Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Out of África

por João Távora, em 30.06.10

 

 

Recebido por mail, de autor desconhecido

Autoria e outros dados (tags, etc)

Mais um soco na barriga

por João Távora, em 30.06.10

 

À falta de outros desafios e por acumulação de desaires, penso que não é de menosprezar o peso da precipitação do retorno português de África por mais que estejamos habituados e que fosse expectável.

Estremunhados duma fugaz alucinação consumista e despertos para a cruel e ancestral pobreza a que estamos fadados, há algum tempo que os portugueses se vêm afundando numa crescente perda de auto-estima e descrença. Somos hoje uma triste tribo que se desagrega, subjugada por um discurso desmotivador, sem chama ou transcendência. Triste sina a deste povo sem causa ou bandeira.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Fotografias de Lisboa

por Luísa Correia, em 30.06.10

(Das Escadinhas do Duque...)

 

 

Pedi à sentinela para entrar.

Eu ia um pouco à toa, sem saber

Se era fácil poder justificar

O meu desejo de espreitar o dia

E ver nascer o Sol desse Castelo

Que domina Lisboa no mais belo

E surpreendente quadro de beleza!

[...]

 

António Botto

Autoria e outros dados (tags, etc)

Post-it

por Luísa Correia, em 30.06.10

Não gostei, naturalmente, de nos ver perder, mas tinha antecipado o revés. Ainda assim, quando, já na fase dos balanços, ouvi o profundo e insuspeito Rui Santos louvar não sei que quatro jogadores espanhóis e a sua execução perfeita da «estratégia do quadrado»; e quando um segundo comentador identificou, na tropa castelhana, não sei que jogador «namorado» de não sei que jeitosa repórter desportiva; entrevi – eu que sonhava com uma indemnização pelo prejuízo dos Filipes - a vingança da velhinha Aljubarrota, servida com o supremo requinte dos mesmos «argumentos». O meu fair-play, por uma vez, estremeceu. Mas sei bem que tristezas não pagam dívidas... Por isso, adiante!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Quem ganhou foram elas!

por Pedro Quartin Graça, em 29.06.10

Autoria e outros dados (tags, etc)

A dura realidade

por João Távora, em 29.06.10

 

Percebo pouco de futebol e sempre desconfiei que há pouco mais para perceber, por mais palavras caras que usem os especialistas licenciados. Mas não: jogar à bola é arte e... feitiçaria. Não é engenharia, como está convencido Queiroz que assim conseguiu metodicamente anular qualquer chama que a equipa lusa pudesse exibir.

A nossa Selecção, para além de perder, deixou na Africa do Sul uma confrangedora imagem no nosso futebol: cinzento, medroso e triste, muito triste, como o povo que representa.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Eduardo não merecia a "porcaria" de Queiroz

por Pedro Quartin Graça, em 29.06.10

carlos_queiroz_portugal_desportugal.jpg Carlos Queiroz tem tarefa muito complicada image by desportugal_fotosA 17 de Novembro de 1993, em Milão, o então seleccionador nacional falhou a qualificação para o Mundial-94 quando a Selecção Nacional caiu aos pés da Itália aos 83 minutos do jogo. No final, ainda no relvado, Queiroz, é dele que se trata, deitou para fora toda a sua indignação. «É preciso varrer a porcaria que há na federação portuguesa (FPF). Há muita coisa para mudar!», atirou, numa frase que entrou para a história do futebol português.

Carlos Queiroz queixou-se de que havia muita "porcaria" na Federação. Era verdade. O que Queiroz não disse é que aceitou ser seleccionador nacional e fez toda a campanha do Mundial 2010 com toda a "porcaria" lá dentro. E, qual contágio, acabou por passar a integrar esse sujo núcleo que ainda hoje domina o futebol português. Hoje, no decorrer do jogo, Queiroz demonstrou o porquê de ser um seleccionador débil e tacticamente inexistente. Antes do jogo tinha dito que o mesmo se resolveria por pequenos pormenores. O que não disse é que esse pequeno pormenor foi a "porcaria" de visão táctica que (não) teve ao tirar do jogo Hugo Almeida e, dessa forma, convidar a Espanha a atacar e a marcar. No final custou ver Eduardo chorar. É triste ser eliminado devido à "porcaria" dos outros. A Queiroz, no final de mais um desaire, não resta outra alternativa senão fechar a porta atrás de si. Com toda a "porcaria" ainda lá dentro pois então. E assim vai Portugal...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Parabéns, Queiroz e selecção - tiveram o que queriam

por José Mendonça da Cruz, em 29.06.10

Parabéns a Queiroz e à Selecção Nacional de Futebol: conseguiram exactamente o resultado para que jogaram, Espanha-1 Portugal-0.

