge o sabugo do Duque de Alba. 


* Acho piada a "ninguém ser" monárquico em Espanha. Todos se dizem apoiantes da situação da Monarquia, mas ressalvam a sua condição de republicanos. Parece que o sr . Laffayette tinha razão: "a Monarquia é a melhor das repúblicas". 

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2008
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2007
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2006
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D