Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A casa assombrada

por Pedro Correia, em 31.10.08

As sondagens repetem-se, a tendência acentua-se. O PS detém-se no limiar da maioria absoluta, sem a alcançar devido ao crescimento dos partidos à sua esquerda que disputam eleitores palmo a palmo com a feroz rivalidade que costumava separar trotsquistas de estalinistas no tempo em que os amanhãs cantavam. O CDS, que recebeu um súbito balão de oxigénio nos Açores, luta pela sobrevivência ainda ligado à máquina. E o PSD - agora entregue a Manuela Ferreira Leite, "líder" tão volátil como os que a antecederam na sede da Rua de São Caetano à Lapa, que mais parece uma casa assombrada - confirma-se como um partido inútil para uma alternativa de poder em Portugal.

Exagero? Leiam com atenção a sondagem hoje publicada no Diário Económico: o "novo" PSD de Ferreira Leite consegue 28,7%. Apenas a pior marca de um ano que tem sido dominado pela crise.

Autoria e outros dados (tags, etc)



4 comentários

Sem imagem de perfil

De tric a 01.11.2008 às 01:49

como é que alguem pode fazer uma afirmação destas!!??

(...) se as eleições legislativas fossem hoje, José Sócrates contaria com 39,8% dos votos dos portugueses, mais 3,7 pontos percentuais do que registou no mês de Setembro e o valor mais alto que teve este ano. O PSD de Manuela Ferreira Leite conseguiria os mesmos 28,7% (...)

num pais com aprox. 5 milhões de eleitores é engraçado pensar que com apenas 802 pessoas inquiridas numa sondagem ( destas, aprox. metade se revela INDECISA!!!! ) se consegue obter a realidade da voto dos portugueses!! pode-se aproximar da realidade, mas com um erro bastante grande! da sondagem da marktest, para mim só se pode concluir, que o PS vai à frente e mesmo assim...

Marktest

Amostra - aprox. 800 pessoas
Media aprox. de indecisos dos ultimos meses - 390 pessoas

Sem imagem de perfil

De Balu a 01.11.2008 às 13:53

Pedro e Tric

A questão se me permitem é mais funda. Numa altura em que se fala da falência do sistema financeiro internacional, poucos ou nenhuns põem em causa o sistema político que o suporta. Ele chama-se sistema parlamentar de representação política de partidos, vulgo democracia. E também está a dar de si. Esta sondagem vale tanto como outra qualquer do género daqui a uma semana ou um ano. Ou, o que é mais deprimente, de outra qualquer do género daqui a 5 anos. Ou 10. Ou 20. Só que parece que ninguém está a dar por isso. Chega a ser assustador.
Imagem de perfil

De Luís Naves a 01.11.2008 às 14:51

este comentário não tem pés nem cabeça. de uma sondagem retira-se a conclusão da morte da democracia. é inacreditável
Sem imagem de perfil

De Balu a 01.11.2008 às 20:23

Calma, Luís. Não é da sondagem - é do que ela significa. E não é da morte da democracia - é do que a adoece. E não é inacreditável - é o que aparece todos os dias nos jornais. Só quis chamar a atenção para o tempo que se perde com o acessório quando o essencial é o que está a acontecer e passa ao lado. Mas pronto. Também é verdade que não temos de andar sempre a pensar em coisas sérias.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2008
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2007
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2006
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D