Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Gratidão

por João Távora, em 17.08.08

Ser nobre é ser-se grato; duas qualidades que estão fora de moda na nossa cultura cínica e materialista. No seu lugar fomenta-se o ressentimento e a depressão, o mais extremo estágio da auto-suficiência.

Mas como seres sociais e criaturas de Deus que somos, só com gratidão nos é possível viver plenamente. Gratos pelas pequenas e grandes coisas que nos acontecem e que em tão pouco verdadeiramente dependeram de nós: um amigo que nos telefona, uma gracinha duma criança, uma árvore cheia de pardais ao fim duma tarde de Verão. Gratos por uma noite bem dormida, o ordenado ao fim do mês, ou por alguma paz que há tantos anos desfrutamos neste recanto do mundo. Gratos para com os nossos amigos, familiares ou vizinhos com quem somos comunidade e somos gente. Finalmente, a gratidão de nada serve se não for afirmada, demonstrada, soletrada... contra o orgulho que sempre nos ameaça apoucar.
A gratidão é a mais importante qualidade da nobreza, qualidade a que eu aspiro e pela qual todo o Homem deveria ansiar.

Autoria e outros dados (tags, etc)



16 comentários

Sem imagem de perfil

De Casual Friday a 17.08.2008 às 23:10

Ao ler o seu post recordei-me das declarações de Francis Obikwelu nestas Olimpíadas, desculpando-se e agradecendo aos portugueses o apoio e a oportunidade.
Ele foi grato, e mostrou-se sinceramente agredecido a Portugal.
Demonstrou nobreza de carácter, que é, afinal, a única que há.
Sem imagem de perfil

De Leonor a 17.08.2008 às 23:18

A gratidão é das qualidades que mais prezo.
Imagem de perfil

De João Távora a 19.08.2008 às 13:09

A sua visita é uma honra, Leonor. :-)
Sem imagem de perfil

De anónimo a 18.08.2008 às 09:10

já lá dizia Salazar: devemos contentar-nos com poucochinho.
Sem imagem de perfil

De pedro oliveira a 18.08.2008 às 10:31

Chegado de férias,agradeço à blogosfera o facto de podermos partilhar sentimentos uns com os outros,para além das nossas opiniões sobre o que nos rodeia.
Eu também agradeço as fantásticas férias que tive!

Pedro Oliveira
Imagem de perfil

De João Távora a 19.08.2008 às 13:11

Caro Pedro: desejo-lhe uma boa rentrée e agradeço a sua visita! :-)
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.08.2008 às 11:43

Eu, por exemplo, estou muito grato à Vanessa Fernandes. Épá, fogo! Fogo, pá.
Sem imagem de perfil

De Manuel Leão a 18.08.2008 às 12:08

Muito bem. E onde cabe a solidariedade com os mais desfavorecidos, aqueles que nem sequer podem aspirar a esses momentos de alma? Isto, claro está «como seres sociais e criaturas de Deus».
Imagem de perfil

De João Távora a 18.08.2008 às 15:48

A sincera gratidão pressupõe generosidade; suspeito até que a melhor forma de agradecimento é a dádiva. De resto caro Manuel Leão, não gosto da palavra “solidariedade” versão abstracta da caridade evangélica, que implica relação.
Sem imagem de perfil

De Manuel Leão a 18.08.2008 às 20:15

Não sei porquê, João Távora. Solidariedade é responsabilidade mútua. Não apoucando a caridade, que tem o seu lugar próprio, a solidariedade é uma exigência. Cria inclusivamente obrigações, previstas na lei civil, independentemente da vontade. Caridade e solidariedade não são conceitos opostos. São realidades diferentes que podem coexistir.
Sem imagem de perfil

De Luísa a 18.08.2008 às 16:07

A gratidão é tão mais nobre, João, quanto pressupõe, por parte de quem a exprime, a assunção da uma situação de favor e de «inferioridade», sempre muito difíceis de aceitar livremente. Lembra-me o ditado: «Faz bem ao vilão, morder-te-á a mão; castiga o vilão, beijar-te-á a mão».
P.S.: Claro que aprecio as declarações de Obikwelu. Mas não compreendo – nem aplaudo – a sua desistência dos 200 metros.
Imagem de perfil

De João Távora a 19.08.2008 às 13:02

Luísa: A determinado ponto, há dentadas que não abalam, antes fortalecem.
Sem imagem de perfil

De Fernando a 18.08.2008 às 21:08

"Só agradeço o que peço, não o que mereço."
Penso que é de Vasco de Lima Couto e concordo com as palavras dele. Li isto há muitos anos e nunca mais esqueci.
Imagem de perfil

De João Távora a 19.08.2008 às 12:56

Ora o meu ponto de discórdia está aí mesmo caro Fernando - considero esse pensamento arrogante. Em boa verdade, e porque tenho o bom habito de desconfiar dos meus juízos sobre mim próprio, das minhas conquistas e graças confesso que não sei o que realmente mereço. Por isso agradeço sempre, a Deus em primeiro lugar.
Sem imagem de perfil

De JuliaML a 18.08.2008 às 22:45


é verdade, penso igual, gratidão é sinónimo de caracter!

há quem viva eternamente na lenga lenga do lamento,são os da "visão opaca"
Imagem de perfil

De João Távora a 19.08.2008 às 12:59

Quando somos capazes de ser gratos, somos melhores com certeza, Júlia. Obrigado pela visita. :-)

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Aventino

    Que pobre e miserável é o vosso povo.Aventino, ex-...

  • Anónimo

    A mim o que espanta é pessoas adultas terem passad...

  • O SÁTIRO

    depende meu caro...depende do plano de ação anual....

  • O SÁTIRO

    li, já não sei onde, que vieira da silva aprovou a...

  • O SÁTIRO

    nota se perfeitamente que os dois pombinhos estão ...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2008
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2007
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2006
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D