Deve ser isso a qualidade e a ciência do futebol (embora de futebol mundial com ganas nada tenha).

Parabéns a Eduardo e a Fábio Coentrão: não têm que jogar mais com este treinador e esta choldra.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Top of the pops

por João Távora, em 29.06.10

 

 

While My Guitar Gently Weeps - George Harrison

Autoria e outros dados (tags, etc)

O PSD à espera do poder

por Duarte Calvão, em 29.06.10

 

Ao voltar de um mês de férias fora de Portugal, pareceu-me que ninguém hoje percebe se o actual PSD é oposição, no sentido de apresentar alternativas às políticas do PS, ou se apenas espera a sua vez de chegar ao poder, para executar não se sabe que programa. A confusão é ajudada pelo apoio às medidas de austeridade com que o Governo tenta resolver os problemas que causou, pelo pouco que conseguiu em troca desse apoio (como é possível ainda se falar de terceira travessia do Tejo?), pelo pouco caso dado ao caso PT/TVI, por intervenções avulsas de dirigentes que depois não têm seguimento.
Bom exemplo deste último aspecto é o orçamento de base zero, anunciado por Passos Coelho. Uma boa ideia, mas que apareceu sem fundamentação nem continuidade. Numa sociedade inteligente (que nós não somos), uma crise com a gravidade da que vivemos seria aproveitada para medidas como essa, bem como para uma redefinição da presença do Estado na economia, empresa pública a empresa pública, instituto a instituto.
Mas nada disto interessa às pessoas ou a quem pensa política profissionalmente. O que interessa é que o PSD está à frente nas sondagens e que Passos Coelho já é visto como futuro primeiro-ministro. Nada portanto de desagradar ao futuro chefe, nem aos seus amigos, nada de perder oportunidades de obter favores junto a quem os poderá conceder a breve prazo.
E, na verdade, por muito mal que se pense do actual PSD, é quase impossível que sejam piores do que os socialistas que nos governam. Basta ver as últimas intervenções de Sócrates para perceber que ele não aprendeu nada com a crise, que irá teimar nos erros até à bancarrota e que esta só não virá porque felizmente em Bruxelas há quem lhe imponha as medidas necessárias. Aliás, teria sido nesse momento de confronto entre o que Sócrates prometeu na campanha eleitoral de Setembro passado e as medidas que tomou poucos meses depois, que o PSD deveria ter aproveitado o total descrédito dos socialistas para derrubar o Governo e provocar eleições antecipadas, não se deixando assustar por adamastores, estivessem eles nas agências de rating ou em Belém. Mas o PSD de hoje prefere deixar o País nesta eterna crise a poupar os portugueses de mais um ano ou dois de penúria sem saída. O que importa é que as sondagens estão bem, o partido “pacificado” perante a perspectiva do poder a breve prazo, que o líder tem boa imprensa e que as próximas eleições já estão no papo. Oxalá os portugueses, com a sua proverbial falta de memória política e vulnerabilidade às manipulações mediáticas, não se esqueçam então, na hora do voto, de quem é responsável pelo triste estado em que nos encontramos.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Lição de modernidade

por José Mendonça da Cruz, em 29.06.10

O Dr. Mário Soares tentou anteontem fazer chiste com a oferta de Cavaco Silva de que quem quisesse recordar quais foram exactamente as suas posições e palavras sobre determinado tema consultasse o site da Presidência.

Mas ao Dr. Mário Soares, que é muito bom a usar o que chama cultura como arma de arremesso, e a chamar tecnocracia a tudo o que recorra a fios ou ondas, desta vez não lhe saiu a graça.

Ficou para ali balbuciando coisas sobre sites e secretárias, sobre como não usa isso de sites nem sabe o que seja; sobre como é que quando chega à sua fundação, onde pensa, as secretárias lhe dão a papinha feita, ou seja, respeitosamente, o informam se há em sites ou outro lado algo a que o seu génio atenda. 

