Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A antítese da demagogia

por Maria Teixeira Alves, em 29.11.12
Pedro Passos Coelho em entrevista:
"Sem rever [o Estado Social] é muito difícil cortar na despesa"

Autoria e outros dados (tags, etc)



8 comentários

Sem imagem de perfil

De Tá bem, tá a 29.11.2012 às 08:54

"O PSD acha que o aumento de impostos que já está previsto por este Governo (demissionário e liderado pelo socialista José Sócrates) e no documento que assinámos com a 'troika' da União Europeia e do Fundo Monetário Internacional já é mais do que suficiente. Não é preciso fazer mais aumento de impostos", disse Pedro Passos Coelho, à margem de uma visita ao distrito de Vila Real, no qual é cabeça de lista dos sociais-democratas.

Dos jornais de Maio de 2011
Sem imagem de perfil

De carneiro a 29.11.2012 às 10:58


Aliás, o cerne da dramática crise que vivemos deve-se apenas e exclusivamente às mentiras de Passos Coelho. Em especial, na parte, em que o Passos Coelho desatou a mentir e a dívida pública duplicou em 6 anos, ou na parte em que o Passos Coelho desatou a mentir e o país ficou pejado de auto-estradas que ninguém usa e de estádios de futebol insustentáveis. E de milhões de rotundas.

O cerne de todos os nossos problemas é, obviamente, o Passos Coelho que é um grande mentiroso.

Dito de outro modo: se o Passos Coelho não tivesse mentido sobre o aumento dos impostos, estávamos todos no reino do desenvolvimento, da fartura e do crescimento do ToZé. E, em vez deste orçamento, a AR teria aprovado uma Lei  com força constitucional a decretar a obrigatoriedade da felicidade e da riqueza.

E, agora, vamos todos ao circo com o palhaço e o pai natal. Mas não levamos o coelhinho que ele é muito mentiroso...
Oh amigo, sabe o que é dar sangue ? 
Sem imagem de perfil

De E enganar o leitorado? a 29.11.2012 às 12:03

O sr. (letra pequena) sabe o que é? Obviamente que não sabe.

E sim , já dei sangue. E sim, fiz hoje mesmo um donativo no multibanco para o BACF.
 
Mais alguma coisinha?
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 29.11.2012 às 15:23


Então se já deu e se sabe como é, vá dar outra vez, pá.
Porque a sua mensagem já está mais do que cristalizada, na cor e na consistência: a culpa é do Passos Coelho que é um grande  mentiroso.  Se ele não fosse mentiroso, não haveria problema algum. Estávamos todos intitulados com um alvará socialista de "ser-se feliz e próspero".

Isto é tão evidente que nem percebo como não cheguei lá sem a sua ajuda.

E já que está tão empenhado em benemerência, vamos comprar uma cadeira ao Dr. Soares para ver se ele cai dela abaixo e se cala de vez ? Bora ...? 
Sem imagem de perfil

De Jmario a 29.11.2012 às 12:32

 Pelo que percebo da sua conversa, mentir não é problema é até muito normal. 
Julgo porém que desta vez à conta das mentiras, ficámos a ser governados por gente que, claramente não tem arcaboiço para governar o barco, nem em tempo de bonança quanto mais nos tempos que correm.
Sem imagem de perfil

De l.rodrigues a 29.11.2012 às 11:15

O país precisa é de um periodo de carência durante o qual possa investir em meios de criar riqueza. Para que o caminho não seja o do empobrecimento puro e simples. 


Podemos perfeitamente ter um melhor estado social que não seja menor naquilo que importa - educação, saúde, justiça, segurança, infraestruturas - se voltarmos a crescer. 


Porque a questão é que a estratégia actual apenas leva a que não só fiquemos mais pobres, mas que quando inevitavelmente começarmos a crescer porque o fundo do poço chegou, o crescimento vá beneficiar apenas aqueles que menos sacrificaram na crise.
Sem imagem de perfil

De jorge silva a 29.11.2012 às 11:31


pois... devia ter ditomisso antes das eleições. aceito que qualquer governo lance esta discussão porque, de facto, é urgente mudar o estado social. está à vista que não podemos sustenta-lo tal como está. mas a discussão tem que ser com gnte séria, não com esta cambada de garotos mentirosos que tinham estudos feioe e cortavam gorduras etal... é pena não lhes cortarem a língua
Sem imagem de perfil

De zé luís a 29.11.2012 às 14:11


A pobre sonsa Judite nem à quarta tentativa percebeu... Que dizer dos ignaros tugas?

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • michel

    Tem a sua atenção, por favor !Eu encontrei uma ins...

  • Fernando S

    Então o governo não tem a obrigação da dar explica...

  • slade

    E agora imagine-se que os mortos começavam a acord...

  • henrique pereira dos santos

    Luís,Em primeiro lugar todos os actos do governo s...

  • Luís Lavoura

    A mim parece-me que António Costa tem razão. Se a ...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2008
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2007
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2006
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D