Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Anna Karenina

por Luísa Correia, em 09.12.12

Aí temos mais uma adaptação cinematográfica do grande romance de Tolstoy, Anna Karenina. Uma adaptação "sui generis", porque enquadra a representação num palco de teatro, mas um palco móvel e versátil como só o cinema o poderia fazer. Para meu gosto, o filme recorre, em demasia, aos artifícios de um musical e aos excessos caricaturais de uma farsa. E se consegue transmitir ao espectador a tensão crescente do drama, tem apontamentos que lhe retiram dignidade: apontamentos de um simbolismo ou efeito duvidosos, que seriam dispensáveis. Como é regra, não me parece que esteja ao nível da obra inspiradora. Diria, ainda assim, que é coisa de "encher o olho", não obstante a falta de polpa da heroína, interpretada pela frágil Keira, e o jeito efeminado do seu Vronsky.  A exuberância do cenário e a densidade da atmosfera são quase convincentes; e a leitura do realizador, no mínimo, agradavelmente polémica. Vão ver e digam-me de vossa justiça.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:



3 comentários

Sem imagem de perfil

De xico a 09.12.2012 às 23:52

Por coincidência vou a meio do livro cuja leitura há muito adiada, iniciei agora. Parece-me o livro ser uma afirmação muito forte das ideias sociais e políticas de Tolstoi. Do que vi da apresentação parece-me mais interessado no glamour da vida aristocrática urbana do que a campestre que é tão magnificamente evocada no livro e do interesse de Tolstoi pela reforma social dos camponeses. Sinceramente não me deu interesse em ver o filme.
Sem imagem de perfil

De xico a 09.12.2012 às 23:57


Olhando para a actriz na imagem, não me parece ser o ideal de beleza de uma mulher daquela época. Demasiado anorética. E, não sendo especialista, parece-me a caracterização, quer da maquilhagem quer do penteado e jóias muito pouco semelhante à da época. Parece saída de um reveillon de um qualquer hotel de luxo novaiorquino.
Imagem de perfil

De Luísa Correia a 11.12.2012 às 20:03

Xico, o filme perpassa por todos os assuntos com a ligeireza a que obrigam as suas curtas duas horas. Alude à bondade da opção campesina, mas não a aprofunda, claro. A Keira é uma actriz intensa, mas falta-lhe a envergadura física com que imagino uma Anna Karenina. O mérito do filme é, na minha opinião, cenográfico: é um filme visualmente muito interessante.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Aventino

    Que pobre e miserável é o vosso povo.Aventino, ex-...

  • Anónimo

    A mim o que espanta é pessoas adultas terem passad...

  • O SÁTIRO

    depende meu caro...depende do plano de ação anual....

  • O SÁTIRO

    li, já não sei onde, que vieira da silva aprovou a...

  • O SÁTIRO

    nota se perfeitamente que os dois pombinhos estão ...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2008
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2007
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2006
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D