Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Cantinho de escárnio e maldizer

por Luísa Correia, em 19.12.12

Já li algumas biografias de Churchill e todas elas me souberam a pouco; ou seja, o percurso do biografado nem sempre terá correspondido às expectativas que o seu nome, a sua reputação e algumas das suas palavras ditas e escritas tinham criado em mim. O programa televisivo que vi ontem sobre o seu comportamento para com uma Polónia aliada e agredida é a gota que me leva a esvaziar aqui o copo da latente decepção.
Churchill foi, tanto quanto posso ajuizar, um homem corajoso, um excelente soldado, e um homem perspicaz, bom analista de personalidades. Mas, à semelhança do que tenho visto suceder a gestores e estadistas britânicos, di-lo-ia estratega medíocre, fraco planeador, e intransigente, implacável mesmo, no que considerava, de forma mais impulsiva do que racional, ser a melhor defesa dos interesses do seu país, com prejuízo, se necessário, dos sentidos de equilíbrio, de honra e de humanidade. O fracasso dos Dardanelos, a traição dos polacos e o bombardeamento de Dresden ensombram-lhe o retrato, não havendo sucessos pessoais estrondosos que o iluminem - a guerra, convenhamos, foi ganha pelos americanos! É certo que lá vejo - e é um gentil retoque fotográfico - um casamento feliz de seis ou sete décadas. Defendido, este sim, com a apuradíssima visão estratégica que lhe faltou na política, à custa de longas ausências e férias separadas: é que cônjuges que mal se encontram, podem esquecer que existem... mas lá cansar, não cansam.

Autoria e outros dados (tags, etc)



18 comentários

Sem imagem de perfil

De Z a 19.12.2012 às 17:40


Luísa,

entre a derrota da França e a entrada da América na Guerra, Churchil, contráriando a opinião de parte do Gabinete e de muitos deputados, recusou sempre tentar negociar a paz com a Alemanha.

Entre 1933 e 1939 WSC foi o único politico inglês a atacar o enfraquecimento militar de Inglaterra e da França.

Se é verdade que cometeu erros, penso que é errado desprezar a sua capacidade para empurrar a Inglaterra para a defesa da Europa.
Sem imagem de perfil

De Antonio Vaz Tomé a 19.12.2012 às 18:42


Cara Senhora,
"...a guerra, convenhamos, foi ganha pelos americanos!" ???? - anda a ver muitos filmes do general Patton. A Guerra foi ganha na frente leste onde a Alemanha tinha instaldo 3 ou 4 x o potencial bélico da frente ocidental.
Imagem de perfil

De Luísa Correia a 19.12.2012 às 18:57

António, a dúvida está em saber se, apesar do sacrifício de milhares de russos, a frente leste terá sido verdadeiramente ganha por estes ou simplesmente perdida pelos alemães. Parece que perder é o que geralmente acontece a quem se aventura por aquelas estepes.
Imagem de perfil

De Luísa Correia a 19.12.2012 às 18:45

Concordo inteiramente com o que escreve, Z, no sentido de que Churchill era corajoso e perspicaz. Sempre percebeu bem quem era Hitler e quem era Estaline. Mas isso não invalida o facto de que ele sozinho, apesar da sua oratória, da sua persistência e da sua capacidade mobilizadora, nunca teria ganho a guerra. Nem nega a extrema e gratuita dureza de algumas das suas opções. A História branqueia muito o cadastro dos vencedores.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 19.12.2012 às 22:56

Luisa,

é verdade que muito do mal dos aliados foi "apagado". Os bombardeamento tapete, os julgamento de Nuremberga, para já não falar dos Soviéticos na frente leste.

Mas de facto não havia muito que WSC pudesse fazer em relação à Polónia ou à Europa do Leste. Truman preferiu  sempre não confrontar Estaline e humilhar os ingleses. Parece-me que neste campo culpamos sempre WSC e nos esquecemos de que quem mandava realmente era os americano e os soviéticos.

Não digo que a Luisa não tenha razão em algumas das suas criticas. E não há dúvida que WSC é muitas vezes elevado aos céus com bastante exagero.

Porém parece me exagero dizer que não há sucessos pessoais a assinalar. Garantir que os Ingleses se mantivessem sózinhos na guerra, garantir que todo um páis se sacrificasse para aguentar a mesma, montar o melhor sistema de decifração da guerra, não me parecem coisas menores.

