Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Um abraço devido

por João Villalobos, em 17.10.08

Conheço o Paulo desde os bancos da Faculdade. Partilhámos juntos momentos tão íntimos como a inspecção militar algures em Setúbal, juntamente com o José Augusto (um outro abraço para ele, onde quer que esteja). Somos amigos e não há um amigo melhor do que o Paulo (embora tenha a sorte de contar com outros do mesmo calibre), nem alguém tão amável exactamente por ser como é, mesmo quando não gosto que seja assim. Assim como? Assim monárquico constitucional (Absolutista! Queria dizer absolutista), assim alguém para quem o melhor dos regimes não é a democracia, mas também alguém que tem a sua marca, a sua personalidade, tão recta quanto a sua coluna. O Paulo é como é, e modificá-lo impossível. Foi bom tê-lo aqui, mesmo que por pouco tempo. Mas continuarei a tê-lo ao meu lado no resto da vida, sem fim à vista excepto o inevitável, aquele que toca a todos.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



11 comentários

Sem imagem de perfil

De Mialgia de Esforço a 18.10.2008 às 00:03

Caro João,

Embora não tenha o prazer de conhecer pessoalmente o Paulo, imagino-o exactamente como o descreve.
Sem imagem de perfil

De Hélder Franco a 18.10.2008 às 00:13

Um abraço para si e sobretudo para o Paulo. Para além de todos os atributos, as sextas dele são um mimo.
Sem imagem de perfil

De Manuel Leão a 18.10.2008 às 00:25

João Villalobos:

As sextas-feiras vão ficar mais pobres. E os outros dias também não vão ganhar nada com isso.
Espero que ele vá dando umas espreitadelas por aqui e vá deixando sinais sempre que puder.
Foi um prazer!
Sem imagem de perfil

De ISABEL a 18.10.2008 às 00:39

È isso o Paulo, caro João :"alguém que tem a sua marca, a sua personalidade, tão recta quanto a sua coluna . O Paulo é como é, e modificá-lo impossível".
Cultíssimo e de grande nobreza de carácter.
Um abraço ao Paulo
Espero voltar a vê-lo em breve
Isabel
Sem imagem de perfil

De ATAEJ a 18.10.2008 às 00:52

Mas afinal de contas o quê que passou? Qual é o pecado de ser ser monárquico constitucional para quem a democracia não é o melhor regime? Quando foi convidado já não conheciam o seu pensamento? Tiveram ciumes da popularidade que ele conseguiu obter, exactamente porque rema contra a maré, independentemente de ter ou não razão? Não estamos todos fartos da conversa do costume? A quem é que ele estava a fazer sombra? Que tristeza João!é a tal história da serpente que come o pirilampo porque não suporta vê-lo brilhar...
Imagem de perfil

De Cristina Ribeiro a 18.10.2008 às 01:35

Perplexa...
Sem imagem de perfil

De l.rodrigues a 18.10.2008 às 02:10

Sempre tive a impressão que o Corta Fitas era pequeno demais para o Paulo. Até breve.
Sem imagem de perfil

De Manel a 18.10.2008 às 03:32

Mas se o Paulo é tão bom e tão vertical e tão amigo e tão tudo se mal vos pergunte porque correram com ele ????????
Sem imagem de perfil

De Pedro Barbosa Pinto a 18.10.2008 às 10:08

"A solidão é o destino de todos os espíritos eminentes."
Arthur Schopenhauer
Sem imagem de perfil

De Margarida Pereira a 18.10.2008 às 10:50

Estou estupefacta e não posso concordar mais com o que escrevem antes...
Se há fascínio neste espaço, um dos factores deriva da diferença. Da variedade. Da surpresa, mesmo que, de quando emvez, algo possa 'resvalar', mas só ligeiramente.
Não compreendo a razão do sucedido e - salvo melhor opinião - creio que a embaixada que cortou as relações bloguísticas deveria apresentar as razões. Sem artefícios nem 'rodriguinhos', por favor.
Afinal, só lê e comenta aqui quem quer.
Tão breve - mas fulgurante - passagem deixa inevitáveis marcas, sobretudo se a razão da ausência não for de monta.
O Paulo surge como alguém diferente e a roçar o genial e enriquecia especialmente este espaço.
Pouco terão o seu dom da palavra, a sua elegância, a sua gentileza notável, a sua paciência e tolerância.
Só seres muito especiais assim são e assim nos encantam.
Tornam-se um exemplo e uma referência e, sobretudo, um desafio.
Aprendo muito com ele e respeito as suas ideias, tantas vezes divergentes, que tão fundamentadamente divulga.
Cada vez mais valorizo a diferença aliada à educação e ao respeito pelos outros.
O Paulo é uma pessoa assim. E mais ainda.
Este espaço perdeu mais do que imagina.
Para nossa felicidade, o Paulo está connosco na mesma.
E há-de ressurgir na blogoesfera, qual Fénix mágica e maravilhosa.
Estou triste.
Vocês também deviam estar.
Isto não se faz...

Comentar post


Pág. 1/2



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Vasco Lobo Xavier

    A esquerda gosta muito de usar a inveja pois esta ...

  • Anónimo

    Não, não sou, mas tenho familiares funcionários pú...

  • Anónimo

    Informo-me primeiro? Amigo, a minha mulher durante...

  • Oscar Maximo

    Foi sempre o meu espanto. Como é que dum mentiroso...

  • Vasco Lobo Xavier

    Agradeço por corroborar o meu ponto. Ainda não aca...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2008
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2007
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2006
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D