Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Livros de instrução (6)

por Luís Naves, em 01.11.08

 

Vida e Destino

Há casos misteriosos em que grandes escritores são esquecidos e, depois, por razões obscuras, renascem. Este parece ser o caso de Vasily Grossman (1905-1964), autor de Vida e Destino, obra que razões políticas condenaram à clandestinidade, mas que agora está a ser redescoberta.
Grossman pertence aos patamares mais elevados da literatura russa; o seu romance maldito é aquele que melhor revela a brutalidade da II Guerra Mundial, no palco mais insensato do conflito: a frente leste. Ele viu tudo o que havia para ver, foi o correspondente de guerra mais sensacional de todos os tempos (na foto): esteve em Estalinegrado, nas batalhas de Kursk, Moscovo e Berlim, foi o primeiro a escrever sobre os horrores do Holocausto, na libertação de Maidanek. A sua sobrevivência é um milagre, pois era judeu e tinha uniforme de comissário político, pelo que seria fuzilado no momento da captura. São terríveis as páginas de Um Escritor em Guerra, que pega nas suas notas e textos (publicados e não publicados) durante o conflito. É bem difícil de ler, esse livro.
Grossman é de facto um escritor muito difícil de ler. A sua prosa é seca, ao osso. Não há ornamentos. É quase jornalístico, (bom jornalismo, naturalmente), com personagens ricas e frases curtas. A construção é clássica; não há digressões ou saltos no tempo; as descrições são visuais. A dificuldade para o leitor está em suportar a brutalidade realística dos detalhes.
 
Nos capítulos de Estalinegrado de Vida e Destino entramos no inferno, mas o estilo oscila entre épico e íntimo (como na batalha de Borodino, de Guerra e Paz, de Lev Tolstoi, onde os combatentes parecem entregues aos seus próprios pensamentos). Mas, ao contrário destas cenas com espaço, em Grossman temos sempre a sensação claustrofóbica de uma multidão em pequenos nichos de resistência.
Como todos os grandes escritores soviéticos (Platonov, Pasternak, Bulgakov), Grossman foi silenciado. As autoridades comunistas impediram a publicação de Vida e Destino a apreenderam o original. O autor morreu certo de que jamais seria publicado. Em 1980, 21 anos depois de ter sido completada a obra, por pura sorte um grupo de dissidentes contrabandeou um microfilme com uma cópia que escapara.
Mesmo depois de publicado no ocidente, o autor não fintou o esquecimento: a direita olhava o seu livro com desconfiança (escrito por um soviético); e a esquerda nunca perdoou à dissidência russa.
 

Autoria e outros dados (tags, etc)




Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • PSC

    Mama Sume (Sumae) tem as duas grafias.E note que a...

  • PSC

    De Maria João Marques.Hoje no Observador.Vale a pe...

  • xico

    Um atentado em Paris antes das eleições. Um atenta...

  • Kruzes Kanhoto

    Um dia rebentarão com um parlamento qualquer...dep...

  • Kruzes Kanhoto

    Um dia alguém pegará em armas e tratará de expulsa...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2008
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2007
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2006
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D