Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Rente ao fundo

por José Mendonça da Cruz, em 28.11.12

Há pouco, a TVi24 noticiou que o governo português, ou melhor, o fisco português vai deixar de cobrar IRS sobre as pensões de estrangeiros em território nacional. O fisco foi obrigado, pelos vistos de mau grado, a fazê-lo, abstendo-se assim de tributar duplamente rendimentos que já tinham sido tributados no país de origem do pensionista. É uma boa notícia. Mas, infelizmente, temos uma comunicação social que todos os dias insiste em dar-nos provas da sua pobreza material e espiritual. E, assim, a notícia da TVi24 tinha um parágrafo a rematar. Dizia-se nele que assim estava dado «mais um passo para a Florida da Europa», para «estrangeiros ricos». A estupidez com direito de antena é, verdadeiramente, um suplício. 

Autoria e outros dados (tags, etc)



5 comentários

Sem imagem de perfil

De Achega... a 28.11.2012 às 20:12

Ouvi há dias uma reportagem (na Antena1, e por sinal um tanto maçuda) sobre suecos (e cidadãos de outros países onde o inverno é longo e rigoroso) já aposentados ou a poucos anos de o serem e que andavam em Portugal, na região Estoril/Cascais e no Algarve, a visitar moradias/apartamentos onde pretendiam morar (pelo menos durante essa parte do ano).

Percebi que a tal isenção já constava da legislação portuguesa de 2009, mas que havia um pormenor qualquer a que a casmurrice do fisco se aferrava, e tal impedia que se decidissem, pois obviamente queriam ter a certeza daquilo com que podiam contar em Portugal.

Trata-se de pessoas com poder económico, que em Portugal gastariam muito mais que a média, além de contribuirem para animar o mercado da habitação, da restauração, do comércio, etc. E pagariam, obviamente, IMI, IVA, ISP, todas essas coisas.

Mas os comentários imbecis e invejosos abundam.

Na tal reportagem que referi apareceu até um professor qualquer que classificava a coisa como "mais um coelho tirado da cartola" numa altura em que não havia uma ideia para tirar Portugal da crise. Coitado, o pateta acha que uma única ideia miraculosa nos tiraria da crise e é incapaz de compreender que tem de ser UMA IMENSIDÃO delas... 

 
Sem imagem de perfil

De GONIO a 28.11.2012 às 22:23

Ainda há pouco, na entrevista ao Primeiro-Ministro na TVI, já me estava a irritar a interrupção permanente dos jornalistas a cada 5 palavras dele.
Deixem responder às perguntas!
Recentemente, aquando das eleições americanas, vi parte de uma entrevista/debate entre Obama e Romney. Eles podiam explanar as suas ideias do início ao fim. O jornalista só lançava o tema, e depois cada um respondia.
Quando veremos disto em Portugal?
Sem imagem de perfil

De Fernanda a 30.11.2012 às 15:21

Quais ideias?
Sem imagem de perfil

De Enxerga-te a 30.11.2012 às 20:35

Loura, achas que o Obama e o Romney são louros como tu?
Imagem de perfil

De monge silésio a 29.11.2012 às 00:01


FALTA pouco para os portugueses perceberem que quando se tem pó "ao rico"..., termina-se como ...isso!

Claro que não falo dos nababos enriquecidos com o asfalto dado de mão beijada pelo soba local; nem daqueles que há primeira pinha de lucro, a metem na fogueira a troco de BM e da Mariazita lá de casa ter entrada no spa...

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Aventino

    Que pobre e miserável é o vosso povo.Aventino, ex-...

  • Anónimo

    A mim o que espanta é pessoas adultas terem passad...

  • O SÁTIRO

    depende meu caro...depende do plano de ação anual....

  • O SÁTIRO

    li, já não sei onde, que vieira da silva aprovou a...

  • O SÁTIRO

    nota se perfeitamente que os dois pombinhos estão ...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2008
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2007
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2006
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D