Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Para o PCP

por Filipa Martins, em 18.10.08

Troveja. Mas para um velho miguelista, que ficou apeado ainda antes de 1910, a natureza é uma urticária passageira.

Autoria e outros dados (tags, etc)



24 comentários

Sem imagem de perfil

De HélderFranco a 18.10.2008 às 17:45

Permita-me dizer-lhe que este post é para mim um exemplo perfeito dos telhados de vidro que todos nós temos. A moderação pedida ao PCP e já assumida pelo Luís Naves num post abaixo não deverá, assim sendo, ser seguida por quem fica na 'casa'?
Sem imagem de perfil

De PALAVROSSAVRVS REX a 18.10.2008 às 18:29

Certeira observação.
Imagem de perfil

De Filipa Martins a 19.10.2008 às 05:14

Este post foi escrito para o PCP e só para ele. Ele que se vê como um velho miguelista e tem força para se afirmar como tal. Ele que, como tal, sabe ultrapassar maus momentos que surgem no caminho e continuar em frente. Uma despedida. Não queiram encontrar neste post outros sentidos. Eles não existem.
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 19.10.2008 às 14:01

Filipa, ao contrário de quase todos os comentadores li no seu post uma despedida simpática e elogiosa ao Paulo. Uma metáfora, utilizando a histórica resistência à adversidade dos que constituem orgulhosas minorias, como é o caso.

Mas não posso deixar de dizer-lhe, depois desta sua explicação, que os "maus momentos" a ultrapassar não serão seguramente do Paulo, mas sim deste blogue. E tenho pena, como já o afirmei mais do que uma vez.
Sem imagem de perfil

De Hélder Franco a 19.10.2008 às 15:47

Se é assim tão pessoal experimente enviar ao PCP um e-mail. Garanto-lhe que aí sim seria tão privado quanto o diz que deveria ser.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 19.10.2008 às 17:22

Mais uma vez a Filipa revela um brilhantismo na forma que deve orgulhar o visado. Estou a ler Elogio do Passeio Público e tenho a dizer que a literatura portuguesa respira de vitalidade quando há pessoas a escreverem assim
Imagem de perfil

De Pedro Oliveira a 18.10.2008 às 18:27

Não conheço nenhum dos editores,descobri este blog há muito tempo e é através dele(sua coluna da direita,diz.me quem linkas dirte-ei quem és) que todos os dias viajo pela blogosfera, através dele conheci o blogobairro mais bem frequentado deste mundo que é a blogosfera.Leio todos os dias o blog, comento quando tenho de comentar.o CF é um espaço de referência para mim que comecei "nesta vida há 2 anos", não percebo,nem tenho que perceber esta ruptura de vários editores em relação a este espaço.Mas queria dizer que têm a OBRIGAÇÃO de manter este espaço digno e com a qualidade com a qual me identifico.
Ficarei muito triste se este desmoronar de identificação levar a uma coisa sem sal nem piripiri.
Façam o favor de resolverem as vossas questões internas e de continuar com este projecto, é uma exigência de um vosso cliente.O cliente tem sempre razão!
TOCA A TECLAR!!!
Sem imagem de perfil

De Mialgia de Esforço a 18.10.2008 às 18:36

É tudo uma questão de classe e de verticalidade. Quem a tem e ficou apeado, rapidamente apanha outro comboio. Aqueles ou aquelas que não a têm andarão toda a vida à pendura.

É sempre preferível estar apeado do que ficar esparramado após a queda de um pedestal com pés de barro onde os próprios se colocaram.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 19.10.2008 às 15:48

Que porra de comentários são estes? Está tudo parvo?Grande frase, Filipa. Como sempre!
Sem imagem de perfil

De Leonor a 18.10.2008 às 19:06

Acho este post de um extremo mau gosto. Uma coisa é verticalidade, outra são "bocas". Prefiro a verticalidade.
Sem imagem de perfil

De JuliaML a 18.10.2008 às 20:56


Mau gosto é ser muito benevolente para tanta falta de nível. Decididamente, Paulo Cunha Porto nunca apearia na CARROÇA que esta senhora viaja.







Sem imagem de perfil

De Isto há coisas a 19.10.2008 às 11:42

Senhoras,

A inteligência não vos chega para verem nest post uma despedida simpática e palavras de apreço? Parece que a escrita da Filipa Martins é de mais para as vossas cabeças tolas!
Imagem de perfil

De Nuno Castelo-Branco a 18.10.2008 às 21:13

Ora se isto não é a censura do politiquêsmente correcto! É o P.C.P./P.I.D.E no seu melhor. pelo menos, é o que parece e como "dizia o outro", em política, o que parece, É!
Sem imagem de perfil

De etelvino da costa a 18.10.2008 às 21:52

Ó menina, cresça e apareça!
Já a pulga tem catarro, só por andar no passeio público?
Chiça, penico!
Sem imagem de perfil

De Huckleberry Friend a 18.10.2008 às 22:39

Não conheço o Paulo Cunha Porto, a não sei pelo que dele vou lendo na blogosfera. Não é muito, mas chega para acreditar que conseguiria conversar com ele. Entre outras coisas, poderia explicar-lhe porque é que sou acérrimo republicano e acredito na democracia multipartidária. E ouvir o lado dele, intrigado.

Não conheço a Filipa Martins. Nem nunca li nada dela. Mas este breve apontamento faz recear que qualquer tentativa de falar sobre assuntos em que tivéssemos ideias diferentes sairia gorada. À putativa conversa, havia de acrescentar o prefixo des-.
Sem imagem de perfil

De Z a 19.10.2008 às 00:51

Não posso deixar de dizer que este blog tem vindo a diminuir de nível nos últimos tempos. Os post quer da Filipa, quer de outros colaboradores são, não apenas profundamente desinteressantes, como claramente contrários aquela que parecia ser a linha deste blog.

Fico contente pelo abandono do João Távora, pois claramente estava a mais num espaço cada vez mais mediano.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 19.10.2008 às 17:56

Esse Z é de zoilo, não? Só pode.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 19.10.2008 às 02:18

que comentários tão infelizes. a mim parece-me evidente que o post da filipa (que eu não conheço de lado nenhum) é um pequeno "tributo", simultaneamente poético e irónico, ao PCP. pessoalmente, não levo isto para o lado da provocação.

Comentar post


Pág. 1/2



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • henrique pereira dos santos

    Não sei qual é a sua experiência no uso de pastore...

  • Anónimo

    Quando afirma que as cabras não comem madeira pret...

  • Anónimo

    Mas há algum cardápio de regimes para escolher? É ...

  • maria sou

    Ainda temos voto na matéria? Ás vezes acho que não

  • Anónimo

    mas o processo de destruição do mundo rural é um p...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2008
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2007
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2006
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D