Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A falência da justiça em Portugal

por Pedro Correia, em 13.10.08

Já não há paciência para a forma unilateral, tendenciosa e preconcebida com que muitos órgãos de informação continuam a relatar o famigerado caso Esmeralda, exemplo supremo da falência da justiça em Portugal. Sobre isso, subscrevo tudo o que José António Lima salienta aqui:

"O procurador-geral   [Pinto Monteiro] admite, com distanciamento e frieza analítica, que a criança vai um dia perceber que «teve um pai biológico que lutou por ela a vida inteira e desde o primeiro ano de vida o sistema judicial, policial e o Estado democrático português não conseguiu que diversas decisões tivessem exequibilidade».  Belo epitáfio  para  a  Justiça  e  o  Estado  de Direito em Portugal."

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



9 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 13.10.2008 às 16:09

O Sargento Gomes andou desaparecido? Essa só contaram para os srs. Lima e Correia.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 13.10.2008 às 16:14

Pois é. São raros os órgãos da CS que relatam que a mãe da criança, uma pobre na qual o Baltazar se pôs, também quer que a criança fique à guarda dos pais adoptivos.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 16.10.2008 às 20:33

se a criança ficar com o casal gomes e o mesmo que dizer que o crime compensa, eles não são pais adoptivos, ficaram com uma menina a margem da lei, se queriam uma criança porque que não adoptaram uma legalmente? a lei e igual para todos! o os gomes estão acima da lei?
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 13.10.2008 às 16:22

Ora, ora, desde que lá está a Maria José Morgado que já foi quase tudo julgado e preso...
Sem imagem de perfil

De PALAVROSSAVRVS REX a 13.10.2008 às 17:06

A Justiça-ela-mesma faliu em Portugal, é verdade.

Mas a justiça que nós faríamos se pudéssemos, essa é bom que nunca chegue a nascer, caro Pedro.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 13.10.2008 às 17:27

Inteiramente de acordo, Palavrossaurus. Isso tornar-nos-ia uns Tironassaurus...
Sem imagem de perfil

De Manuel Leão a 13.10.2008 às 18:16

Pedro Correia:

Por muito mau que imaginemos o estado da justiça, há sempre alguém, com conhecimento de causa, que nos vem dizer que, afinal, ainda está pior.

O que é deveras animador.

Qual o passo seguinte? Queixarmo-nos à DECO?
Sem imagem de perfil

De Ana Pereira a 13.10.2008 às 19:10

Esta caso é uma vergonha nacional e mostra bem o trafico de influencias que parece paralizar as autoridades judiciais que durante os últimos quatro anos ainda não conseguiram que as suas decisões fossem cumpridas.As alminhas piedosas das ex-primeiras damas aparecem a beijar o sargento,a comunicação social faz eco desses apoios e leva á grande entrevista o sargento cujos actos relevantes que se lhe conhecem é andar há uma data de anos a gozar com a justiça.E agora até o PGR que devia pensar antes de abrir a boca,vem á televisão dar o seu parecer sobre um processo que ainda está em curso,que deveria estar sobre reserva.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 13.10.2008 às 19:34

Não posso estar mais de acordo consigo, Ana.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Ok! um pouco de demagogia à mistura. Até parece qu...

  • Tiro ao Alvo

    Inteiramente de acordo, Henrique. Mais, penso que ...

  • Aventino

    Que pobre e miserável é o vosso povo.Aventino, ex-...

  • Anónimo

    A mim o que espanta é pessoas adultas terem passad...

  • O SÁTIRO

    depende meu caro...depende do plano de ação anual....


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2008
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2007
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2006
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D