Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Um conto com final feliz

por Corta-fitas, em 22.11.07

Tenho uma ideia para um conto que aqui deixo a quem queira aproveitá-la: A personagem principal é redactor na filial portuguesa da Multinacional do Medo. Em cubículos exíguos, semelhantes ao de um call center, é apenas um entre muitas centenas de outros, responsáveis por escrever e enviar mensagens de correio electrónico com boatos geradores de pânico que, depois, os ingénuos e desinformados receptores disseminam por todos os seus amigos e conhecidos, aliviados por cumprirem o papel de denúncia, de vigias em prol de um mundo melhor.
O redactor sabe que não. Que quem reencaminha os e-mails do medo é apenas outra minúscula engrenagem na fábrica desse medo, outro degrau na pirâmide do spam: A criancinha que desapareceu no supermercado ou numa loja de chineses, os animais geneticamente modificados transformados em hambúrguer, o iogurte que causa doenças, o refrigerante que foi desenvolvido pela CIA e chegou aos hipermercados, o homem que morreu ao beber por uma lata com urina de rato, são apenas os mais corriqueiros.
A imaginação dos redactores da Multinacional não tem limites. O seu trabalho é trazer para a superfície os mais irracionais boatos, rumores e receios. É um trabalho criativo, de certa forma. Pelo menos assim pensa o nosso herói quando precisa de justificar-se o ganha-pão. Não pode dizer o que faz a quem quer que seja, imagina as represálias e treme.
Mas um dia, em que se encontra bloqueado e nenhuma ideia lhe ocorre, não resiste a escrever: «Existe uma Multinacional do Medo que inunda as caixas do correio com boatos falsos e assustadores para criar listas de spam e provocar o caos nos servidores e nas mentes de pessoas em todo o Mundo! É preciso denunciá-los!!! Envia este aviso para todos os contactos na tua caixa de correio». Surpreso, vê a mensagem bater todos os recordes da história da Companhia. É nomeado empregado do mês.
Inspirado na notícia do Pedro Sousa Tavares hoje no DN, «DECO alerta para falsos avisos que circulam na Net». Obrigado Pedro.

Autoria e outros dados (tags, etc)



5 comentários

Sem imagem de perfil

De av a 23.11.2007 às 02:45

Pois é, o conto já está escrito. E bem.
Sem imagem de perfil

De Rui Vasco Neto a 23.11.2007 às 01:37

joão.
o fim do mundo vejo eu todos os dias. boas ideias é que nem tanto. multinacional do medo, hein? a enron do spam? humm..


ok.
bom, definitivamente.
Sem imagem de perfil

De L. Rodrigues a 22.11.2007 às 17:21

Pode haver aqui uma nuance. E se a dita multinacional não produz medo, mas produz milhões de noticias de carácter aleatório. sendo que as que são reproduzidas e reenviadas ad-infinito são as que contém alarmes?

De qualquer modo, é para isso que existe o www.snopes.com.
Sem imagem de perfil

De João Villalobos a 22.11.2007 às 17:05

Errado. Ao tornar a sua existência apenas mais um rumor idiota e descabido na Net proporcionou-lhe a sua melhor camuflagem: Sabes que há uma Multinacional do Medo?
Ó pá, isso é só um boato da Net! Acreditas nessas coisas?
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 22.11.2007 às 17:02

Só uma gestão idiota o podia nomear empregado do mês. Pela simples razão que a ideia que teve e pôs em prática vai levar à falência a Multinacional do Medo.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo II

    Mas se forem 38% dos PAF's já podem governar o paí...

  • Carneiro

    1. Amigo ?2. O que o incomoda é o que menos me inc...

  • JPT

    Ainda assim, parece-me menos absurdo do que o modo...

  • Anónimo

    Amigo Carneiro, vamos lá falar a sério. Uma coisa ...

  • Anónimo

    "Eu sei que parte desta ingovernabilidade viria di...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2008
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2007
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2006
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D