A verdadeira doutrina, segundo Soares, só escorre de canetas com aparo e tinta. O verdadeiro conhecimento, postula Soares, só se transmite por papel manuscrito. O papel do verdadeiro pensador, dita Soares, é pensar o que amanuenses lhe tragam. Visão rasgada para os nossos dias.

Autoria e outros dados (tags, etc)

'A ellos! A ellos!'

por Rui Crull Tabosa, em 28.06.10
O Pedro que me desculpe, mas o meu espírito para amanhã é mesmo o de Aljubarrota.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Amanhã é dia do "mata-mata"

por Pedro Quartin Graça, em 28.06.10

Portugal vs Espanha

A cor da bandeira lusa é feia mas é o que se arranja, por ora... Ainda assim vamos ter de os "comer".

Autoria e outros dados (tags, etc)

Apontamentos cor-de-rosa

por Luísa Correia, em 28.06.10

Ver a Senhora Ministra do Trabalho expor a sua visão política confirma a minha convicção de sempre de que entregar o poder a um sindicalista é produzir um gestor implacável ou empedernidamente «capitalista», à portuguesa. À Senhora Ministra do Trabalho só recomendaria o apuramento da imagem, em conformidade, não fosse saber que há estruturas resistentes a qualquer buril.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Irrelevâncias

por João Távora, em 28.06.10

 

As sondagens da Universidade Católica hoje divulgadas constituem uma angustiante "não notícia": apesar do partido socialista em queda elas ostentam ainda uma galhofeira maioria de esquerda, com a abstenção de mais de metade inquiridos, factor que as tornam manifestamente inconclusivas.

Enquanto o poder é tratado como uma batata quente que ninguém quer disputar, tragicamente o que nos sobra para os próximos meses, além do desemprego, do estio e da paria, é uma dramatização da discussão em torno das eleições presidenciais, uma espécie de silly season política, um fogo fátuo para alimentar intrigas e parangonas nos jornais, manter entretidos os gabinetes e suas clientelas, enquanto o país se afunda na pobreza e na desmotivação generalizada.

Chamemos os bois pelos seus nomes: é comprovadamente irrelevante para o sucesso do nosso desgraçado país o nome do próximo inquilino de Belém.

Autoria e outros dados (tags, etc)

150.000 - número curioso este

por Pedro Quartin Graça, em 28.06.10

Serão estes os 150.000 novos empregos que o Engº Sócrates prometia? Creio que a pergunta é pertinente. Ainda alguém se recorda?

Autoria e outros dados (tags, etc)

A última sondagem - Legislativas

por Pedro Quartin Graça, em 28.06.10

PSD ultrapassa PS ao fim de oito anos

 

PSD ultrapassa PS ao fim de oito anos

 

A cor verde dos "Outros" foi muito bem escolhida.

 

Fonte: Jornal de Notícias

Autoria e outros dados (tags, etc)

O vídeo pode ser falso, mas passava bem por verdadeiro, não lhe parece, camarada?

Autoria e outros dados (tags, etc)

O vídeo do dia

por Pedro Quartin Graça, em 27.06.10

"Até agradeço a este Governo ter feito este trabalho"

Madrinha da "noiva"

Autoria e outros dados (tags, etc)

Mar chão, maus sinais

por João Távora, em 27.06.10

 

Primeiro suprimiu as caixas de comentários, antes corajosamente abertas e profusas de controvérsia. Hoje Filipe Nunes Vicente anuncia a suspensão dos seus inestimáveis postais com incerteza no seu retorno para final de Agosto. Sei bem como o ambiente pela blogosfera tem dias que tresanda insidioso, perdendo encanto e até o oxigénio. No entanto parece-me duro o castigo, e demasiado longa a pena.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Pág. 1/12



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Renato

    Certo, Isabel. Mas peço que compreenda que não me ...

  • IsabelPS

    Sei perfeitamente o que o BE tem feito nesta matér...

  • Renato

    Continuando o meu comentário anterior (tive entret...

  • Renato

    Isabel, sei o essencial sobre o assunto. Aconselho...

  • JSP

    A Prostituição Social Portuguesa, pois claro : sub...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2008
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2007
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2006
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D

    subscrever feeds