Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Soares deve ter caido da cadeira

por João-Afonso Machado, em 04.11.12

O Governo tomando a iniciativa de se demitir; umas eleições sequencialmente não convocadas (para não obrigar os socialistas a ganhá-las e assumir funções executivas); e o Presidente da República incumbido de encontrar sucessor para Passos Coelho, de modo a que a Esquerda possa continuar, livre e impunemente, o bombardeio politico da Direita - eis, em síntese, a solução para a crise preconizada por Mário Soares na sua mais recente entrevista ao DN. Ou na sua mais recente demonstração de como continua a confundir o interesse nacional com os interesses pessoais do seu PS. Tocando, desta feita, as raias da infantilidade e deixando no ar a suspeita de que também ele, Mário Soares, caiu da cadeira, em qualquer ensolarada tarde de Nafarros, e bateu com a cabeça no chão.

Seria caso, apenas, para lamentar o seu periclitante grau de saúde, não ocorresse a Imprensa insistir em prestar-lhe vassalagem, escutando-lhe a tolice e as suas diatribes, tal qual há quase 50 anos fazia crer a Salazar ainda estar firme na condução dos negócios de Estado. O "S" destes longevos homens da Política tem, na realidade, muito de suástico. 

Autoria e outros dados (tags, etc)



5 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo Veneziano a 05.11.2012 às 01:08

Tenho defendido que não tardará que o PS se aperceba de que teor caricato das últimas intervenções do Dr. Mário Soares o estão a tornar num empecilho. Mas não vai ser fácil livrarem-se dele.
Sem imagem de perfil

De Floriano Mongo a 05.11.2012 às 16:44

Sem o menor vestígio de remorso pela responsabilidade do seu partido na bancarrota, Soares repete de meia em meia hora - sem nunca esquecer de reafirmar que os culpados são quem recebeu a herança maldita - o seu diagnóstico sobre o caminho a seguir: “ Não precisamos da troika para nada”.

O ex-presidente nunca escondeu que, como o diabo foge da cruz, o vampiro da claridade, o Super-homem da kriptonita, Soares foge da verdade.

Pode-se deduzir, portanto, que Soares tem fontes de financiamento secretas, infindáveis, com prazos a escolher pelo devedor que liquidarão as dívidas do país a custo zero, mas guarda-as ciosamente para quando o seu partido voltar a ser governo.


Se provavelmente ignora o significado daquilo que traduz o seu comportamento, alguma alma caridosa deveria fazer-lhe o favor de explicar que, segundo Aurélio, HIPOCRISIA, quer dizer fingimento, falsidade; fingir sentimentos, crenças, virtudes, que na realidade não possui. Derivada do latim e do grego, a palavra aplicava-se originalmente à representação dos actores que usavam máscaras de acordo com o papel interpretado.


Em 1985, por exemplo, Soares usava a máscara de primeiro-ministro quando o país vivia trágicas situações de fome. Agora, fiel ao script ditado pela máscara da vez, Soares esmera-se na pose de campeão da ética e da modernidade, da competência, pronto para erradicar a troika, o desemprego e a austeridade.


Ao longo dos anos, o político Soares vem encorporando o que o homem Soares tem de mais detestável, culminando com a suprema hipocrisia de atribuir aos actuais dirigentes a desgraça do país, fazendo o que pode para tornar a política mais repulsiva do que era em 1985 depois de ter chamado o FMI.

O farsante que agora acusa Passos e o seu governo é um perfeito hipócrita. Mas este talvez seja hoje um dos seus traços menos repulsivos.

Os outros são muito piores.
Sem imagem de perfil

De carneiro a 05.11.2012 às 19:17

os laicos socialistas tencionavam resguardar-se durante 4 anos até o PCoelho arrumar a casa, para então voltarem no esplendor dos seus aventais bordados.
Mas como entretanto perceberam que "isto" está para durar os próximos 20 anos (pelo menos), pretendem voltar ao governo imediatamente a todo o custo, substituindo o CDS na coligação, sob pena de não mais voltarem. E  Portas está farto de levar nas orelhas.
O Sampaio ainda consegue dissimular a gula socialista pelo poder. Mas Soares é igual a si mesmo: ganancioso e bruto.
Imagem de perfil

De João-Afonso Machado a 05.11.2012 às 20:55

Não sei se eles estarão a fazer contas para antes de 2015. Até lá a palavra de ordem é destruir a Direita. Se os gregos aguentam, nós também, pensarão. E depois, com uma boa maioria vai ser o forrobodó total. Caril para todos, oferece o Costa.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • henrique pereira dos santos

    Luís,Em primeiro lugar todos os actos do governo s...

  • Luís Lavoura

    A mim parece-me que António Costa tem razão. Se a ...

  • Anónimo

    Aparentemente tudo bem, na análise quantitativa. O...

  • Luis

    http://anonymous.com.pt/o-festival-boom-ja-tem-cas...

  • JP Ribeiro

    Só o governo os leva a sério. E a imprensa. Tudo o...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2008
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2007
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2006
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D