Sim WSC falhou muito, mas dificilmente a guerra teria durado até aos americanos entrarem nela sem ele. Provavelmente Hitler até poderia ter ganho na URSS ou poderia perder. A vdd é quem sem o esforço britânico, que levou a intervenção americana na Europa, era provavel que só a Alemanha ou só a URSS domisse a Europa no fim da guerra. E isto não me parece uma coisa menor.
Imagem de perfil

De Luísa Correia a 20.12.2012 às 02:16

Caro Anónimo, o meu problema é não conseguir perdoar aos ingleses a questão do Mapa Cor-de-rosa. É uma coisa epidérmica. ;-)
Sem imagem de perfil

De Octávio dos Santos a 20.12.2012 às 15:20

Não consegue perdoar aos ingleses a questão do «Mapa Cor-de-Rosa»... que não envolveu qualquer dano físico, pessoal ou material, mas sim uma - enorme, sem dúvida - humilhação nacional. Porém, segundo a mesma lógica, sem dúvida que muito menos poderá perdoar aos franceses, que nos invadiram, mataram e roubaram. É assim?
Imagem de perfil

De Luísa Correia a 20.12.2012 às 15:45

Quase, Octávio... Mas os franceses não tinham qualquer aliança conosco, como tinham os outros. Por outro lado, os franceses viviam sob o império de Napoleão, enquanto que os outros, sob uma suposta democracia. E já agora, se falamos em roubar, haveria muito que especular...
Sem imagem de perfil

De manuel.m a 20.12.2012 às 00:02

Traição aos Polacos ? Refere-se certamente ao resultado de Yalta em que foi verdadeiramente FDR que entregou a Polónia aos sovieticos .Segundo a simpática Luísa , os britânicos deviam ter continuado a guerra sozinhos ,desta vez contra os russos.Simpática mas pouco avisada .
Imagem de perfil

De Luísa Correia a 20.12.2012 às 02:11

Manuel, tanto quanto se sabe, o estado de saúde de Roosevelt em Yalta já não lhe permitiu grandes negociações com Estaline. Só Churchill teria essa capacidade. De resto, a alegada traição de Churchill já vinha de uns anos antes, da altura da descoberta dos massacres de Katyn e da morte misteriosa do general Sikorski.
Sem imagem de perfil

De manuel.m a 20.12.2012 às 16:35

Torna-se dificil perceber o que pretende dizer quando afirma que a "traição" de WSC vem dos tempos do massacre de Katyn . Ora , e puxando um pouco pela memória , é irrefutavel que no seguimento do Pacto de não agressão Germanico-Sovietico a Alemanha e a URSS simultaneamente invadem e partilham a Polónia ,e é no território ocupado pelos russos que estes cometem os massacres das fossas de Katyn já em 1940 ( e que só foram conhecidos em 1943) .
A Inglaterra tinha em Setembro de 1939 declarado guerra à Alemanha ,e a menos que a simpática Luísa ache que que também o deveria ter declarado à URSS ,não descortino como pode  WSC ser acusado de "traição" .
Alás , diz também que Roosevelt em Yalta já não tinha saúde para enfrentar Estaline ,mas  então Churchill o que não tinha era poder para tal  e é risível afirmar o contário .
Imagem de perfil

De Luísa Correia a 20.12.2012 às 20:08

Manuel, eu não discuto as razões de Churchill. Apenas entendo que qualquer entidade que se cale sobre massacres perpetrados contra um aliado fiel, e aceite passivamente que o mesmo seja riscado do mapa, está, objectivamente, a atraiçoar esse aliado fiel. WSC tinha alternativa? Talvez não; não sei. Mas não é isso que pode por em causa a justa aplicação do substantivo "traição".
Imagem de perfil

De Rui Crull Tabosa a 20.12.2012 às 01:27


Curioso mesmo é ninguém lembrar os três milhões de indianos que Churchill intencionalmente condenou a morrer à fome em 1943, o que demonstra bem como é poderoso o 'estorismo' politicamente correcto.
Já aqui escrevi sobre esse holocauso (http://corta-fitas.blogs.sapo.pt/4056293.html), que, apesar de já conhecido, não parece incomodar quem normalmente enche a boca com os 'Direitos Humanos'. Enfim, uma duplicidade que não me surpreende. E, cara Luísa, naturalmente que este meu desabafo nunca a incluiria a si, que bem lembro o genocídio de mais de 200 mil refugiados em Dresden, a escassos três meses do fim da guerra, perpetrado durante 2 dias e 2 noites, continuamente, sem que a cidade representasse qualquer objectivo militar.
Imagem de perfil

De Rui Crull Tabosa a 20.12.2012 às 01:29

onde se lê "que bem lembro...", leia-se "que bem lembrou..."
Sem imagem de perfil

De generosa a 20.12.2012 às 08:59


SÓ FALTAVA ESTA!
QUEM SÃO OS SEUS HERÓIS ?
Imagem de perfil

De Luísa Correia a 20.12.2012 às 09:49

Tenho muitos heróis, Generosa, mas não são gente conhecida. ;-)
Imagem de perfil

De Rui Crull Tabosa a 20.12.2012 às 12:12

Belíssima resposta...

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Bergolio

    Bergolio ??Nunca comi.Balha-me Nossa Senhora e os ...

  • Josephvss

    Faz me Lembrar O Papa Bergolio & a FSSPXPS: So...

  • Fernando S

    Muito bem visto, ehehehe !!...A educação, os estud...

  • A mim não me engodas...

    Finalmente, os defeitos que atribui aos monárquico...

  • Renato

    JS, mas onde é que vai buscar essas frases? Note q...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2008
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2007
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2006
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D